Uma senha sera enviada para seu e-mail

Turistas LGBTs – BERLIM

Esse é mais um post da série Turistas LGBTs! Nessa série contamos a nossa experiência como um casal de lésbicas visitando diversas cidades ou países. E o episódio de hoje é sobre Berlim!

Fomos a Berlim em agosto de 2015 e ficamos 5 dias por lá. Nos hospedamos com nosso amigo Rodrigo, que além de ser um ótimo anfitrião é gay! Por isso ele nos mostrou diversos pontos turísticos interessantes para a população LGBT e nos levou em muitos bares e boates só pras bis se jogarem!

Se você quer entrar no clima, pode começar pelo assistindo vídeo! 😀

ATENÇÃO! O Seguro Viagem é obrigatório para entrar na Alemanha.
Faça aqui uma cotação sem compromisso e ganhe 5% de desconto com o cupom ESTRANGEIRA5


É tranquilo ser LGBT na Alemanha?

Já nos perguntaram isso e nós só podemos falar por Berlim, a capital da Alemanha. Lá em Berlim é muito tranquilo ser LGBT, pode ir sem medo! Casais homossexuais, pessoas trans e queers pela rua andam livremente e não costumam sofrer preconceito verbal. Agressão física então é algo tão raro, quando acontece até eles ficam chocados! Isso acontece porque lá em Berlim existe uma política cultural e educativa de inclusão e respeito à diversidade.

Não podemos falar sobre as outras cidades alemãs porque não conhecemos. Nosso amigo Rodrigo que mora em Berlim há 6 anos disse que nas cidades menores, do interior, as coisas não são tão tranquilas para LGBTs. 🙁 A Cris do blog Viaje com a Cris fez um vídeo especial para o Viaja, Bi!  falando da realidade LGBT na cidade dela, Colônia. Veja aqui: Colônia (Koln) – A cena Gay.

Estrangeiras passeando e se amando no cartão-postal de Berlim!

Estrangeiras passeando e se amando no cartão-postal de Berlim!

Apesar de ser um país altamente tolerante aos LGBTs, alguns direitos ainda não foram plenamente conquistados. Não existe casamento homoafetivo (o processo lá se equipara à União Estável) e casais homossexuais não podem adotar.


Ah, se você vai para Berlim pode aproveitar para reservar seu hotel ou hostel na nossa caixinha especial do Booking.com ! Você não paga nada a mais por isso e nos ajuda a continuar na ativa. 🙂 


Booking.com


Pontos Turísticos de Berlim obrigatórios para um viajante LGBT

Museu da Homossexualidade

O Museu da Homossexualidade recebe mostras temporárias que abrangem temáticas específicas dentro das questões LGBTs. Apesar de ter esse nome, o museu não fala apenas de homossexualidade, mas também de bissexualidade, identidade de gênero, questões queers, etc.

Endereço: Lützowstraße 73, 10785 Berlin, Alemanha

Museu da Homossexualidade - Berlim

Museu da Homossexualidade – Berlim

Memorial aos homossexuais vítimas do holocausto

Muitos LGBTs foram torturados e assassinados nos campos de concentração nazistas durante o holocausto. Por isso existe um memorial para lembrar dessas pessoas e fazer com que o mundo não repita tal atrocidade. Esse memorial fica dentro do Tiergarten, o maior parque de Berlim. Ele está em frente ao famoso Memorial do Holocausto, é uma área super turística e de fácil acesso.

O memorial é um grande cubo de concreto cinza, nada mais. Nele há uma janelinha e você olha por ela. Lá dentro estará passando um vídeo com temática LGBT. Esse vídeo é trocado de tempos em tempos, pois diversos artistas são convidados a produzir algo e colocar ali no memorial. Quando fomos o vídeo da vez mostrava casais gays se beijando lentamente, de maneira apaixonada.

Endereço: Ebertstraße, 10557 Berlin, Alemanha

Esse cubo preto é o memorial aos homossexuais vítimas do holocausto.

Esse cubo preto é o memorial aos homossexuais vítimas do holocausto.


Bares e Boates LGBTs de Berlim

Berghain

Essa é uma balada super famosa e conhecida como “a melhor balada do mundo”! Sim, a Berghain carrega esse título e atrai gente do mundo inteiro. A festa acontece dentro de uma usina de energia desativada e são vários andares de muita música eletrônica. Como festa pouco é bobagem, a Berghain começa na sexta-feira à noite e vai até segunda-feira ao meio-dia! Quando você entra na balada recebe um carimbo na mão e com ele pode sair e entrar quantas vezes quiser nesses 3 dias.

Prepare-se para uma fila gigantesca! A balada é famosa e se você quiser ir logo na sexta-feira vai ficar umas boas horas na fila. E temos uma notícia meio chata: a Berghain tem uma “polícia de porta”, ou seja, eles escolhem quem entra e quem não entra. Esse critério não tem nada a ver com aparência, roupa ou estilo, é completamente aleatório. Você pode passar horas na fila e na hora de entrar ser barrado… 🙁 Não adianta discutir se levar não, eles não deixam entrar e ponto final.

Foto: examplemagazine.com - É dentro dessa antiga usina que acontece a Berghain!

Foto: examplemagazine.com – É dentro dessa antiga usina que acontece a Berghain!

Apesar de não ser taxada como balada LGBT a Berghain é super gayfriendly e boa parte das pessoas que estão lá dentro são LGBTs. Você vai ver muitos casais homossexuais, travestis e transexuais, drag queens, perfis queers e gender-fluid… É bem legal por esse lado! Mas reforçando: é uma balada eletrônica! Se você curte um “putz putz putz” vai adorar, se não curte… Vai se sentir meio deslocado (foi o que aconteceu comigo, rs).

Não temos nenhuma foto da parte de dentro da balada porque é estritamente proibido. Quando você entra eles colam adesivos nas câmeras do seu celular e se for pego tirando foto é expulso!

Endereço: Am Wriezener Bahnhof, 10243 Berlin, Alemanha
Valor da entrada: 18€ sem consumação

Mobel-Olfe

Esse é um famoso bar gay de Berlim. Fomos lá para fazer o esquenta para a Berghain. Tem um ambiente só, mas é relativamente espaçoso. Você não paga nada para entrar. O Mobel-Olfe é um bar gay mesmo, para gays homens. Nós estávamos lá como um casal de lésbicas e foi tranquilo, mas não tinha quase nenhuma menina por lá…

Endereço: Reichenberger Str. 177, 10999 Berlin, Alemanha

Silver Future

Agora sim me senti em casa! O Silver Future é um bar lésbico super divertido. Você também não paga para entrar e pode tomar diversos drinks gostosos e com preço justo. O melhor dos drinks são os nomes: eu mesmo tomei um que se chama “Pussy Love”, hahahah! O Silver Future é um bar menor, aconchegante. Nas paredes você verá diversos pôsteres com temática lésbica e feminista. Amei!

Endereço: Weserstraße 206, 12047 Berlin, Alemanha

Silver Future - um bar lésbico muito legal em Berlim!

Silver Future – um bar lésbico muito legal em Berlim!

Roses

Não deu tempo de visitar o Roses, mas como é um bar gay importante em Berlim decidimos colocar na lista. O maior atrativo dele é a decoração: todas as paredes são forradas de pelúcia cor-de-rosa!

Endereço: Oranienstraße 187, 10999 Berlin, Alemanha

Esses são apenas alguns dos locais LGBTs que existem em Berlim. Tem muita opção por lá e se você conhece ou visitou algo que não está no post escreva para nós no campo dos comentários! 🙂



Leia os outros posts da série “Turistas LGBTs”

Turistas LGBTs – EGITO

Turistas LGBTs – ESPANHA

Turistas LGBTs – BELÉM DO PARÁ


Salve a imagem abaixo no Pinterest e aproveite para ver nossos Painéis de Viagem!

berlim-gay-lgbt-estrangeira-pinterest

IMPORTANTE! Não esqueça de adquirir o seu Seguro Viagem. Ele é obrigatório para entrar na Europa, mas mesmo nos países sem obrigatoriedade é muito importante ter o seguro. Nos Estados Unidos, por exemplo, uma consulta médica ou internação pode custar uma verdadeira fortuna e com o seguro, você terá todo o tratamento coberto. Leia sobre quando ficamos doentes no Egito e na Espanha, ou sobre outra vez em que pegamos uma intoxicação alimentar fortíssima na Bolívia. O Seguro Viagem nos salvou!
Faça aqui uma cotação sem compromisso e ganhe 5% de desconto com o cupom ESTRANGEIRA5

Planeje sua viagem! Faça suas reservas com nossos parceiros pelos links:
Compre o Seguro Viagem com a Seguros Promo
Reserve seu hotel ou hostel com o Booking.com
Compre ingressos antecipados de atrações no mundo inteiro e evite as filas com a GetYourGuide
Pesquise os melhores preços para alugar carro em mais de 140 países com a RentCars

Curta nossa página no Facebook!