13 praias em Florianópolis incríveis

Quem vai para Floripa costuma ter um objetivo principal: curtir muito as praias em Florianópolis! A capital de Santa Catarina é uma ilha cheia de praias legais, para diferentes estilos de viajantes e por isso agrada a todos os gostos.

Selecionamos 13 praias em Florianópolis muito legais, para você planejar a sua viagem e aproveitar ao máximo. A ilha de Floripa é bem grande, então você ter que ter em mente que se quiser visitar mais de uma praia no mesmo dia, deve privilegiar as que estão próximas entre si.

O sul da ilha é mais selvagem, menos urbano e concentra praias mais preservadas e com menos estrutura turística. Por outro lado, no norte da ilha você encontrará praias bem urbanas, com grande estrutura turística e maior número de banhistas. Na nossa lista selecionamos praias nas duas partes da ilha, pois achamos que vale a pena conhecer os dois lados de Floripa.

Tenha em mente, sempre, que as praias do lado oeste da ilha (ou seja, viradas para o continente) costumam ter águas mais quentes e calmas. Já nas praias do lado leste, viradas para o oceano atlântico, prepare-se para encarar um mar geladíssimo com ondas mais bravas. As praias do norte são o meio termo. As que estão mais próximas ao oceano tem águas mais frias, e quanto mais próximo ao continente a água vai esquentando.

Leia também: Onde se hospedar em Florianópolis – dicas de hotéis, hostels e pousadas

Dica importante: as distâncias dentro da ilha de Florianópolis são bem grandes, então o melhor é explorar dirigindo. Se você não tem um carro ou está vindo de longe, recomendamos que alugue usando o site RentCars, um buscador que compara preços das locadoras de carro e te diz a mais barata.

Já usamos muitas vezes e recomendamos. Clique aqui para comparar preços e fazer sua reserva coma RentCars. Nós somos fãs de viajar usando só transporte público e fazemos isso sempre que dá, mas em Floripa realmente não rola. Sem mais delongas, vamos à lista das 10 praias em Florianópolis incríveis!

1. Praia e Ilha do Campeche

Localizada no sul de Florianópolis e voltada para o oceano atlântico, e uma das mais famosas da ilha. É uma praia com boa estrutura de quiosques e restaurantes, porém, seu problema é a temperatura da água: muito gelada! De frente para a praia está a Ilha do Campeche, onde é possível encontrar a água mais cristalina de Floripa.

Para chegar lá, você precisa pegar um dos barcos, que saem da própria praia do Campeche, da Praia da Armação ou da Barra da Lagoa.

praia-do-campeche-florianopolis

Há um número limitado de visitantes por dia na Ilha do Campeche, por isso é bom ir até os barcos logo cedo pela manhã. Normalmente os barcos voltam no fim do dia, ou alguns negociam para voltar antes. Lá na ilha não há estrutura de quiosques, então leve tudo o que vai precisar (e traga o lixo de volta para descartar corretamente!).

Infelizmente os valores dos barcos costumam ser altos e variam dependendo da época do ano, dia da semana, quantidade de turistas e desejo dos barqueiros. :( Em janeiro de 2022, alta temporada, eles estavam pedindo R$200 por pessoa! Nós optamos por não ir porque achamos caro e como a água estava fria demais e não iríamos nem conseguir desfrutar do mar límpido, consideramos não valer a pena.

2. Praia Mole

A Praia Mole está localizada no centro-sul da Ilha, voltada para o Oceano. É uma praia de tombo e de mar mais agitado e gelado, mas é muito linda. Em termos de natureza, acho que é a mais bonita que visitamos em toda a ilha.

Por causa do mar cheio de ondas, é uma praia frequentada por surfistas. Há diversos quiosques e bares legais com música e DJ, tanto durante o dia quanto à noite.praia-mole-florianopolisSe você está de costas para o mar, o canto esquerdo da Praia Mole é o mais agitado com mais bares, entre eles o Tropical Bar, um lugar refinado com drinks legais. No outro extremo, canto direito da Praia Mole, ao lado das pedras, fica o Bar do Deca, famoso quiosque LGBTQ de Floripa.

Durante o dia você pode comer, petiscar e beber por lá. Todo domingo a partir das 16h tem balada LGBT na enorme pista de dança do Bar do Deca!

3. Praia da Galheta

A praia da Galheta fica ao lado da praia Mole e também é bem selvagem, bonita e quase deserta. Pode ser acessada por uma trilha pela areia de uns 15-20 minutos de caminhada, a partir da praia Mole. A Galheta é uma praia naturista. Mas tirar a roupa não é obrigatório, e sim opcional. O que pode ser ruim, pois muita gente vai para ver os naturistas , apesar de não serem adeptos à pratica.

É frequentada por muitos LGBT’s. Na praia tem bares para comprar bebidas e bebidas ou alugar cadeira e guarda-sol.

praia-da-galheta-florianopolis

4. Praia da Joaquina

A Praia da Joaquina, também no sul de Floripa, tem um clima parecido com a Praia Mole e é a queridinha dos surfistas, que visitam a praia o ano todo. Até algumas competições internacionais de surfe rolam por lá!

Há uma boa estrutura de restaurantes, quiosques e lojinhas na Praia da Joaquina. Precisa pagar estacionamento que variam de R$10 os mais longes ao acesso da praia, até R$30 os que ficam próximos.

Tem  barraquinhas de artesanato, lanchonetes e bares no acesso à praia, além de um banheiro público que cobra absurdos R$5 para um xixi.

praia-da-joaquina-florianopolis

O grande diferencial são as famosas dunas da Joaquina, que cercam a praia. Essas dunas altas devem ser visitadas, porque lá de cima você tem um visual legal da região. Há opção de praticar sandboard, se for a sua praia.

Uma boa dica é assistir ao por do sol nas dunas da Joaquina :)

dunas-da-joaquina-florianopolis

5. Praia dos Ingleses

Vamos falar da praia em Florianópolis que, talvez, seja a mais movimentada: Praia dos Ingleses. Ela está localizada no norte da ilha, voltada para o oceano atlântico. Estrutura não falta por lá: há muitos quiosques, restaurantes, bares, hotéis e até um mini shopping center.

Se você gosta de agito, é a praia ideal para você. Mas nós curtimos a praia um pouco mais vazia e por isso Ingleses não está no topo da nossa lista pessoal.

praia-dos-ingleses-florianopolis

6. Praia Brava

Essa praia foi uma ótima surpresa na viagem para Floripa. Localizada no extremo norte da ilha, a Praia Brava é uma pérola. Está em uma região nobre da ilha, porém mais afastada da muvuca, por isso ela é bem gostosa.

Não há estrutura de restaurantes grandes na praia, mas quando fomos em alta temporada havia muitos vendedores ambulantes vendendo delícias na praia, como açaí, sorvete, bebidas, milho cozido e o famoso choripan (sanduíche argentino de linguiça).

A água do mar é fria, mas não tão gelada quanto a das praias viradas para o leste e, por isso, é bem mais agradável.

praia-brava-florianópolis

7. Praia da Lagoinha de Ponta das Canas

Praia da Lagoinha, uma das nossas favoritas no norte! Boa opção para famílias com crianças. Ela também está localizada no norte da ilha, tem um mar com ondas mais tranquilas e temperatura amena.

A praia da Lagoinha em si não tem uma super estrutura. Vimos ambulantes vendendo algumas coisas, mas não tantos quanto na Praia Brava. Há alguns quiosques oficiais que vendem petiscos e bebidas, mas em um dia de praia cheia o serviço fica lento. E antes de entrar pelo acesso da praia, na estrada, há um mercadinho que pode abastecer suas necessidades básicas.

praia-da-lagionha-florianopolis

Leia também: O que fazer em Curitiba em 1 dia

8. Canasvieiras

Canasvieiras é uma das praias em Florianópolis mais urbanas. Também localizada no norte da ilha, ela é uma das praias preferidas dos turistas brasileiros e estrangeiros. Você vai ouvir muita gente falando espanhol por lá, pois é uma das praias queridinhas do argentinos, uruguaios e paraguaios.

Há bastante estrutura de restaurantes, lojas, bares, quiosques e hotéis nas proximidades da orla de Canasvieiras. Ela é uma praia bem longa, boa para quem curte caminhar na beira do mar. Costuma ser sempre agitada – e nos fins de semana de alta temporada pode estar lotada.

Nós ficamos hospedadas em Canasvieiras, porque tem bastante opções acessíveis por ali. Escolhemos o Residencial Vila Sassari, apartamentos completos, bom para famílias ou casais. Ficamos hospedadas lá e recomendamos, ótimo custo-benefício. Nota: 8,2  no Booking.

praia-canasvieiras-florianopolis

9. Canajurê

Essa praia pequenininha e bem reservada é uma pérola, dica de ouro do nosso anfitrião do Residencial Vila Sassari, onde ficamos hospedadas. Canajurê tem esse nome porque fica escondida entre as praias de Canasvieiras e Jurerê. Mas não se preocupe, colocando “Canajurê” no GPS você vai chegar lá!

Há um condomínio chamado Canajurê e, ao lado dele, você verá o acesso à praia. Entrando por esse acesso você vai cair no extremo da Praia de Jurerê. Olhando para sua direita você verá uma pequena trilha entre as pedras. Em uma caminhada de 1 minutinho você dará de cara com uma primeira mini praia entre as pedras e mais uma trilha em frente.

canajure-floripa

Nós escolhemos ficar nesse pequeno trecho, porque as pedras fazem uma sombra providencial no verão.

Ao pegar essa segunda mini trilha de mais um minutinho de caminhada, chegará na Praia Canajurê. Ela costuma estar tranquila, pois normalmente só os hóspedes desse condomínio a frequentam. Mas ela é uma praia pública, pode chegar e aproveitar!

Lá não há estrutura de quiosques, então pense em levar o que você precisará consumir. É uma boa para quem quer tranquilidade e curtir um visual natural bem legal.

praia-canajure-florianopolis

Leia também: O que fazer em Porto Alegre – roteiro e dicas

10. Jurerê

Outra praia em Florianópolis bem famosa é Jurerê. Suas águas costumam ser bem tranquilas e calmas, então por isso e pela boa estrutura é uma escolha inteligente para quem viaja com crianças.

Na verdade, a praia de Jurerê é dividida em dois bairros: Jurerê Tradicional e Jurerê Internacional. O bairro tradicional é mais antigo, familiar e simples, onde moram antigos moradores de Floripa. Já o bairro internacional parece mesmo coisa de outro país: cheio de mansões de luxo, iates e carrões… é a Miami catarinense, rs. 

paraia-jurere-internacional-florianopolis

11. Praia do Forte

A Praia do Forte está no norte da ilha, porém virada para o continente. Por isso, lá a água do mar não só é bem calminha como também morna! Viva! Foi nosso lugar favorito para entrar no mar.

A Praia do Forte conta com alguns restaurantes a beira mar.  Indicamos que você vá almoçar no Restaurante Por-do-Sol e peça o camarão no abacaxi. O prato é delicioso, e custa R$180 para duas pessoas (comemos em 3 pessoas e não faltou).

praia-do-forte-florianopolis

A Praia do Forte é famosa pela Fortaleza de São José da Ponta Grossa, o forte que antigamente defendia a ilha no alto do morro da Ponta Grossa, e que teve sua construção iniciada em 1740. Infelizmente não pudemos visitar pois estava fechada por conta do Covid.

Para acessar a praia você tem que passar por ladeiras íngremes e o estacionamento é de areia fofa. Nosso carro era 4×4 e não tivemos problemas, mas vimos vários carros atolando. Na parte perto do estacionamento fica mais gente. Mas se você caminhar para sua direita, chegará a uma parte mais vazia e tranquila.

praia-do-forte-florianopolis

12 e 13. Praia do Matadeiro e Praia da Armação

Para fechar as dicas das 12 praias em Florianópolis, queremos falar da Praia do Matadeiro, que fica colada na Praia da Armação. Entre as duas há uma ponte de madeira que dá acesso a um mirante na Ponta das Campanhas, de onde é possível ver as duas praias do alto. Muito bonito o visual.

A praia do Matadeiro tem águas claras, mas o mar é forte e puxa bastante. Muita gente fica no pedaço onde desemboca o rio Quinca Antônio, como você pode ver na foto abaixo.

praia-do-matadeiro

À direita fica a praia de Armação, e à esquerda a praia do Matadeiro

Na praia de armação há um longo deck de onde as pessoas pulam no mar e, no final, várias pedras que formam piscinas naturais.  Na entrada da praia tem uma pracinha com lojas, restaurantes, sorveteria e outros comércios.

Da praia do Matadeiro sai a trilha de 4,3 km para a Praia da Lagoinha do Leste, que é super preservada e selvagem.

praia-da-armacao-floripa

 

Onde ficar em Florianópolis

Antes de ir embora, confira as nossas dicas de hospedagem em Florianópolis! Já deu para perceber que vale a pena ficar hospedado alguns dias no sul e alguns dias no norte da ilha, né? Então veja as nossas indicações em cada uma das regiões:

Hospedagens no Norte de Florianópolis

  • Residencial Vila Sassari – apartamentos completos em Canasvieiras, bom para famílias ou casais. Ficamos hospedadas lá e recomendamos, ótimo custo-benefício. Nota no Booking.com: 8,2 / Faixa de preço: $$
  • Slaviero Essential Ingleses Conventions – hotel luxuoso incrível na praia dos Ingleses. Nota no Booking.com: 8,7 / Faixa de preço: $$$$$
  • Costa Norte Ponta das Canas Hotel – hotel 4 estrelas com ótima estrutura na beira mar da Praia da Ponta das Canas. Nota no Booking.com: 8,8 / Faixa de Preço: $$$
  • Pousada Rio Jordão – pousada aconchegante com piscina no bairro dos Ingleses (não é beira mar). Nota no Booking.com: 8,3 / Faixa de preço: $$
  • Gentil Hotel – hotel 3 estrelas na praia dos Ingleses, bom e barato. Nota no Booking.com: 8,2 / Faixa de preço: $$
  • Pousada dos Artistas – pousada bem simples, porém aconchegante na Praia da Daniela. Ótimos preços e tem piscina! Nota no Booking.com: 9,2 / Faixa de preço: $

Hospedagens no Sul de Florianópolis

  • Pousada Pénareia Floripa – Pousada bem legal a beira mar da Praia da Armação. Nota no Booking.com: 8,6 / Faixa de Preço: $$$
  • Pousada Vila Tamarindo Ecolodge – Pousada com pegada ecológica muito linda no Campeche. Nota no Booking.com: 8,7 / Faixa de Preço: $$$
  • Hotel São Sebastião da Praia – hotel 3 estrelas com ótimas instalações no Campeche, costuma ter preços ótimos se você reservar com antecedência. Nota no Booking.com: 8,5 / Faixa de preço: $$
  • Morro das Pedras Surf Camp – camping a beira mar na Praia do Morro das Pedras. Para quem curte acampar, mais econômico que esse local é impossível. Nota no Booking.com: 8,5 / Faixa de preço: $

MAPA: 10 praias em Florianópolis incríveis

Tem mais dicas ou dúvidas sobre as praias em Florianópolis? Deixe nos comentários! :)

Outros posts que podem te interessar

– Onde se hospedar em Florianópolis – dicas de hotéis, hostels e pousadas

– Florianópolis LGBT: dicas de rolês para gays, lésbicas, bissexuais e transexuais na cidade

– O que fazer em Curitiba em 1 dia

– Morretes: tudo sobre a cidade charmosa próxima de Curitiba

– O que fazer em Porto Alegre – roteiro e dicas

IMPORTANTE! Não esqueça de adquirir o seu Seguro Viagem. Ele é obrigatório para entrar na Europa, mas mesmo nos países sem obrigatoriedade é muito importante ter o seguro. Nos Estados Unidos, por exemplo, uma consulta médica ou internação pode custar uma verdadeira fortuna e com o seguro, você terá todo o tratamento coberto. Leia sobre quando ficamos doentes no Egito e na Espanha, ou sobre outra vez em que pegamos uma intoxicação alimentar fortíssima na Bolívia. O Seguro Viagem nos salvou!
Faça aqui uma cotação sem compromisso e ganhe 5% de desconto com o cupom ESTRANGEIRA5

Planeje sua viagem! Faça suas reservas com nossos parceiros pelos links:
Compre o Seguro Viagem com a Seguros Promo
Reserve seu hotel ou hostel com o Booking.com
Compre ingressos antecipados de atrações no mundo inteiro e evite as filas com a Tiqets
Pesquise os melhores preços para alugar carro em mais de 140 países com a RentCars
Compre chip de celular internacional com a Viaje Conectado
Compre passagens aéreas com muito desconto com a Passagens Promo