Uma senha sera enviada para seu e-mail

Roteiro de 2 dias em Valência

Valência foi a primeira parada de uma viagem que fizemos com meus pais, Sílvia e Haroldo.  Em julho de 2015 eles foram nos visitar em Barcelona e aproveitamos para rodar a Espanha, sonho da minha mãe, que é professora de espanhol.

Nós começamos por Valência, onde passamos dois dias muito gostosos nessa cidade bonita. Valência tem um pouco de tudo: locais históricos, arquitetura futurista, praia com água quentinha, comidas deliciosas…

Valência não é muito grande, por isso dois dias inteiros, bem divididos, dão conta de ver a cidade inteira.

A cidade fica no litoral da Espanha, na comunidade Valenciana. Apesar de a língua oficial lá ser o espanhol, eles também falam o valenciano. Mas não se preocupe, eles lidam muito bem com turistas e vão te responder em espanhol tranquilamente.

ATENÇÃO! O Seguro Viagem é obrigatório para entrar na Espanha.
Faça aqui uma cotação sem compromisso e ganhe 5% de desconto com o cupom ESTRANGEIRA5

Em julho, alto verão, a temperatura estava bem alta. Se você também for nessa época abuse do protetor solar e da água!

Entrada da antiga Muralha de Valência

Entrada da antiga Muralha de Valência

Fomos de Barcelona para Valência de ônibus, pela empresa Alsa. A passagem custou 16 euros. A viagem durou 5 horas, chegamos à noitinha. Nos hospedamos no hotel Pensión El Rincón, que fica bem no centro da cidade. Um hotel simples, sem café da manhã mas com bom custo-benefício.

O que fazer em Valência

Mercado Central

Acordamos cedo no primeiro dia e com uma curta caminhada chegamos ao Mercado Central, que fica a apenas 5 minutos a pé do hotel. É um mercadão bem grande e bonito. Repare na arquitetura externa e nos vitrais que tem lá dentro. Muitas barraquinhas de frutas, jamón, peixes e artesanato encantam os moradores e turistas.

Nós tomamos o café da manhã ali mesmo, em uma barraca grande que era como se fosse a padaria do Mercado. Recomendamos, não saiu caro e tudo estava uma delícia! Endereço do Mercado Central: Plaza Ciudad de Brujas, s/n.

Mercado Central de Valência

Detalhe da parte externa do Mercado Central de Valência

Ciudad de las Ciencias y Las Artes

Logo depois pegamos por ali um taxi para a Ciudad de las Ciencias y Las Artes. Esse lugar é o ponto turístico mais icônico de Valência e por isso é bom você separar, no mínimo, meio dia só pra ele. Mas se quiser ver tudo mesmo e com calma separe um dia inteiro. É visita obrigatória!

Imagine uma área com construções futuristas e lindas rodeadas de espelhos d’água. E dentro dessas construções há museus, aquários, teatros e muito mais! Ficamos lá 5 horas. É até difícil explicar tudo o que tem lá dentro em um parágrafo, por isso fizemos um post super completo sobre esse passeio! Você pode acessar e se deliciar nesse link aqui: Post completo sobre a Ciudad de Las Ciencias y Las Artes

A Ciudad de las Artes y las Ciencias é um projeto dos arquitetos Santiago Calatrava e Félix Candela e é impressionante.

A Ciudad de las Artes y las Ciencias é um projeto dos arquitetos Santiago Calatrava e Félix Candela e é impressionante.

A Ciudad de las Ciencias e Las Artes fica numa área mais afastada do centro, por isso pegamos taxi pra ir e voltar de lá. Como estávamos em 4 pessoas não saía caro dividir os taxis e foi mais rápido do que pegar ônibus. Do Mercado Central até a Ciudad de las Artes e Ciencias o taxi saiu 12 euros.

Plaza del Ayuntamento

Voltamos para o centro, mais especificamente para a Plaza del Ayuntamento, a Praça da Prefeitura. Bem, vocês podem imaginar que é a praça central de Valência. Chegando ali, vimos que estavam montando um palco e descobrimos que demos a sorte de estar na cidade bem no fim de semana da Fira de Juliol (Feira de Júlio).

Decidimos passear pelos arredores e esperar pra assistir as apresentações, que só iam começar dali duas horas nesse palco! A Feira de Juliol acontece por toda a cidade. Há dezenas de palcos e apresentações, desfiles, queima de fogos… É o grande evento de Valência!

Plaza de Toros

Fomos caminhando até a Arena de Tourada (ou Plaza de Toros, em espanhol), que fica na rua Carrer de Xàtiva, 28. O edifício redondo de arquitetura bem típica chama a atenção.  É uma das arenas de tourada mais famosas da Espanha, e se você quiser ir assistir a uma tourada precisa ver a programação aqui. Nós não somos fãs não, então nem consideramos essa opção.

Estátua de Toureiro na frente da Arena de Tourada de Valência

Estátua de Toureiro na frente da Arena de Tourada de Valência

Estació del Nord

Ao lado da arena está a Estació del Nord, a principal estação de trem de Valência. Vale a pena entrar e conferir a arquitetura. É bem bonito. E ali bebemos a nossa primeira deliciosa Orxata!

A orxata é uma bebida muito típica de Valência, TEM QUE TOMAR! É tipo um leite de amêndoas, mas feito de chufa – uma castanha deles. É bem docinho e leve. Tem carrinhos vendendo na rua pela cidade toda. Um copo de orxata custa em torno de 3 euros.

A Estació del Nord é a mais importante de Valência, e muito bonita.

A Estació del Nord é a mais importante de Valência, e muito bonita.

Dali fomos andando pelas vielas do centro e encontramos uma churreria! Fomos atraídos pelas maravilhosas fotos na loja! Churros é um doce tradicional da Espanha e cada cidade serve de um jeito… Nós pedimos doce e recheado mesmo, como se come no Brasil. Os danados eram tão bons que voltamos lá no dia seguinte para um repeteco!!

Voltamos para a Plaza del Ayuntamento. A apresentação de folclore valenciano da Fira de Juliol ia começar! Foi uma experiência bem legal. Assistimos a essa apresentação de dança e canto bem tradicional da cultura valenciana…

A plateia estava cheia de velhinhos que cantavam juntos emocionados. Nós adoramos esse tipo de evento, que nos coloca realmente dentro da cultura do lugar.

Dança tradicional na Fira de Juliol de Valência

Dança tradicional na Fira de Juliol de Valência

Depois de mais ou menos uma hora, fomos caminhando até a Rua de La Ribeira, uma rua bem turística ali do centro. Estávamos morrendo de fome, já era hora de jantar, e decidimos pedir uma tradicional Paella Valenciana.

A Paella é o prato tradicional espanhol, feito de arroz com frutos do amor e/ou carne e/ou frango e/ou vegetais, rs. Cada cidade faz de uma maneira. Como estávamos numa rua turística a Paella não saiu lá muito barato, pagamos 40 euros. Mas era grande e dividimos uma em quatro pessoas.

Voltamos para o hotel depois de um dia bem cheio. Era importante descansar pro dia seguinte!

Lonja de La Seda

Começamos o segundo dia tomando café no Café Londres, que fica próximo ao hotel. Dali fomos caminhando até a Lonja de La Seda, uns 10 minutos de caminhada. A Lonja é um prédio histórico medieval muito bonito. Ali era feito o comércio da seda entre os turcos e os europeus. É mais um ponto turístico obrigatório de Valência.

Observe a arquitetura interna em estilo mudéjar, simplesmente maravilhosa. Desça também na gruta subterrânea! De segunda à sábado a entrada custa 2 euros, mas de domingos e feriados a entrada é gratuita (eba)! Endereço da Lonja de La Seda: Carrer de la Llotja, 2.

A parte externa da Lonja de La Seda

A parte externa da Lonja de La Seda

Repare nos padrões geométricos da parte interna da Lonja de La Seda, em Valência. Isso é típico da arte Mudéjar!

Repare nos padrões geométricos da parte interna da Lonja de La Seda, em Valência. Isso é típico da arte Mudéjar!

Catedral de Valência

Saímos dali com nosso mapa em mãos e caminhamos até a Catedral de Valência de São Vicente. O interior da catedral é bonita, mas nada de diferente das catedrais góticas espanholas…

Agora a grande dica que damos pra você é a vista de lá de cima da igreja! Prepare as pernas, são 207 degraus para chegar ao topo. A subida é cansativa, confesso, mas vale a pena. É a melhor vista de Valência. De lá você vai ver a cidade inteira. Para subir, você paga 2 euros de segunda à sábado. De domingos e feriados a subida é gratuita também! Endereço da Catedral de Valência: Plaça de l’Almoina, s/n.

A melhor vista de Valência você terá do alto da Catedral. Esse é um dos lados, do outro está a praia!

A melhor vista de Valência você terá do alto da Catedral. Esse é um dos lados, do outro está a praia!

Descemos os 207 degraus e estávamos morrendo de fome! Seguimos na rua que dá pra Catedral e fizemos uma grande descoberta: Café Bertal! Esse restaurante tinha preços ótimos e a comida estava muito boa. Indicamos altamente que você coma por lá depois ou antes de visitar a catedral.

Pra você ter uma ideia, eu pedi uma salada enorme e custou 6 euros… Meu pai pediu um hambúrguer que estava lindo, delicioso e era gigante e também pagou apenas 6 euros!

Mas ATENÇÃO, eles ganham dinheiro mesmo vendendo uma bebida chamada Água de Valência (suco de laranja diluído em água com gás com frutas picadas). Não vale a pena, a jarra é bem cara e não é nada demais. Evite essa cilada. Ficamos super cheios com o almoço, mas confesso que saí dali com vontade de provar as saladas de frutas e os sorvetes (também bonitos e baratos, rs).

L’Amoina

Saímos explorando as vielas do centro histórico e chegamos ao Centro Arqueológico L’Amoina. Não deixe de visitar! Como o nome diz, é um centro arqueológico que conta a história de Valência, indo da pré-história à idade média e depois, à época contemporânea. Tem umas escavações embaixo, você pode descer e caminhar sobre ruinas romanas… É muito legal. Nós quase perdemos essa visita, pois aos domingos fecha às 14h. Fique esperto com o horário!

No Centro Arqueológico L'Amoina você pode andar sobre ruínas romanas!

No Centro Arqueológico L’Amoina você pode andar sobre ruínas romanas!

Dali caminhamos até a Plaza de La Virgen, uma praça muito bonita. Tem uma fonte no meio e é cercada por edifícios medievais. Em um dos cantos tem um jardim com laranjeiras – uma boa sombra para descansar!  Aliás, são muitos jardins de laranjeiras em Valência! NA época eles exalam um delicioso perfume da fruta.

Continuamos a caminhada até as torres da antiga muralha que cercava Valência na Idade Média. Há uma série de pontes muito bonitas. Quem for ficar 3 diais pode seguir caminhando para apreciar todas elas. Voltamos caminhando para o hotel – tá vendo como ficamos hospedadas em um local estratégico? Fomos colocar roupa de banho porque queríamos aproveitar a praia!

Plaza de La Virgen - Valência

Plaza de La Virgen – Valência 

A praia de Valência

Para chegar à praia pegamos um metrô e trocamos para um tram que nos deixou na frente da praia. Não tínhamos a menor ideia, mas a melhor surpresa do dia foi entrar no mar e descobrir que a água lá é bem quentinha! Uma delícia!

Estávamos acostumadas com Barcelona, que tem água gelada e quando entramos no mar em Valência ficamos igual crianças felizes! O mar é calmo, com poucas ondas e água bem límpida. Parece que você está num lago. É uma delícia! Meus pais também adoraram.

Se você for à Valência no verão não deixe de dar um pulinho na praia. Caminhamos pelo calçadão, que tem em toda a extensão uma feirinha de rua. As pessoas vendem comidas, roupas, biquínis, brinquedos, artesanato… Enfim, uma feirinha de praia comum.

Pegamos o mesmo esquema tram-metrô para voltar ao hotel. Acabava assim o nosso segundo e último dia em Valência. Ufa!

Não deixe de visitar a praia em Valência!

Não deixe de visitar a praia em Valência!

Nossa programação foi bem cheia como você pôde ler, para fazer tudo apertamos um pouco o passo e nosso itinerário. Mas eu não diria que foi uma viagem corrida. Se você tiver 3 dias inteiros dá pra fazer tudo com mais calma. No dia seguinte pela manhã pegamos um taxi até o Aeroporto de Valência, que custou 13 euros. A nossa próxima parada: Sevilha!

Imperdível em Valência

Visitar

  • Ciudad de Las Ciencias y Las Artes
  • Mercado Central
  • La Lonja de la Seda
  • Catedral de Valencia
  • Plaza del Ayuntamiento
  • Centro Arqueológico L’amoina
  • Plaza de Toros
  • Estación Nord
  • Praia

Comer/Beber

  • Paella Valenciana
  • Sangria
  • Orxata de Chufa
  • Churros
Em Valência experimente Paella, Orxata e Churros!

Em Valência experimente paella, orxata e churros!

E para acabar o post, um pouco de amor em Valência! <3

E para acabar o post, um pouco de amor em Valência! <3


Salve a imagem abaixo no Pinterest e aproveite para ver nossos Painéis de Viagem!

valencia_pinterest

IMPORTANTE! Não esqueça de adquirir o seu Seguro Viagem. Ele é obrigatório para entrar na Europa, mas mesmo nos países sem obrigatoriedade é muito importante ter o seguro. Nos Estados Unidos, por exemplo, uma consulta médica ou internação pode custar uma verdadeira fortuna e com o seguro, você terá todo o tratamento coberto. Leia sobre quando ficamos doentes no Egito e na Espanha, ou sobre outra vez em que pegamos uma intoxicação alimentar fortíssima na Bolívia. O Seguro Viagem nos salvou!
Faça aqui uma cotação sem compromisso e ganhe 5% de desconto com o cupom ESTRANGEIRA5

Planeje sua viagem! Faça suas reservas com nossos parceiros pelos links:
Compre o Seguro Viagem com a Seguros Promo
Reserve seu hotel ou hostel com o Booking.com
Compre ingressos antecipados de atrações no mundo inteiro e evite as filas com a GetYourGuide
Pesquise os melhores preços para alugar carro em mais de 140 países com a RentCars