Uma senha sera enviada para seu e-mail

Turistas LGBTs no Egito – Ser gay fazendo a egípcia

Você faz parte da comunidade LGBT e tem vontade de viajar para o Egito mas não sabe como vão ser as coisas por lá? Esse post é para você!

Turistas LGBTs é uma nova série de posts e vídeos onde vamos contar tudo sobre nossas experiências como turistas lésbicas em diversos países e cidades do mundo. Assim você poderá planejar melhor a sua viagem com o seu amor e saber o que te espera em cada destino.

Para começar, vamos falar da primeira viagem que fizemos juntas como namoradas – e também a mais difícil: o Egito. Antes de continuar, assista ao vídeo onde contamos a nossa experiência como turistas LGBTs no Egito e se delicie com imagens maravilhosas do país (mas é pra assistir hein, não vale fazer a egípcia! =P )

Ficamos 15 dias no Egito em janeiro de 2014. Visitamos muitas cidades importantes, vimos as pirâmides, esfinge, templos, hieróglifos… Até fizemos um cruzeiro pelo Rio Nilo! A gente tem posts completos sobre cada uma dessas cidades e passeios aqui no blog, você pode acessar nos seguintes links:

Post Completo CAIRO – EGITO

Post Completo LUXOR – EGITO

Post Completo ASWAN – EGITO

Post Completo SHARM EL SHEIKH – EGITO

Post Completo CRUZEIRO NO RIO NILO – EGITO

Post Completo TOUR NO DESERTO – EGITO

ATENÇÃO! Recomendamos sempre viajar para fora do Brasil com Seguro Viagem. Veja, inclusive, o post onde conto que fiquei doente no Egito e o seguro me salvou.
Faça aqui uma cotação sem compromisso e ganhe 5% de desconto com o cupom ESTRANGEIRA5

Leia também: Melhores países para LGBTs morarem

Como é ser LGBT no Egito?

O Egito é um país muçulmano e a sociedade não aceita pessoas LGBTs (lésbicas, gays, bissexuais, transexuais e travestis). Não existe uma lei específica que proíba uma pessoa de ser LGBT.

Mas lá no Egito eles prendem pessoas que eles consideram homossexuais ou transexuais utilizando outras leis de atentado ao pudor, morais e bons costumes. Muitos LGBTs estão presos no Egito por serem quem são, então a coisa é séria. Um estrangeiro pode ser expulso do país se for pego fazendo “atos homossexuais” (seja lá o que for isso).

O país é lindo, os monumentos históricos são incríveis, então muitas pessoas querem visitar mesmo sabendo que o Egito não leva numa boa pessoas LGBTs. Por isso tome cuidado quando estiver por lá. Não demonstre carinho na rua: nada de beijos, abraços ou andar de mãos dadas com seu parceiro ou sua parceria.

Sim, nós sabemos bem como é horrível ficar se escondendo, voltar pro armário. Aqui no Brasil a gente sempre levanta a bandeira do amor, dizemos que tem que demonstrar afeto sim, esfregar na cara da sociedade… Mas lá isso pode ser perigoso, te expulsar do país ou te levar pra cadeia! Nenhum turista quer ir preso durante a viagem, então infelizmente é preciso fazer esforço.

Dicas para turistas homossexuais que querem visitar o Egito

  • Se estiver com seu parceiro do mesmo sexo, sempre reserve quartos com duas camas de solteiro. Assim ninguém vai saber logo de cara que vocês são um casal. Como eu e Fabia só dormimos abracadinhas, a gente juntava as camas durante a noite e separava novamente de manhã.
  • Se perguntarem o parentesco de vocês, digam que são amigos/as ou primos/as. Nós falamos que éramos primas – mas é claro que às vezes dá confusão mental e você dá alguma bola fora. Uma pessoa mais esperta pode perceber a mentira.
  • Novamente: não beijem, abracem ou andem de mãos dadas na rua.
Turistas Lésbicas em Luxor, no Egito.

Turistas Lésbicas em Luxor, no Egito.

É muito perigoso ir para o Egito com meu parceiro do mesmo sexo?

Não! Como eu disse, você tem que tomar cuidado na rua, mas se alguém desconfiar de vocês não vai ligar pra polícia para prender. O Egito é um país turístico, então eles tratam turista muito bem. Não dando pinta na rua, para não atentar a “moral e os bons costumes”, vai dar tudo certo.

O Egito é um país muito bonito, cheio de coisa linda pra ver. Quem sonha em ver as pirâmides, a esfinge, o Rio Nilo ou mergulhar no Mar Vermelho em Sharm El Sheikh tem que ir! Respire fundo, se prepare para alguns perrengues e vá. Nos resta torcer para que a lei de lá mude aos poucos e para que ser LGBT deixe de ser crime no Egito.


IMPORTANTE! Não esqueça de adquirir o seu Seguro Viagem. Ele é obrigatório para entrar na Europa, mas mesmo nos países sem obrigatoriedade é muito importante ter o seguro. Nos Estados Unidos, por exemplo, uma consulta médica ou internação pode custar uma verdadeira fortuna e com o seguro, você terá todo o tratamento coberto. Leia sobre quando ficamos doentes no Egito e na Espanha, ou sobre outra vez em que pegamos uma intoxicação alimentar fortíssima na Bolívia. O Seguro Viagem nos salvou!
Faça aqui uma cotação sem compromisso e ganhe 5% de desconto com o cupom ESTRANGEIRA5

Planeje sua viagem! Faça suas reservas com nossos parceiros pelos links:
Compre o Seguro Viagem com a Seguros Promo
Reserve seu hotel ou hostel com o Booking.com
Compre ingressos antecipados de atrações no mundo inteiro e evite as filas com a GetYourGuide
Pesquise os melhores preços para alugar carro em mais de 140 países com a RentCars

Curta nossa página no Facebook!