Uma senha sera enviada para seu e-mail

Os 15 melhores passeios culturais em São Paulo

O que mais gostamos em São Paulo é, sem dúvida, a oferta de passeios culturais que a cidade oferece. Em Sampa você poderá visitar diversos museus, centros e equipamentos culturais que trazem coleções e programações muito interessantes – e alguns deles são de graça!

Junto com o Expedia Brasil fizemos uma lista com os 15 melhores passeios culturais em São Paulo, para você aproveitar o melhor da arte e cultura na selva de pedra.

Vocês podem ver no mapa no fim do post que existem áreas que reúnem diversos museus e centros culturais, se tornando fácil visitar vários na mesma região.

1. Instituto Itaú Cultural

Resolvemos começar pelo nosso queridinho, o Itaú Cultural. Nós duas já trabalhamos lá e por isso temos muito carinho pelo IC.

O Itaú Cultural fica na Avenida Paulista e traz uma enorme oferta de mostras, exposições, sessões temporárias e o Espaço Olavo Setúbal (2 andares com as coleções Brasiliana Itaú Itaú Numismática). Tem muitos shows e espetáculos de dança e teatro que valem muito a pena. Todas as atrações que rolam no Itaú Cultural são gratuitas!

Endereço: Avenida Paulista, 149
Metrô mais próximo: Linha 2 verde – estação Brigadeiro

Itau-Cultural-Sao-Paulo-museus-2

2. Casa das Rosas

Muito próximo ao Itaú Cultural, também na Avenida Paulista, está a Casa das Rosas – Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura. A mansão em estilo clássico francês é famoso por seu jardim e antigamente reunia a maioria os barões do café.

Desde 2004 a Casa das Rosas oferece uma programação cultural voltada para a literatura (oficinas, debates, palestras, lançamentos de livros, peças de teatro, saraus…). É um ótimo lugar para descansar um pouco, um espaço de calma no meio do caos da Avenida Paulista. O café que fica nos jardins serve petiscos e um cafezinho muito gostoso.

Endereço: Avenida Paulista, 37
Metrô mais próximo: Linha 2 verde – estação Brigadeiro.

casa-das-rosas-sao-paulo

3. Instituto Moreira Salles

Em setembro de 2017 o IMS Paulista inaugurou em novo endereço, também na Avenida Paulista. O edifício do instituto tem 7 andares e no 4° pavimento fica uma praça a céu aberto, acessível a partir do térreo por escadas rolantes.

O IMS Paulista tem diversas áreas para exposições e também conta com uma programação de mostras de filmes, seminários e eventos. A biblioteca de fotografia também é interessante. Para as exposições, a entrada é gratuita. Outras atividades específicas podem ter ingressos cobrados.

Endereço: Avenida Paulista, 2424
Metrô mais próximo: Linha 2 verde – estação Consolação ou linha 4 amarela – estação Paulista

4. Japan House

A Japan House foi criada pelo governo japonês e tem filiais em 3 cidades do mundo: Londres, Los Angeles e São Paulo. A ideia é difundir a cultura japonesa e explorar a arte e as novidades que são desenvolvidas do outro lado do planeta.

Na Japan House rolam exposições, eventos e workshops de temas variados que se relacionam de alguma maneira com o Japão. A ideia é abordar ao mesmo tempo o lado tradicional e moderno da cultura nipônica. Lá ficam também expostos objetos japoneses.

Endereço: Avenida Paulista, 52
Metrô mais próximo: linha 2 verde – estação Brigadeiro

5. MASP

O Museu de Arte de São Paulo é, além de um museu muito importante, um marco arquitetônico da cidade. Localizado bem no meio da Avenida Paulista e com o seu famoso vão ocupado por todo o tipo de gente, o MASP faz parte da vida do paulistano.

Quem nunca marcou um encontro no vão do MASP antes do rolê, que atire a primeira pedra! Ou não participou de alguma manifestação ali?

O MASP é um museu privado e foi fundado em 1947, mas só em 1968 foi para o famoso prédio onde está hoje. Dentro do museu, a coleção fixa divide espaço com as diversas coleções temporárias que passam por ali.

Dica quente: às terças-feiras a entrada é gratuita, mas dependendo da época do ano vai ter fila para entrar. Nos outros dias, o ingresso custa R$30,00.

Endereço: Avenida Paulista, 1578
Metrô mais perto: Linha 2 verde – estação Trianon-MASP

6. Pinacoteca

A Pinacoteca do Estado de São Paulo fica no centro velho da cidade, em um prédio antigo e lindo. É o museu de arte mais antigo de sampa e tem exposições focadas na arte brasileira do século XIX até o momento contemporâneo.

Além da coleção fixa, a Pinacoteca (ou só “Pina”, como vem sendo chamada) também abriga exposições temporárias bem legais. Em 2009 eu vi uma expo do Matisse lá de cair o queixo.

Endereço: Praça da Luz, 2
Metrô mais próximo: Linha 1 azul – estação Luz

7. Memorial da Resistência de São Paulo

O Memorial da Resistência de São Paulo é muito importante para que a gente não se esqueça dos horrores causados pela ditadura militar – e não acabe repetindo esse período tenebroso da nossa história.

É uma visita rápida e intensa, onde você pode ter acesso a memórias de pessoas que sofreram com a ditadura. Está do ladinho da Pinacoteca, então dá para visitar os dois no mesmo dia.

Endereço: Largo General Osório, 66
Metrô mais próximo: Linha 1 azul – estação Luz

8. CCBB

O Centro Cultural Banco do Brasil (ou só CCBB para os íntimos) tem filiais em Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Brasília e São Paulo. A unidade de SP está no centro, em uma área meio tensa de se circular, devo dizer.

Mas o edifício é lindo e lá rolam muitas exposições e mostras legais de teatro, cinema, artes visuais e música. Vale a pena ficar ligado na programação.

Endereço: Rua Álvares Penteado, 112
Metrô mais próximo: Linha 3 vermelha – Sé

CCBB-Centro-cultural-Banco-do-Brasil

9. Farol Santander

Ainda tenho que me acostumar com esse novo nome, Farol Santander. Mas o antigo prédio do Banespa é um ícone de São Paulo. É um dos prédios mais altos da cidade e no 24 andar tem um mirante com uma vista privilegiada. Lá de cima dá para entender perfeitamente porque chamamos São Paulo de “Selva de Pedra”.

O Farol Santander reabriu recentemente depois de muitos anos fechado para reforma e agora conta com diversas exposições e atividades em outros andares do prédio.

Endereço: Rua João Brícola, 24
Metrô mais próximo: Linha 1 azul – estação São Bento

Vista do Farol Santander

10. Instituto Tomie Ohtake

Instalado num dos prédios mais diferentões de São Paulo, o Instituto Tomie Ohtake foi projetado especialmente para abrigar exposições relacionadas a artes plásticas, arquitetura e design.

Nos últimos anos várias exposições temporárias legais passaram pelo Tomie Ohtake, como por exemplo a do Salvador Dali. O centro cultural fica entre Pinheiros e a Vila Madalena, na cena hype da cidade.

Endereço: Avenida Brigadeiro Faria Lima, 201
Museu mas próximo: Linha 4 amarela – estação Pinheiros

11. Museu da Imagem e do Som

Para quem gosta de audiovisual, o Museu da Imagem e do Som (MIS) pode ser o grande queridinho. A coleção possui mais de 200 mil itens (fotografias, filmes, vídeos e cartazes). Lá rolam eventos relacionados a cinema, dança, música, vídeo e foto.

Algumas exposições temporárias de grande porte às vezes passam por lá e abalam a cidade, como por exemplo a de Tim Burton, David Bowie ou do Castelo Ra-Tim-Bum (fui e amei muito!).

Endereço: Avenida Europa, 158
Metrô mais próximo: Linha 4 amarela – estação Fradique Coutinho (mas não está suuuper perto, prepare-se para andar um pouquinho).

12. Centro Cultural São Paulo (CCSP)

Esse centro cultural multidisciplinar oferece variada programação em suas 5 salas de espetáculos, seja de música, teatro, dança ou performance. Outra coisa mega bacana são as oficinas. O espaço do CCSP é enorme e ele é ponto de encontro de muita gente. Pelas suas bibliotecas passam mais de 1000 pessoas diariamente.
– Biblioteca Sérgio Milliet: acervo generalizado
– Biblioteca Alfredo Volpi: livros de arte
– Gibiteca Henfil: histórias em quadrinhos
– Louis Braille: livros em braille e audiolivros
– Biblioteca de Culturas Surdas: atendimento para o público surdo

Tem vários espaços verdes, com destaque para os jardins suspensos, com uma vista bem bacana.

Endereço: Rua Vergueiro, 100
Metrô mais próximo: estação Vergueiro na Linha azul e Paraíso (Linhas azul e verde)

13. MAM

O Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM) fica dentro do Parque do Ibirapuera, o que por si só já é um atrativo. O museu tem uma coleção fixa de mais de 6 mil peças e abriga exposições temporárias em duas salas.

Lá dentro você terá contato com obras de arte moderna brasileiras e internacionais. Lá dentro também há uma grande biblioteca. O ingresso custa R$7,00 e é gratuito aos sábados.

Endereço: Av. Pedro Álvares Cabral, s/n, Parque do Ibirapuera
Metrô mais próximo: vish, desencana, não tem metrô perto do Ibira! Para chegar lá tem que ser de carro ou de ônibus…

14. Museu Afro Brasil

O Museu Afro Brasil também fica no Parque do Ibirapuera e é um museu de caráter histórico. As obras do museu trazem aspectos culturais africanos e afro-brasileiros. Alguns temas retratados são a religião, a arte, a cultura, a escravidão, a história e as influências africanas no Brasil.

Eu gostei muito desse museu quando visitei! 🙂

Endereço: Av. Pedro Álvares Cabral, s/n, Parque do Ibirapuera

15. Auditório Ibirapuera

Para fechar a série de passeios culturais no Ibirapuera – e nesse post! – vamos falar do Auditório Ibirapuera. O prédio do Auditório é um dos meus favoritos em toda a cidade e foi projetado por Oscar Niemeyer.

No auditório rolam espetáculos musicais incríveis! A programação de shows de artistas brasileiros costuma ser muito boa. Já vimos diversos espetáculos lá… Quando o evento é enorme, eles abrem a parte de trás do palco, que dá para o gramado, e fazem os shows gratuitos para o lado de fora do auditório. Ou projeções de cinema acompanhadas de orquestra. Apenas demais!

E bem na frente fica a Oca,  com formato, exatamente, de uma oca. A arquitetura diferente do centro cultural vale ser visitada. Lá rolam diversas exposições temporárias sobre diversos temas culturais e artísticos.

Endereço: Av. Pedro Álvares Cabral, s/n, Parque do Ibirapuera

A cidade oferece muitas opções de lazer e você pode conferir mais dicas do que fazer em São Paulo da
Expedia Brasil

Auditorio Ibirapuera

Queremos colocar aqui uma dica extra do Blog Turistando.In para famílias! Acesse o post deles sobre a Casa do Brincar, em Pinheiros!

E se o seu negócio é buscar locais lindos pra arrasar nas fotos do Instagram, veja esse post do blog Tripping Unicorn: São Paulo instagramável: 12 spots bacanas na capital.

Onde ficar em São Paulo

Para quem está visitando São Paulo um ponto muito importante é a hospedagem! Você deve levar em consideração o preço e a localização, já que a cidade é enorme e famosa pelo trânsito. Listamos abaixo ótimos hotéis em SP, para todos os bolsos:

  • Mercure São Paulo Alameda$$$$ – Hotel 4 estrelas no bairro dos Jardins, colado com a Avenida Paulista.
  • Ibis budget São Paulo Paulista$$$ – ótima opção pertinho da Avenida Paulista, qualidade Íbis com preços acessíveis.
  • London Class Suites$$ – disponibiliza apartamentos inteiros com cozinha, ótimo para famílias. Perto da Av. Paulista, no bairro do Paraíso.
  • São Paulo Global Hostel$ – hostel super econômico e descolado no bairro Vila Mariana, próximo do centro. Opções de dormitório misto ou feminino.
  • Hostel Brazil Backpackers$ – hostel barato no bairro Perdizes. Além das camas em dormitórios eles oferecem quartos duplos, uma boa para casais que querem economizar.

Dica extra: a cada dois anos acontece a incrível Bienal de Arte na cidade. Você pode ler o relato do blog Embarque 40 Mais, aqui: Como é visitar a Bienal de Artes de SP


Mapa com a localização de todos os museus e centros culturais


Salve a imagem abaixo no Pinterest e aproveite para ver nossos Painéis de Viagem!

15-passeios-culturais-em-sao-paulo


Ps: esse é um publipost em parceria com a Expedia, mas não se preocupe! Aqui no ESTRANGEIRA nós só contamos experiências verdadeiras que tivemos e damos nossa opinião sincera. Mesmo quando fechamos parceria somos honestas com os leitores sobre tudo, porque o nosso objetivo é dar informação verdadeira e de qualidade para vocês! As políticas do blog podem ser consultadas na aba “Sobre” do menu!

Curta nossa página no Facebook!