Koh Samui, na Tailândia – guia completo de viagem

Koh Samui é uma belíssima ilha do sul da Tailândia e vale a pena ser visitada na sua viagem pelo país. Lá você poderá conhecer praias paradisíacas e viver experiências únicas, como se hospedar no resort dos sonhos, mergulhar em águas cristalinas, visitar templos e museus, conhecer a histórica Vila dos Pescadores e ainda se conectar com a natureza exuberante da ilha.

Nesse post reunimos todas as informações que você precisa saber para se planejar antes de ir a Koh Samui, na Tailândia – um guia completo de viagem. Confira!

Como chegar em Koh Samui

Koh Samui é a segunda maior ilha da Tailândia e fica a 700 km de Bangkok. A maioria dos turistas vai pra lá de avião, mas também dá pra ir de balsa a partir de várias cidades do país. Te daremos todos os detalhes a seguir!

Avião

Nós, como a maioria dos viajantes, fomos até a ilha a partir da capital da Tailândia. Pegamos um voo de Bangkok até o Aeroporto Internacional de Koh Samui, que fica no distrito de Bo Put, a menos de 15 minutos de carro da praia de Chaweng, na costa leste da ilha, e na mesma distância para a Vila dos Pescadores, na praia de Bo Phut (costa norte de Koh Samui).

Voamos através da companhia aérea Bangkok Airways – que aliás é MUITO boa!! O voo durou 1h10 e uma comidinha muito gostosa foi servida. É a única empresa que faz esse trajeto, saindo voos diariamente de Bangkok até a ilha, das 6:00 às 20:00, praticamente de meia em meia hora. A passagem mais econômica, em 2023, custa 180 dólares, ou seja, em torno de R$912.

Se você está em outro país, existem outras companhias aéreas que pousam no Aeroporto Internacional de Koh Samui. Mas, dentro da Tailândia, a Bangkok Airways te leva para a ilha a partir de outras cidades também. Veja abaixo quais são elas e o tempo de duração dos voos:

  • Krabi (KBV): 50 minutos
  • Phuket (HKT): 55 minutos
  • Pattaya (UTP): 1 hora e 10 minutos
  • Chiang Mai (CNX): 1 hora e 45 minutos
  • Sukhothai (THS): de 3h45 a 7h20 – 1 escala
  • Lampang (LPT): de 4h30 a 5h20 – 1 escala
  • Hat Yai (HDY): de 4h35 a 8h15 – 1 escala
  • Trat (TDX): de 5h35 a 6h50 – 1 escala

Apenas um adendo: o aeroporto de Koh Samui é o mais fofo que já vimos nas nossas vidas de viajantes! Quando pousar por lá, repare na decoração que faz o local parecer um resort! As lojinhas e restaurantes do aeroporto contribuem para dar esse clima super diferente. E nos portões de embarque, há café e lanchinhos gratuitos para todos os passageiros!

Balsa

Outra opção para chegar em Koh Samui é de balsa e o píer com maior fluxo é o de Nathon, operado pela Seatran Ferry. Para chegar lá, você pode pegar balsa vindo da cidade de Surat Thani, que já está no sul da Tailândia e mais próxima da ilha, ou das cidades Donsak (também na província de Surat Thani), Nakhon Si Thammarat e Hat Yai.

Abaixo, listamos as possíveis origens com destino ao Nathon Pier em Koh Samui, com tempo de viagem e valores de passagem em 2023:

  • Surat Thani (Talad Mai Road): 3 horas – 320 bahts
  • Surat Thani (terminal de ônibus): 3h30 – 390 bahts
  • Surat Thani (estação de trem): 4 horas – 440 bahts
  • Surat Thani (aeroporto): 4 horas – 500 bahts
  • Donsak (Surat Thani): 1h30 – 170 bahts
  • Nakhon Si Thammarat (aeroporto): 4 horas – 500 bahts
  • Hat Yai (terminal de ônibus): 8 horas – 650 bahts

Existe outra companhia que pode te levar a Koh Samui, a partir de Donsak, a cidade mais próxima de Surat Thani. A Raja Ferry te deixa no píer de Lipa Noi em uma hora e meia e o valor da passagem (em 2023) é de 170 bahts.

Onde ficar em Koh Samui

Um ponto muito importante na sua viagem para essa ilha paradisíaca tailandesa é a hospedagem, concorda? Por isso, listamos abaixo opções de hospedagem muito boas na ilha!

W Koh Samui

Foi nossa primeira vez em um hotel seis estrelas e também em uma hospedagem com uma piscina privada no quarto. A nossa vila estava no alto da montanha com vista para o mar. Se Koh Samui não fosse tão legal, daria vontade de ficar nesse hotel o tempo todo!

O valor da diária no W Koh Samui é bem salgado, o que faz sentido para um hotel seis estrelas. Mas ele é uma ótima opção para lua-de-mel na Tailândia ou uma viagem romântica.

Clique aqui para ver a página completa do hotel W Koh Samui, ver mais informações, preços, disponibilidade e fazer a sua reserva.

Explorar Koh Samui

Outra opção de hospedagem muito boa em Koh Samui, que pudemos conhecer, é o hotel Explorar Koh Samui. Esse Resort & Spa cinco estrelas é uma ótima opção para casais ou viajantes que querem aproveitar um hotel incrível por um preço mais acessível.

Há várias opções de quartos, sendo que o mais interessante é o apartamento que tem uma piscina privativa infinita simplesmente de frente para o mar, com acesso direto à praia.

O legal desse hotel também é que eles oferecem uma série de experiências para quem quer incrementar a viagem. Nós fizemos uma aula de Muay Thai com um lutador profissional muito simpático e também uma aula de drinks com o barman Joey. Foi incrível, recomendamos a experiência!

Clique aqui para ver a página completa do hotel Explorar Koh Samui, ver mais informações, preços, disponibilidade e fazer a sua reserva.

Piscina privativa no nosso quarto

Outras opções de hospedagem

Fizemos um post completo sobre Onde ficar em Koh Samui – melhores resorts, hotéis e hostels. Nele, indicamos opções de acomodações que cabem no bolso de todos os viajantes e que estão em diferentes localizações da ilha. Recomendamos que leia para ver fotos e pegar todas as dicas de hospedagem em Koh Samui. Aqui vamos citar algumas que selecionamos para vocês:

Clique aqui para ver nossas recomendações mais detalhadas sobre onde ficar em Koh Samui – as melhores opções de resorts, hotéis e hostels em todas as regiões da ilha.

O que fazer em Koh Samui

Praias, visitar outras ilhas, cachoeiras, templos… Tenha certeza que há muitos passeios interessantes em Koh Samui! Explicamos os principais abaixo!

Praias de Koh Samui

Como você pode imaginar, a ilha tem muitas praias e para todos os estilos de viajantes. As mais populares e badaladas são Chaweng, Lamai e Bophut – inclusive, se quiser festa à noite na praia, são essas as indicadas. Maenam já está bem movimentada também, mas em um sentido mais calmo, sem tanto barulho e badalação. Das praias populares, esta é a mais bonita.

As praias que possuem um movimento médio e ainda uma boa estrutura de bangalôs e restaurantes são Lipa Noi e Thongtakian, também conhecida como Silver Beach. Lipa Noi é famosa por oferecer um lindo pôr do sol e pelos restaurantes bem avaliados (mas caros). Silver Beach é uma praia pequena e muito bonita – mas já deixou de ser um lugar tão secreto.

Um destino paradisíaco que não pode deixar de ser visitado é a praia de Coral Cove, que fica entre Chaweng e Lamai. Praia pequena, linda e ainda pouco visitada. Taling Ngam também tem um cenário incrível e é uma das praias mais próximas da Tailândia continental.

Leia também: O que fazer em Bangkok – roteiro, dicas e passeios.

Passeio à ilha Koh Tao e Koh Nang Yuan

Um dos rolês mais procurados em Koh Samui é fazer um passeio de barco para as outras ilhas próximas, onde você poderá aproveitar praias paradisíacas e fazer snorkeling ou mergulho para ver os belíssimos corais.

Nós fizemos o passeio de lancha de Koh Samui para Koh Tao e Koh Nang Yuan. Foi um passeio que durou praticamente o dia inteiro, pois embarcamos na lancha às 9h da manhã e desembarcamos às 4h da tarde. Nos valores, estão inclusos guia em inglês, almoço e bebidas e equipamentos de mergulho.

O primeiro trecho do passeio, até Koh Tao, levou uma hora e meia. É importante falar que a lancha em alto-mar balança bastante e dá muitos solavancos, por isso o trajeto não é o mais agradável do mundo. Recomendamos que você leve um remédio para enjoo e/ou tontura, mesmo que você seja uma pessoa que não costuma enjoar em barcos.

Confesso que estávamos duvidando se o passeio valeria a pena depois dessa primeira fase sofrida, ainda mais considerando que fomos em um dia nublado. Mas quando chegamos lá, pulamos no mar e olhamos os corais super coloridos e tivemos certeza de que valeu cada solavanco e balanço do barco.

Mesmo no dia nublado a água estava muito transparente e os corais são impressionantes, pois há várias espécies e cores. Ficamos hipnotizadas pelos peixinhos nadando em meio aos corais! Essa primeira parada em Koh Tao para mergulho e o Snorkeling foi de 1 hora. A água do mar estava super agradável e os guias mencionaram que ela é quentinha o ano todo.

Na sequência, a lancha fez um percurso de mais 15 minutos para parar em outro ponto estratégico de snorkeling em Koh Tao. Ficamos mais meia hora ali. Então, seguimos na lancha por mais meia hora até o Pier de Koh Tao, onde almoçamos em um restaurante local. Pedimos diversos pratos tailandeses, como Tom Yum de frutos do mar, frango frito, camarão ao curry e Morning Glory.

 

Para fechar com chave de ouro, depois de almoçar, encaramos mais 20 minutos de lancha até Koh Nang Yuan, uma ilha privada que tem um visual de tirar o fôlego. Ficamos uma hora e meia explorando a ilha e tiramos centenas de fotos! Vale a pena esticar a sua canga na faixa de areia branca e curtir o mar super transparente e também seguir a trilha demarcada que sobe no topo da ilha para ver esse paraíso de cima. A subida demorou mais ou menos 20 minutos e foi de nível fácil.

Além desse destino, há outros passeios de lancha que exploram as ilhas próximas de Koh Samui. Algumas opções são:

Fisherman’s Village – o centrinho da ilha

A Vila dos Pescadores de Koh Samui fica em Bophut e é um local histórico da ilha, bastante visitado. Ela ganhou esse nome porque a atividade de pesca era muito importante por lá, até que o porto desmoronou – então, hoje em dia a vila tem várias casinhas rústicas, galpões de madeira e lojas entre ruas estreitas. É um charme!

Além disso, todas as noites, na praia da vila, rola um show de fogos super legal, que já virou marca registrada da ilha. O show começa às 8h da noite e dura mais ou menos 1 hora.

Você pode assistí-lo da areia ou tomando um drink/comendo algo gostoso em um dos restaurantes à beira-mar. Nós jantamos no Coco Tam’s, um restaurante de comida internacional, e dali assistimos ao show.

O Coco Tams

E a dica de ouro é a feirinha de rua (ou nightmarket) da Vila do Pescadores, que acontece todas as segundas e sextas das 17h às 23h, e que pega fogo! São muitas ruas tomadas pelas barraquinhas de comidas, bebidas, roupas, artesanatos e o que mais você conseguir imaginar.

É um ótimo local para comprar lembrancinhas da Tailândia. No entanto, como Koh Samui é um destino de praia muito procurado pelos turistas europeus e norte-americanos, os preços das coisas por lá acabam sendo mais super faturados do que os mesmos produtos nas feirinhas de Bangkok e Chiang Mai, por exemplo.

Cachoeiras de Koh Samui

Apesar dos boatos de que há boas cachoeiras na ilha de Koh Samui, você pode se decepcionar. Dependendo da época do ano, o volume de água é muito baixo, porque as cachoeiras não são tão grandes assim. Sem contar que para chegar na maioria delas, precisa fazer uma trilha longa ou pesada – se só o percurso já for o suficiente para você, aproveite, porque os cenários são bonitos.

Quando estávamos em Koh Samui, demos uma paradinha em uma cachoeira que fica perto da estrada. Não estava cheia de turistas… e também não achamos nada demais. Mas se você gostar muito de cachoeira e quiser ver com os próprios olhos, recomendamos começar pela Na Muang 1, em Nathon Bay. Ela é mais visitada e tem até vendedores ambulantes por lá, mas é a que fornece uma das maiores quedas e o acesso não é difícil.

Templo Wat Phra Yai

Diferente de outros destinos da Tailândia, como Bangkok ou Chiang Mai, não há tantos templos budistas grandiosos em Koh Samui. Mas sugerimos que você visite o Wat Phra Yai, ou templo do grande Buda sentado.

Esse templo, em si, é simples, mas é bem interessante, pois está no topo de uma escadaria e, lá de cima, você tem uma vista bonita do mar e da parte norte da ilha. Lembre que para visitar o templo você não pode estar usando bermudas acima do joelho ou regatas. Inclusive, demos essa e outras dicas práticas no guia completo de viagem para a Tailândia.

Na visita guiada a Koh Samui, você visita os templos Wat Phra Yai e Wat Laem Swannaram, além de conhecer o mirante da ilha, as pedras Grandfather e Grandmother e o Monge Mumificado. Esse passeio é super completo, dura 4 horas e tem guia em inglês.

Museu do Coco

Uma das experiências mais legais e inusitadas que vivemos na ilha foi visitar o Museu do Coco (Coconnut Museum), que fica dentro de uma fazenda de coco! Essa fazenda produz óleo virgem e outros produtos derivados do coco. Durante a visita, aprendemos muito sobre a produção do óleo e a importância do coco para economia e vida do povo tailandês.

Fizemos um workshop e aprendemos a extrair o óleo, manualmente, a partir do coco seco, da maneira tradicional e artesanal tailandesa. Extraímos 70 ml de óleo a partir de cinco quilos de coco seco ralado! O processo tem várias etapas e, se você ficou curioso, pode ver todas elas nesse vídeo que fizemos.

Os docinhos da aula de doces tailandeses e nós aprendendo a extrair óleo de coco,

O museu também oferece uma experiência de aula de culinária de doces de coco típicos tailandeses. Ela ocorre durante a manhã, de segunda a sexta, e não precisa ser agendada com antecedência. O valor, em 2023, era de 890 Bahts por pessoa e você pode acessar mais informações através da página do museu.

Na lojinha do Museu do Coco, você pode comprar cremes, produtos para cabelo e corpo, doces, souvenirs e objetos decorativos, tudo feito com coco.

Endereço: GWGW+6FH, Tambon Ang Thong
Horário de funcionamento: segunda a sábado, das 08h às 16h

 

Hin Ta e Hin Yai

Nessa área várias pedras no mar formam um bonito visual e duas pedras são especiais e arrancam risinhos dos visitantes por serem em formato das genitálias masculina e feminina. O nome significa Avô (Ta) e Avó (Yai)

Há uma lenda sobre essas pedras. A história é a seguinte: havia um casal formado por Ta Kreng (Vovô Kreng) e Yai Riem (Vovó Riem), que vivia na província de Nakhon Si Thammarat com seu filho. Quando ele atingiu idade adulta eles decidiram que era hora dele se casar.

Então eles partiram navegando para a Província de Prachuap Khiri Khan para pedir a mão da filha de um homem chamado Ta Monglai. Porém, eles foram pegos por uma tempestade em alto mar e acabaram morrendo. Se tornaram pedras como prova para os pais da moça de que suas intenções eram verdadeiras e boas.

No local tem várias barraquinhas vendendo souvenirs e comidinhas. Nós provamos um sorvete de coco maravilhoso e lindo, servido no coco e decorado com flores. Amamos.

Endereço: 126/92 Moo 3, Lamai, Koh Samui, Surat Thani

Fazer uma massagem

Falar de Tailândia é falar da maravilhosa e famosa massagem tailandesa, certo? Então é claro que nos planejamos para fazer uma sessão de massagem tailandesa em Koh Samui.

Fomos no Melati Spa, que fica dentro do hotel Melati Resort. Optamos pela experiência do coco de 1h30 de duração, que custou 3.200 baths (em 2023), e foi um dos pontos altos da viagem! Nos primeiros 30 minutos, ganhamos uma esfoliação corporal completa e, na hora seguinte, fizemos a massagem propriamente dita.

As massoterapeutas perguntaram se iríamos querer a massagem leve, moderada ou forte. Nós duas optamos pela massagem forte, pois adoramos! Mas isso fica a seu critério. Durante uma hora, fomos apertadas, alongadas e muito bem tratadas com técnicas diversas, que misturam massagem com as mãos e com os cotovelos, além do uso de pedras e compressas quentes. Simplesmente divino!

Você pode reservar essa mesma experiência por aqui.

Festival da Lua Cheia (Full Moon Party) em Koh Pha Ngan

Aqui, na verdade, é uma dica do que fazer na ilha de Koh Pha Ngan, vizinha a Koh Samui. Você pode chegar lá através da balsa Seatran Ferry, no pier Bangrak de Koh Samui. A viagem dura cerca de 45 minutos e o valor da passagem você pode consultar no site da companhia.

Em Koh Pha Ngan, no mês de novembro, acontece a Full Moon Party, ou Festival da Lua Cheia, que é uma das festas mais famosas da Tailândia. Visitantes do mundo todo planejam a viagem para lá nessa época para curtir o festival.

A festa acontece todo mês, quando a lua está cheia, e você consegue facilmente comprar o ingresso nas ruas da vila que chegam na praia (o valor era de de 200 bahts em 2023). O único jeito de comprar com antecedência é através de tour privado para o Festival da Lua Cheia, onde você já adquire a pulseirinha de acesso.

As dicas são: não ir de chinelo, porque acaba acumulando muito lixo na praia e fica perigoso machucar os pés, e também tomar cuidados como em qualquer festa de multidões, ou seja, não andar em ruas escuras, não aceitar bebidas de estranhos, etc. Acesse mais informações e a programação do Festival da Lua Cheia no site oficial da festa.

Como se locomover em Koh Samui

É importante ter em mente que a ilha de Koh Samui é grande, então é preciso planejar a sua locomoção por lá. Muitos visitantes optam por alugar uma pequena moto ou scooter para explorar livremente.

Se você estiver fazendo os passeios com uma agência, como nós fizemos, provavelmente você fará todos os deslocamentos em uma van, o que facilita muito a viagem. Utilizamos a agência Experiência Tailândia, que tem guias que falam português e são especializados no público brasileiro. Recomendamos! Nosso guia chamado Pepsi foi um ótimo companheiro.

Outra opção para deslocamentos mais curtos é pedir um carro no aplicativo Grab. Não há uber na Tailândia, então baixe o Grab antes da viagem e já cadastre o seu cartão de crédito internacional. O problema dessa opção é que, em baixa temporada, há poucos carros disponíveis no app em Koh Samui.

 

Melhor época para visitar Koh Samui na Tailândia

De dezembro a março é quando menos chove na ilha e as temperaturas não ficam exorbitantes, apesar de Koh Samui ser quente o ano todo. Por exemplo, junho é o mês mais quente, com média de temperaturas máximas chegando a 33 graus, e janeiro é o mês mais fresco, com máximas de 29 graus.

Nós fomos em setembro e gostamos muito, pois não pegamos chuva e os dias estavam bem quentes, mas não insuportáveis. Também é uma boa época por ser baixa temporada, então a ilha não estava lotada e os preços de hospedagens e passeios ficam mais em conta.

Quantos dias ficar em Koh Samui

Recomendamos que você fique de cinco a sete dias na ilha de Koh Samui para poder aproveitar com calma, explorar as diferentes partes da ilha e, claro, descansar e curtir o mar.

Fizemos essa viagem a convite do TAT (Tourism Authority of Thailand). Todas as informações desse post refletem a nossa opinião sincera! Visite o site Turismo da Tailândia para mais informações sobre o país.

Leia todos os posts da categoria Tailândia

– O que fazer em Bangkok na Tailândia – roteiro, dicas e passeios

– Onde ficar em Bangkok: dicas de hospedagens para todos os bolsos

– Elefantes na Tailândia: onde ver e santuários éticos para visitar

– Dicas práticas da Tailândia: tudo o que você precisa saber para visitar o país

– Ayutthaya: roteiro e dicas para visitar a antiga capital da Tailândia

– Onde ficar em Koh Samui – dicas de hospedagem