Uma senha sera enviada para seu e-mail

SITGES – bate-volta fácil de Barcelona

Sitges é uma cidade litorânea que fica a 40 minutos de trem de Barcelona. Além de ser uma praia linda da costa da Catalunha, tem um centro histórico muito fofo, a casa Bacardi e é o point gay da região.

Nós fomos para Sitges em um domingo de maio e o tempo já estava muito bom. Deu pra entrar no mar e tudo. Pegamos o trem em direção à Sant Vicent na estação Sants Estació.

Você tem que comprar um passe zona 3 ou um bilhete específico de ida e volta pra Sitges ou ainda um T-10 zona 3. Esses bilhetes você compra diretamente nas máquinas das estações de metrô ou trem de Barcelona.

ATENÇÃO! O Seguro Viagem é obrigatório para entrar na Espanha.
Faça aqui uma cotação sem compromisso e ganhe 5% de desconto com o cupom ESTRANGEIRA5

O trem levou uns 40 minutos e descemos na estação Sitges. Logo na saída da estação você já vai ver o quiosque de informação turística da cidade e pode pegar um mapa pra te ajudar a se localizar.

Nós descemos pelas ruelas do centro, que são estreitas e charmosas. Sitges tem um ar meio medieval. Chegamos na praia de Sant Sebastià, essa da foto abaixo. Linda!

Praia de Sant Sebastià, em Sitges

Praia de Sant Sebastià, em Sitges

Fomos andando em direção à igreja e por ali passamos pelo belo prédio Palau Marycel que abriga um museu. Esse prédio é todo azulejado por dentro, muito bonito. Não entramos museu, mas fizemos fotos lindas na parte externa da casa. Essa trecho da rua é muito charmoso!

Os azulejos do Palau Marycell

Os azulejos do Palau Marycel

Seguindo a rua fica a Igreja de Sant Bartolomeu I Santa Tecla, que está estrategicamente localizada no alto de uma colina. Dali dá para ver as praias todas a sua frente.

Igreja

Igreja de Sant Bartolomeu I Santa Tecla, em Sitges

Contornando a Igreja você chega à Praça do Ajuntamento.  Nela fica a  Casa Bacardí. Fizemos uma visita muito legal e aprendemos a fazer o mojito e a cuba libre originais! Veja nesse link o post especial sobre a casa Bacardi e o vídeo onde ensinamos a fazer um mojito.

Barris e destilador na Casa Bacardí

Barris e destilador na Casa Bacardí

Depois de tomar esses bons drinks, fomos procurar um lugar pra almoçar. Escolhemos o La Granja de Sitges (Carrer Mayor, 35), que fica bem no centro e não nos arrependemos. Comemos uma Caesar Salad deliciosa e bolo de cenoura de sobremesa.

E nada melhor depois de comer do que ir descansar na praia. Escolhemos a segunda praia à direita da igreja, a Platja de la Ribera e estendemos nossa canga. Em Sitges existem praias específicas de nudismo, mas mesmo as que não são de nudismo (como essa em que estávamos) permitem que as mulheres tomem sol sem a parte de cima do biquíni.

Metade das mulheres ali estava fazendo topless e o clima era ótimo. Não tinha ninguém olhando de um jeito abusivo e nem nada, todo mundo na boa. É claro que eu fui lá e me aventurei no meu primeiro topless – e adorei! A água do mar estava razoável e dava pra entrar. Depois de umas duas horas ali fomos andar para o outro lado da cidade.

Passamos pelo Vivero Beach Club Restaurant que estava bombando. Não sabemos sobre preços, mas podemos dizer que o clima lá era ótimo. Música tocando, todo mundo se divertindo e entre as mesas tinha umas camas e sofás gigantes que davam para o mar. Da próxima vez que voltarmos para Sitges a gente vai comer nesse restaurante com certeza.

O clima aqui estava ótimo!

O clima aqui estava ótimo!

Em frente fica a simples e bela Ermita de Sant Sebastià, uma igreja toda branca.

Sitges 4

Seguimos pelo passeio de Balmins até chegar à praia de Balmins, que é uma praia de nudismo gay que fica lá embaixo atrás da pedra. Vimos de longe, é uma praia bem reservada.

Para jantar e curtir à noite, os bares e clubs estão na Carrer Primer de Maig, Carrer de Joan Tarrida e ruas ao redor. Aqui você vi achar uma enorme variedade de restaurantes com todo tipo de comida! A Carrer de Parrelades também reúne restaurantes, cafés e muitas lojinhas charmosas. Muitas delas funcionam das 10h às 22h no verão.

Muitas pessoas já nos disseram que o carnaval de Sitges é um dos melhores da região. Mesmo sendo no inverno daqui, parece que lá o pessoal se diverte à beça. Como dissemos, Sitges é um point gay, então o carnaval aqui tem bastante LGBT, mas todo mundo cai na folia de Sitges.

A rua que passa pelo Palau Marycel e leva à Igreja é a mais charmosa da cidade

A rua que passa pelo Palau Marycel e leva à Igreja é a mais charmosa da cidade


– Quer fazer um tour personalizado em Barcelona e/ou Sitges, guiado por nós? Isso é possível! Venha explorar a cidade conosco e se encantar nas nossas rotas especiais, montadas com o carinho de quem mora aqui. Para saber mais, consultar preços e fazer sua reserva escreva um e-mail para contato@estrangeira.com.br



Salve a imagem abaixo no Pinterest e aproveite para ver nossos 
Painéis de Viagem!

O-que-fazer-em-Sitges-Barcelona

IMPORTANTE! Não esqueça de adquirir o seu Seguro Viagem. Ele é obrigatório para entrar na Europa, mas mesmo nos países sem obrigatoriedade é muito importante ter o seguro. Nos Estados Unidos, por exemplo, uma consulta médica ou internação pode custar uma verdadeira fortuna e com o seguro, você terá todo o tratamento coberto. Leia sobre quando ficamos doentes no Egito e na Espanha, ou sobre outra vez em que pegamos uma intoxicação alimentar fortíssima na Bolívia. O Seguro Viagem nos salvou!
Faça aqui uma cotação sem compromisso e ganhe 5% de desconto com o cupom ESTRANGEIRA5

Planeje sua viagem! Faça suas reservas com nossos parceiros pelos links:
Compre o Seguro Viagem com a Seguros Promo
Reserve seu hotel ou hostel com o Booking.com
Compre ingressos antecipados de atrações no mundo inteiro e evite as filas com a GetYourGuide
Pesquise os melhores preços para alugar carro em mais de 140 países com a RentCars