O que fazer em Glasgow, na Escócia

Embora muitos turistas que visitam a Escócia mirem apenas em Edimburgo, Glasgow não deveria ser deixada de lado. Ela é a cidade mais populosa do país e não fica longe de Edimburgo, apenas 50 minutos de trem, vale a pena visitar. Te contamos aqui o que fazer Glasgow!  :)

Se você vai visitar mais de uma cidade na Escócia, pode ser muito interessante comprar o Explorar Pass. A versão de 5 dias custa £35 e o de 14 dias é £45. A maravilhosa opção familiar é muito econômica. Pode ser usada por 2 adultos e até 6 crianças e custa apenas £70 o de 5 dias ou £90 o de 14 dias.

Se estão nos seus planos visitar o Castelo de Edimburgo, o Castelo de Stirling, o Castelo de Urquhart, Skara Brae, Abadia de Iona, Forte George, Abadia Melrose, Castelo de St. Andrews, Palácio de Linlithgow e Castelo de Doune compare o valor das atrações e o valor do passe pois pode valer muito a pena. Reserve seu Explorer Pass aqui.

kilt-em-glasgow

Já começo com nosso foto do grupo usando kilts. E assim caímos na noite de Glasgow. Já aviso que os kilts são bem pesados. Se quiser experimentar, pode alugar na SlanjKilts. Clique na foto para ir para o site deles.

Onde ficar em Glasgow

Eu fiquei hospedada no maravilhoso Kimpton Blythswood Square Hotel, um hotel 5 estrelas muito bem localizado no centro de Glasgow e com instalações para fazer sua viagem ser perfeita. Leia aqui o post completo sobre o hotel.

Deixo também outras dicas de hospedagem boas em Glasgow para todo tipo de viajante e orçamento:

O que fazer em Glasgow – roteiro de viagem

Eu fiquei 2 dias em Glasgow e te conto aqui as atrações imperdíveis da cidade para um roteiro de 2 dias em Glasgow. Coloquei no final uma opção de tour para o Lago Ness e Highlands se você tiver um diazinho extra.

West End de Glasglow

Vamos começar as dicas de o que fazer em Glasgow explorando o West End da cidade, uma área muito bonita e arborizada, e também boêmia, possivelmente porque a Universidade de Glasgow fica ali. São muitos bares, cafés, restaurantes e lojinhas descoladas.

O bairro é muito charmoso e verde. Fiquei encantada. Não falta espaços abertos para percorrer como o Jardim Botânico ou o Kevingrove Park. Pena que pegamos um dia nublado com uma garoa fina. Fiquei só imaginando que maravilha deve ser esse canto num dia de sol, se mesmo com garoa estava bonito…

o-que-fazer-em-glasgow-kelvinpark
Num canto do Kelvingrove Park está o Kelvingrove Art Gallery and Museum, que foi uma agradável surpresa. Seu belo prédio abriga uma grande coleção de arte distribuída em 22 galerias, tendo como principal obra o quadro Christ of St John of the Cross, de Salvador Dalí.

Toda tarde (normalmente às 13h) acontece um recital com um órgão impressionante que fica nesse salão de cair o queixo.. A entrada ao museu e recital é gratuita (doação voluntária). No site tem o link para a programação dos recitais.

Não muito longe dali, está a Kelvin Bridge, nome popular da Great Western Bridge, construída no ano de 1891 e que passa pelo rio Kelvin. Essa é a vista da ponte.

O turista desavisado verá uma igreja no início da ponte. Curiosamente, o prédio que um dia abrigou a Lansdowne Parish Church, hoje é um pub e teatro chamado Websters. Ela foi construída por John Honeyman em 1863. Se você animar entrar para tomar um pint, o bar funciona de quarta à domingo. Endereço: 416 Great Western Rd.

Kelvin?? Porque esse cara é tão importante em Glasgow?

A essa altura você já deve ter percebido a quantidade de vezes que apareceu aqui o nome Kelvin. No museu, no parque, no rio, na ponte, ruas, avenidas… Fiquei curiosa em saber quem foi o Kelvin e o que ele fez de importante para ser quase o rei de Glasgow.

William Thomson, ou 1° Barão Kelvin, foi um engenheiro e físico matemático, realizou estudos relevantes na área de eletricidade e colaborou na formação da primeira e segunda leis da termodinâmica, além de outros inventos. As temperaturas absolutas são dadas em unidades Kelvin em sua homenagem.

Ele foi professor na Universidade de Glasgow por mais de 50 anos. Na Universidade fica o Hunterian Museum, que conta com uma exposição permanente sobre o trabalho e vida de Kelvin. Pronto, já sabemos que foi o Kelvin. Podemos continuar nosso passeio por Glasgow.

Aqui abaixo está a estátua em homenagem ao Kelvin e curiosamente ele está com um cone de trânsito na cabeça. Aparentemente esse é um costume bizarro que o povo de Glasgow tem. Eles gostam de colocar os cones na cabeça das estátuas da cidade. A polícia antes retirava e brigava, mas parece que agora desistiu. hahahaha

Kelvin não escapou do espírito de porco do povo de Glasgow e ganhou um chapéu de cone de trânsito.

Whisky Escocês: uma visita à Clydeside Destillery

Bom, estamos na Escócia e o país é famoso por seu whisky, né? Então que tal visitar uma destilaria, aprender sobre a produção da bebida e fazer uma degustação? Nós fomos na Clydeside Destillery, que fica na beira do rio Clyde.

Glasgow não tinha uma destilaria de whiskey single malte há mais de 100 anos e a empresa colocou Glasgow de volta no mapa.

Eles iniciaram a produção recentemente, e na data da nossa visita (outubro 2019) ainda não tinham seu próprio whisky pronto, já que são necessários pelo menos 3 anos no barril para que a bebida esteja pronta, mas eles oferecem uma grande coleção de whiskies escoceses em sua loja.

A visita guiada é super interessante. Nossa guia era visivelmente apaixonada pelo seu trabalho e nos ensinou sobre a produção o da bebida, a história da marca, do prédio e da área ao redor, a Queen’s Dock.

O prédio está fica a destilaria era onde antes se produzia a energia hidráulica para operar a ponte basculante que se abria para a entrada e saída dos navios nas docas. Navios que levavam whisky para todos os cantos do mundo.

Na degustação ficamos surpresos em ver como o sabor do whisky muda muito se colocarmos uma gota de água nele. Pura magia da química. O tour de 1 hora com degustação custa £15.

o-que-fazer-em-glasgow-destillery

The Style Mile

Este é o paraíso de compras no centro de Glasgow. Numa área que dá para cobrir a pé, várias lojas se espalham pelas ruas Sauchiehall, Buchanan e Argyle, incluindo a Buchanan Galleries, um shopping Center. As quintas feiras o horário de funcionamento é extendido e é possível comprar desde às 7 da manhã até às 20h.

o-que-fazer-em-glasgow-escocia-compras

Logo que cheguei na Sauchiehall, dei de cara com uma antiga cabine telefônica policial inglesa. Alegria total para uma fã de Doctor Who! Para quem não sabe, na série britânica de ficção científica, uma cabine como essa é a nave espacial do personagem, que viaja pelo tempo e pelo espaço com ela. Não existem muitas pelo Reino Unido, então é sempre uma alegria!

o-que-fazer-em-glasgow-escocia-doctor-who

Glasgow Science Center

O Glasgow Science Center  já chama atenção pelo seu bonito prédio à beira do rio. Além disso, exposições interativas para colocar a mão na massa e entender as ciências agradam visitantes de todas as idades.

Nele ficam ainda o Planetário e o Cinema IMax. Custa £9,50 para crianças de 3 a 15 anos e maiores de 16 pagam £13,50.

Se quiser ter belas vistas do rio Clyde e da cidade, suba na Glasgow Tower que fica ali. São 127 metros de altura. Os ingressos custam £3.50 se comprados junto com a visita ao Science Mall ou £6.50 se for visitar apenas a torre.

o-que-fazer-em-glasgow-escocia-museu-ciencia

Foto: reprodução do site do Museu

Riverside Museum

Esse museu é dedicado ao transporte e abriga uma coleção de carros, bicicletas, embarcações, trams, locomotivas e até skates. São 3 mil objetos, displays interativos e atividades. O melhor, a entrada é gratuita.

Na frente dele fica o The Tall Ship que também pode ser visitado para aprender sobre construção de navios e a vida marítima. É grátis também.

o-que-fazer-em-glasgow-escocia-museu

George Square

É a principal praça de Glasgow e nela fica a Câmara Municipal, num prédio vitoriano de 1889 que tem servido como sede de vários Conselhos na cidade há mais de 4 séculos. Nela acontecem shows, eventos, manifestações políticas.

o-que-fazer-em-glasgow-george-square

George Square

Arquitetura de Rennie Mackintosh

Muitos arquitetos, estudantes e admiradores de arquitetura tem especial interesse nas construções do designer e arquiteto local Charles Rennie Mackintosh, um dos nomes proeminentes da Art Noveau Europeia. A Mackintosh House está na Hunterion Art Gallery que remontou a casa do arquiteto e sua esposa.

O Mackintosh at the Willow, fica na Sauchiehall Street e tem um salão de chá, exposição e lojinha. Já a House for an Art Lover fica numa área bucólica num parque a 10 minutos do centro.

Rota de Street Art (Mural Trail)

Como no resto da Inglaterra, Glasgow tem muitos murais de street art enormes e lindos que valem a pena apreciar. São um verdadeiro museu a céu aberto.

Aqui tem um mapa com todos os murais para você poder fazer um tour por eles. São 25 no total. E as explicações de cada obra estão nesse post sobre o Mural Trail.

o-que-fazer-em-glasgow-roteiro

Catedral de Glasgow e a Necrópole

A catedral marca o local de nascimento de Glasgow e é uma das construções medievais mais bonitas do país. Nela está enterrado o santo patrono e padroeiro da cidade, Sant Mungo.

Atrás da igreja fica a necrópole, um cemitério jardim vitoriano, construído numa colina com bonitas vistas. Cinquenta mil pessoas foram enterradas nele e existem cerca de 3500 túmulos.

O que fazer em Glasgow – Visita ao estádo do Celtic

É fã de futebol? O Celtic foi fundado em 1888 e tem um dos maiores estádios da Europa. É possível fazer uma visita guiada de 1h30 ao estádio do Celtic, entrando no vestiário, o túnel, o banco dos reservas e mais. Clique aqui para reservar a visita guiada ao estádio do Celtic

Ônibus turístico Hop-On Hop-Off

Dá para conhecer boa parte das atrações de Glasgow caminhando, se você gosta de andar. Caso contrário você pode usar o ônibus turístico Hop-On Hop-Off. São 21 paradas em pontos turísticos estratégicos e os ônibus passam a cada 15 minutos. Num dia chuvoso pode ser a salvação.

Tem opção para 1 dia (£16) ou 2 dias (£17). Veja que é só £1 de diferença! Então vale muito a pena pegar 2 dias. No caso de famílias, 2 adultos e 3 crianças custa £35. Reserve aqui o bilhete para o ônibus turístico de Glasgow.

o-que-fazer-em-glasgow-merchant-city

Onde comer em Glasgow: dicas de restaurantes

Antes de dar dicas de onde comer em Glasgow, vou falar de um prato tradicional escocês – o Haggis. Feito com entranhas de carneiro e sangue pode parecer nojentinho, mas na verdade é gostoso.

Não sou muito fã de pratos com entranhas, mas quando viajo não me nego a experimentar as especialidades locais, assim que me joguei no Haggis e achei bom.

Agora vamos falar dos restaurantes. Meu primeiro jantar foi no do hotel, Bo & Birdy, comandado por uma chef mulher. É uma brasseria moderna com influência da culinária tradicional escocesa. Experimentei o tal do Haggis e um risoto de aspargos. Não deixe de provar o drink especialidade deles, o Bo & Birdy.

restaurante-em-glasgow

No dia seguinte almocei num pub/restaurante muito bonito e tradicional, o Ubiquitous Chip, no número 12 da Ashton Lane. Eles servem comida escocesa a la carte ou menus. O espaço é amplo, com um pátio interno bem iluminado e decoração fofa.

A Ashton Lane aliás é uma rua gracinha e cheia de restaurantes e bares, perfeita para ir à noite sentir o clima boêmio de Glasgow.

bar-em-glasgow

A Ashton Lane é uma ótima para ir comer

Para quem é fã do Hard Rock Café como nós, pode aproveitar para reservar com antecedência um menu especial, com entrada sem fila no restaurante. O menu de 2 pratos e bebida custa £18,25 e o menu de 3 pratos e bebida vale £21,37. Veja aqui as opções do menu e faça sua reserva.

O jantar da segunda noite foi num restaurante Espanhol chamado Brutti Compadres que serve tapas, algumas bem espanholas, outras mais escocesas rs  Se você for de dia, tem uma área aberta bem agradável. Endereço: 3 Virginia Court, Merchant City.

Essa área onde está o Brutti Compadres é chamada Merchant City e é o coração cultural de Glasgow, também conhecida por suas lojas conceito de design. Por ali fica o GoMA, Museu de Arte Moderna, instalado num edifício neo-clássico.

O que fazer em Glasgow: Excursão para o Lago Ness e Highlands

Este é outro programa imperdível na Escócia! Ir atrás da Nessie, a monstra do Lago Ness. Sim, é A Nessie, como já contamos no post sobre o o que fazer em Inverness e Lago Ness.

Tem excursão de 12 horas de duração saindo às 8h da manhã de Glasgow que visita o Lago e as Terras Altas. O preço é ótimo: £42 por pessoa. (Não inclui o cruzeiro no Lago Ness e a visita ao Castelo de Urquart, que são opcionais. Reserve aqui a excursão para o Lago Ness

lago-ness-escocia


Mapa com tudo o que fazer em Glasgow

Antes de ir para Glasgow, dá uma olhada também nesses links:

PEOPLE MAKE GLASGOW
Web: https://peoplemakeglasgow.com
Facebook: @peoplemakeGLA
Instagram: @peoplemakeglasgow

VISIT SCOTLAND
Web: https://www.visitscotland.com
Facebook: @VisitScotland
Instagram: @VisitScotland

VISITBRITAIN – Brasil
Web: http://www.VisitBritain.com
Facebook: @LoveGreatBritain.br
Instagram: @LoveGreatBritain.br


Outros posts que podem te interessar:

– Glasgow LGBT – guia gay da cidade

– Visita a Inverness e Lago Ness, na Escócia

– O que fazer em Londres – roteiro completo e dicas

– O que fazer em Manchester (Inglaterra) – roteiro e dicas


Salve a imagem abaixo no Pinterest e aproveite para ver nossos Painéis de Viagem!

o-que-fazer-em-glasgow-pin

IMPORTANTE! Não esqueça de adquirir o seu Seguro Viagem. Ele é obrigatório para entrar na Europa, mas mesmo nos países sem obrigatoriedade é muito importante ter o seguro. Nos Estados Unidos, por exemplo, uma consulta médica ou internação pode custar uma verdadeira fortuna e com o seguro, você terá todo o tratamento coberto. Leia sobre quando ficamos doentes no Egito e na Espanha, ou sobre outra vez em que pegamos uma intoxicação alimentar fortíssima na Bolívia. O Seguro Viagem nos salvou!
Faça aqui uma cotação sem compromisso e ganhe 5% de desconto com o cupom ESTRANGEIRA5

Planeje sua viagem! Faça suas reservas com nossos parceiros pelos links:
Compre o Seguro Viagem com a Seguros Promo
Reserve seu hotel ou hostel com o Booking.com
Compre ingressos antecipados de atrações no mundo inteiro e evite as filas com a GetYourGuide
Pesquise os melhores preços para alugar carro em mais de 140 países com a RentCars
Compre chip de celular internacional com a Viaje Conectado
Compre passagens aéreas com muito desconto com a Passagens Promo

Curta Estrangeira no Facebook!