A password will be e-mailed to you.

1 dia em Guimarães: Bate-volta do Porto

A gente já achava Guimarães uma cidade encantadora pelas fotos que a nossa colaboradora Priscila Davanzo postava. Então quando fomos para o Porto não tivemos dúvidas e fomos visitar essa cidade fofa de Portugal.

A cidade de Guimarães está associada à fundação da identidade nacional portuguesa e à língua portuguesa no séc. XII. Nela rolou a batalha que gerou Portugal como o território que é hoje.

ATENÇÃO! O Seguro Viagem é obrigatório para entrar em Portugal.
Faça aqui uma cotação sem compromisso e ganhe 5% de desconto com o cupom ESTRANGEIRA5

O charme de Guimarães

O charme de Guimarães

Como chegar em Guimarães

No Porto, pegamos um trem para chegar lá. Tem que ficar esperto pois não tem tantos trens para Guimarães e pegamos um que parava em dezenas de estações e demorou 1:30 para chegar. Infos aqui http://www.cp.pt/

Chegando na estação é bem simples. Basta andar para a direita quando sair e pegar para esquerda uma das ruas que elas vão te levar ao centro. Dica é subir pela rua Afonso Henriques e passar no Centro Cultural Vila Flor.

Onde ficar em Guimarães

Apesar de termos feito o bate-volta, ficou aquela vontade de ter dormido pelo menos uma noite em Guimarães, para aproveitar mais a noite e fazer tudo com calma.

Abaixo, algumas dicas de hotéis e hostels bons em Guimarães:

O que visitar em Guimarães

Nós fomos direto para o Paço dos Duques de Bragança, uma casa senhorial do século XV, construído por D. Afonso – futuro Duque de Bragança, filho bastardo do Rei D. João I . O prédio é muito bonito, especialmente a estrutura do teto, e tem uma coleção de tapeçarias, mobiliário, porcelanas  da Companhia das Índias.

O pátio externo também tem um clima legal. Demos sorte que era o primeiro domingo do mês, com entrada gratuita. Nos outros dias a entrada custa 5 euros.

O exteriro do Paço dos Duques de Bragança. Ao redor é um jardim e a galera fica lá sentada e fazendo picnic.

O exterior do Paço dos Duques de Bragança. Ao redor é um jardim onde a galera faz picnic.

Interior do Paço dos Duques de Bragança.

Interior do Paço dos Duques de Bragança.

Bem ao lado fica o Castelo de Guimarães, ou melhor as ruínas do castelo, que remonta o século X quando a Condessa Mumadona Dias construiu um Mosteiro. Os frequentes ataques por parte dos mouros e normandos fizeram com que  fosse construída uma fortaleza para proteger os monges e a comunidade cristã que vivia ao redor. A entrada é gratuita – mas a última entrada é as 17h30, fique esperto!

O Castelo de Guimarães tem entrada gratuita

O Castelo de Guimarães tem entrada gratuita

Todo o redor dessa área é cercado pela antiga muralha e é lindo fazer uma caminhada. Indicamos descer de volta pro centro se perdendo pelas vielas medievais, você vai se sentir na Idade Média! Quando saímos por ali tinha umas procissões percorrendo as ruas do centro. Os fogos de artifício eram muito altos e os tambores assombravam as ruas.

Banda toca em procissão pelas ruas de Guimarães.

Banda toca em procissão pelas ruas de Guimarães.

Descemos até o Largo da Oliveira que é lindo e tem vários lugares para comer. Tomar um shot de pastel de nata no Salado Bar é realmente imprescindível. Imagine uma bebida (alcóolica) que tem o exato mesmo e perfeito gosto do doce! É delicioso. Nós ficamos um tempo bebendo e conversando no coreto, enquanto as luzes da praça se acendiam. Outra opção para sentar e beber é a Praça Santiago.

Ainda no centro de Guimarães, Portugal, o Largo da Oliveira tem vários restaurantes e barzinhos em meios às construções históricas. Vale a visita no fim do dia para petiscar e beber algo

Ainda no centro de Guimarães, Portugal, o Largo da Oliveira tem vários restaurantes e barzinhos em meios às construções históricas. Vale a visita no fim do dia para petiscar e beber algo

Outra dica de Guimarães é tomar um shot de pastel de nata no Salado Bar, no Largo da Oliveira. É surpreendente como tem o mesmo gosto da tradicional sobremesa portuguesa. Ainda no Salado é possível conversar com o dono, um senhorzinho que está sempre sentado na porta, e se deliciar com as histórias da cidade.

Outra dica de Guimarães é tomar um shot de pastel de nata no Salado Bar, no Largo da Oliveira. É surpreendente como tem o mesmo gosto da tradicional sobremesa portuguesa. Ainda no Salado é possível conversar com o dono, um senhorzinho que está sempre sentado na porta, e se deliciar com as histórias da cidade.

Para comer fica a dica da Pastelaria Clarinha, no Largo do Toural. Comemos vários doces portugueses ali e todos estavam gostosos. Obrigatório é a torta de Guimarães, super tradicional, um doce de massa folhada recheado com doce de chila, amêndoas e ovos. O café expresso deles também estava muito bom.

O Largo é bem bonitinho também… No canto direito vocês verão um muro super alto com a inscrição AQUI NASCEU PORTUGAL!!! Não deixem de visitar o lugar que marca o local onde simplesmente nasceu o país. 😀

guimaraes1

A cidade de construções medievais foi o local onde nasceu o condado de Portucale, que depois veio a ser Portugal. Muralhas, ruelas e construções de pedra dão um charme à cidade de Guimarães. Pode ser visitada facilmente, chegando de trem a partir da cidade do Porto.

A zona de couros é uma visita bem legal. Uma antiga área de fabricação de couro, tem um conjunto de tanques no Largo da Cidade que tem uma obra com uma poesia muito bonita. Ele  é legal visitar de dia e também de noite. Depois que o sol se põe ele é iluminado. Nessa mesma área estão os antigos lavadouros públicos.

guimaraes-portugal-lavadeiros-publicos

é impossível não passear pela Zona dos Couros, antiga zona de curtume, banhada pelo Rio de Couros. Pouco buscada pelos turistas, a zona central conta com entradas e saídas no rio no meio das ruas e propriedades. Um local mágico. Aproveite para passar na Tasquinha do Júlio, na Rua de Couros, e comer o melhor prego no pão (sanduíche de carne, presunto e queijo) da cidade de Guimarães.

Esse é um Lavadouro Público diferente dos outros encontrados na cidade, esse ainda está em uso. Para além do lavar de roupas, o lavadouro tem ainda a função social entre as mulheres locais, que aproveitam para conversar. Ao lado há uma relva coberta de grama onde cobertas, tapetes e outras peças grandes são "estendidas" sobre a grama para secar.

Esse é um Lavadouro Público diferente dos outros encontrados em Guimarães, esse ainda está em uso. Para além do lavar de roupas, o lavadouro tem ainda a função social entre as mulheres locais, que aproveitam para conversar. Ao lado há uma relva coberta de grama onde cobertas, tapetes e outras peças grandes são “estendidas” sobre a grama para secar.

 Vale a pena visitar Guimarães?

Vale e muito!!!! Em um dia você vê tudo o que é essencial e ainda desfruta da gastronomia dessa cidade fofa, que fica perto do Porto.

Vale dizer que Guimarães tem um wifi público excelente e simples de se cadastrar!!! E pega bem em todo o centro. Ainda tem convento bonito, teleférico e outros museus que não tivemos tempo de visitar.

Nós voltamos de carona de carro com a Priscilla que foi nos encontrar lá no fim do dia depois do trabalho, então confira os horários dos trens de volta. Guimarães é pequena mas encantadora. Não deixe de ir!

A estrangeira Gabi com nossa anfitriã Pri Davanzo e o João

A estrangeira Gabi com nossa anfitriã Pri Davanzo e o João

A estrangeira Fabia no Largo da Oliveira descansando um pouco depois do sobe e desce pelas vielas.

A estrangeira Fabia no Largo da Oliveira descansando um pouco depois do sobe e desce pelas vielas.

A estrangeira @prisdavanzo foi ao clàssico Vitória de Guimarães com o estádio lotado de fãs vimaranenses. As torcidas sempre se desafiando com direito a briga entre torcedores dos times portugueses. O estádio na pacata cidade de Guimarães leva o nome do primeiro Rei de Portugal, D. Afinso Henriques, provavelmente um vimaranense.

A Priscilla foi ao clássico Vitória de Guimarães X FC Porto com o estádio lotado de fãs guimaranenses. As torcidas sempre se desafiando com direito a briga entre torcedores dos times portugueses. O estádio na pacata cidade de Guimarães leva o nome do primeiro Rei de Portugal, D. Afonso Henriques, provavelmente um guimaranense.

Post escrito em colaboração com nossa maravilhosa amiga e estrangeira Priscilla Davanzo<3


IMPORTANTE! Não esqueça de adquirir o seu Seguro Viagem. Ele é obrigatório para entrar na Europa, mas mesmo nos países sem obrigatoriedade é muito importante ter o seguro. Nos Estados Unidos, por exemplo, uma consulta médica ou internação pode custar uma verdadeira fortuna e com o seguro, você terá todo o tratamento coberto. Leia sobre quando ficamos doentes no Egito e na Espanha, ou sobre outra vez em que pegamos uma intoxicação alimentar fortíssima na Bolívia. O Seguro Viagem nos salvou!
Faça aqui uma cotação sem compromisso e ganhe 5% de desconto com o cupom ESTRANGEIRA5

Planeje sua viagem! Faça suas reservas com nossos parceiros pelos links:
Compre o Seguro Viagem com a Seguros Promo
Reserve seu hotel ou hostel com o Booking.com
Compre ingressos antecipados de atrações no mundo inteiro e evite as filas com a GetYourGuide
Pesquise os melhores preços para alugar carro em mais de 140 países com a RentCars
Compre chip de celular internacional com a Viaje Conectado
Compre passagens aéreas com muito desconto com a Passagens Promo

Curta nossa página no Facebook!