Uma senha sera enviada para seu e-mail

Passeio ao Vale Sagrado – conhecendo as cidades incas de Ollantaytambo e Písac

Os passeios às cidades do Vale Sagrado inca devem definitivamente ser incluídos no roteiro de quem vai visitar CuscoMachu Picchu. O Vale Sagrado dos incas é composto por Sacsayhuaman, Kenko, Tambomachay, Písac, Machay, Maras (distrito), Ollantaytambo, Chinchero e Urubamba. As mais visitadas são Ollantaytambo e Písac e agora Maras e Moray também estão ficando populares.

É possível visitar de carro ou pegar um dos tours que costumam sair de Cusco. Você pode escolher visitar só Ollanta (como é popularmente chamada) e Písac ou já fechar um tour conjugado com a visita à Moray e Salinas de Maras, como nós fizemos. Como os lugares são próximos dá para visitar tudo num dia.

Na minha primeira visita à Cusco fiz o passeio e fiquei em Ollantaytambo, pois dormi lá para pegar o trem para Águas Calientes na manhã seguinte. Muita gente faz isso, mas é importante se certificar que o passeio termina em Ollanta.

ATENÇÃO! Recomendamos sempre viajar para fora do Brasil com Seguro Viagem.
Faça aqui uma cotação sem compromisso e ganhe 5% de desconto com o cupom ESTRANGEIRA5

Vale-Sagrado-Peru

Pagamos 45 soles pelo tour completo, mais 10 soles pelo almoço. E também precisamos comprar o boleto turístico para visitar os sítios arqueológicos.

Conhecer as belas ruínas de Ollantaytambo e de Písac é uma experiência inesquecível, mas se prepare para subir muitos degraus! E numa altitude de 2700 metros! Você vai ver como estamos ofegantes no vídeo aqui abaixo rs

Mandaram a gente chegar às 7h na agência, mas nunca aparecia nossa van e no fim só saímos perto das 8h. Começamos visitando Moray e Salinas de Maras, como você pode ler nesse post aqui.

Ollantaytambo

Ollantaytambo é a única cidade inca ainda habitada. É um exemplo vivo de como era a vida dos incas. É dela que saem muitas partidas para o caminho inca também. Se você for dormir na cidade, temos um post sobre hotéis e hostels em Ollantaytambo.  Gabi dormiu em Ollanta também para pegar o trem cedinho para Águas Calientes.

Vale-Sagrado-ollantaytambo

Muito legal poder explorar as ruínas de uma vila inca, com suas ruelas de pedras, casinhas, os muros, terraças agrícolas, área militar, a subida para o Templo do Sol e os monolitos lá em cima. Prepare o coração porque a altitude deixa essa missão um pouco mais difícil. Mas vale a pena subir porque a vista é bela! Na montanha que se vê do lado oposto, é onde os incas guardavam a comida, por ser um lugar fresco que ajudava na preservação.

Vale-Sagrado-Peru-Ollantaytambo-montanha

À direita o local onde os incas guardaram os alimentos. E à esquerda a formação na rocha que lembra um rosto.

Vale-Sagrado-Peru-Ollantaytambo-cidade

Lá embaixo, há uma praça grande com uma feirinha onde é possível comprar artesanato e souvenirs, além de restaurantes e banheiro. Se dormir na cidade, saia para comer cedo, pois os lugares não ficam abertos até muito tarde.

Ruínas lá no topo das escadas de pedra

Ruínas lá no topo das escadas de pedra

Vale-Sagrado-Peru-Ollantaytambo

Almoço em Urubamba

No tour que fechamos, havia a opção de incluir almoço por mais 10 soles num restaurante buffet livre. Escolhemos assim para facilitar a nossa vida. Depois de sair do Vale Sagrado a van parou na cidade de Urubamba em um restaurante enorme onde várias excursões param para comer. Pelos 10 soles que pagamos podíamos comer à vontade, mais uma bebida e sobremesa. A comida era simples, mas tinha variedade para todos os gostos.

Na mesma rua tem vários restaurantes para quem preferir comer outra coisa.

 

Písac

Depois de comer fomos rumo a nossa última parada: Písac. Confesso que a essa altura já estava bem cansada. Não foi fácil acordar antes das 6 da manhã e ainda subir e descer ruínas na altitude. Mas tudo bem, fomos devagar e conseguimos!

Pisac também é um antigo povoado inca. La é o único lugar onde se pode ver um tradicional cemitério inca, encravado nas montanhas. Haviam mais de 2000 múmias enterradas ali, mas as tumbas foram saqueadas ao longo das décadas porque os mortos eram enterrados com joias e objetos, mas é possível ver as covas na montanha, de longe. E se quiser ver as múmias, elas estão no Museu Inca de Cusco.

Vale-Sagrado-Peru-Pisaco-cemiterio

Cemitério inca

Em Písac há uma parte inca e outra colonial. A área está dividida em quatro partes: Pisaqa, Intihuatana, Callacasa (Q’allaqasa) eKinchiracay. Essa parada fica a apenas 35 quilômetros de Cusco.

Vale-Sagrado-Peru-Pisac

 

Vale-Sagrado-Peru-Pisac

Na volta demos uma passada na cidade de Písac, que fica mais abaixo, e visitamos uma joalheria tradicional, onde os ourives trabalham as peças com pedras e prata extraída na própria região. Tudo muito lindo. Aprendemos um pouco sobre o processo de confecção das peças, como lapidar as pedras e sobre os vários tipos de pedras e minérios encontrados na região. E vimos o ourives trabalhando.

Ficamos muito curiosas porque em quase todas as casas víamos dois pequenos touros no telhado. E perguntamos para o guia do que se tratavam. Ele explicou que simbolizam proteção. Na época pré colombiana as estátuas eram de lhamas, o animal típico do Peru. Depois, com a colonização, os espanhóis mudaram para o touro, símbolo da cultura espanhola. Prefiro as lhamas!

 

Vale-Sagrado-Peru-pisac-ruinas

 


Outros posts dessa viagem:

Roteiro e gastos no Peru

Viajar para Machu Picchu sozinha: uma experiência transformadora

Onde se hospedar em Aguas Calientes

Como ir de Cusco a Ollantaytambo de Van

Onde se hospedar no Vale Sagrado – Ollantaytambo

Ica: Tour de Pisco, passeio de Buggy e Sandboard em Huacachina

Cusco LGBT – O Peru é gay-friendly?

Hospedagem em Cusco: Kukuli Lodge Bed and Breakfest


Salve a imagem abaixo no Pinterest e aproveite para ver nossos Painéis de Viagem!

Vale-Sagrado-ollantaytambo-PinIt

IMPORTANTE! Não esqueça de adquirir o seu Seguro Viagem. Ele é obrigatório para entrar na Europa, mas mesmo nos países sem obrigatoriedade é muito importante ter o seguro. Nos Estados Unidos, por exemplo, uma consulta médica ou internação pode custar uma verdadeira fortuna e com o seguro, você terá todo o tratamento coberto. Leia sobre quando ficamos doentes no Egito e na Espanha, ou sobre outra vez em que pegamos uma intoxicação alimentar fortíssima na Bolívia. O Seguro Viagem nos salvou!
Faça aqui uma cotação sem compromisso e ganhe 5% de desconto com o cupom ESTRANGEIRA5

Planeje sua viagem! Faça suas reservas com nossos parceiros pelos links:
Compre o Seguro Viagem com a Seguros Promo
Reserve seu hotel ou hostel com o Booking.com
Compre ingressos antecipados de atrações no mundo inteiro e evite as filas com a GetYourGuide
Pesquise os melhores preços para alugar carro em mais de 140 países com a RentCars

Curta nossa página no Facebook!