O que fazer em Rotterdam, na Holanda – roteiro e dicas

Rotterdam é uma bela cidade holandesa, conhecida pela sua arquitetura moderna e arrojada. Passamos 2 dias por lá e ficamos encantadas, tudo nos surpreendeu. Hoje vamos contar o roteiro completo e o que fazer em Rotterdam. Não deixe essa cidade de fora da sua rota pela Holanda!

Rotterdam está a 80 km de Amsterdam. Nós fizemos uma viagem combinada entre Luxemburgo, Bélgica e Holanda no fim do ano e Rotterdam foi a cidade escolhida para passarmos o ano novo (essa experiência você pode ler aqui: Como é passar o ano novo em Rotterdam, na Holanda).rotterdam-kube-house-holanda

Como chegar em Rotterdam

Saindo do Brasil não há voos diretos para Rotterdam, infelizmente. Mas há voos locais saindo das principais cidades européias para lá e outra boa ideia é sair de cidades próximas como Amsterdam ou Bruxelas.

Nós estávamos na Antuérpia, no norte da Bélgica e pegamos um trem de apenas uma hora de duração para chegar em Rotterdam. Há opções de ônibus também.

Se estiver por algum país próximo e a ideia for fazer uma roadtrip, as estradas são ótimas e ir até Rotterdam de carro é uma boa pedida. Use aplicativos como Google Maps para te ajudar no caminho e alugue carro com a RentCars.

RentCars é um site que compara preços das locadoras e te diz o mais barato. Usamos muito na Europa e recomendamos. Clique aqui para pesquisar preços e alugar carro com a RentCars.

O que fazer em Rotterdam – passeios e atrações

Vamos ao que interessa: o que fazer em Rotterdam para aproveitar a cidade ao máximo. Abaixo listamos os passeios imperdíveis. Dá para ver tudo em 2 dias, apertando o passo.

Rotterdam foi uma cidade quase completamente destruída pelos bombardeios da segunda guerra mundial. Isso fez com que a arquitetura da reconstrução pós guerra fosse bem moderna e diferente das tradicionais cidades européias. Em Rotterdam você verá muitos prédios espelhados, arrojados e diferentões!

Casas Cubo – Cube Houses – Kubuswoningen

Começo as dicas com o ponto turístico mais famoso e curioso de Rotterdam: o complexo de casas cubo. Está coladinho com a estação Blaak do metrô. Imagine viver em uma casa de 100 metros quadrados, que é literalmente um cubo?

Parece difícil imaginar, então talvez as fotos possam explicar melhor. O complexo de Casas cubos foi construído no começo dos anos 80 pelo arquiteto Piet Blom. Todas as casão são iguais, com a mesma metragem interna, mas cada morador decora e mobília como quer.

o-que-fazer-em-rotterdam-casa-cubo

Ao olhar por fora dá um pouco de aflição porque parece que as casas estão inclinadas e vão cair. Mas a curiosidade de entrar em uma delas e ver como é por dentro é enorme. Boa notícia, você pode fazer isso!

Uma das casas funciona como um museu e é aberta para visitação do público. O ingresso custa 3€ ou 2€ usando o desconto do Rotterdam Welcome Card. Apesar de ser pequena, não achei o interior da casa claustrofóbico. É muito interessante como o arquiteto aproveitou cada cantinho para uma utilidade.

Curiosidade: o preço de venda de uma das cube houses está em torno de 300 mil euros. Quem quer comprar?

casa-cubo-rotterdam-interior

Markthal

Bem próximo às casas cubo há prédio bem grandão meio ovalado e espelhado, o Markthal. Lá dentro você poderá passear por diversas barraquinhas de comidas dos mais diversos tipos e origens. É um bom lugar para fazer um lanchinho!

Se você quer doces e comidas tipicamente holandesas, encontrará no Markthal. Mas também poderá comer hambúrguer, comida indiana, japonesa, chinesa, bebidas de todos os tipos… Tem até um supermercado especializado em produtos orientais lá dentro!

Não há muitas mesinhas para sentar, é mais no estilo de mercado municipal para pegar algo e comer em pé mesmo.

o-que-fazer-em-rotterdam-markthal

Leia também: Onde ficar em Rotterdam: dicas de hospedagem

Ponte Willems e Ponte Erasmus

Essas duas belas pontes sobre o rio Mass são símbolos da cidade e estão próximas do centro. Entre as duas há um grande calçadão onde você pode caminhar e observar a paisagem da beira do rio, o Bompjeskade.

o-que-fazer-em-rotterdam-ponte

Passeio de barco

Já que estamos falando das pontes e do rio Mass, uma boa ideia é fazer um passeio de barco pelo rios e canais de Rotterdam, especialmente se você estiver visitando em uma época mais quente (de maio a setembro).

O passeio dura 1 hora e custa 12,50€ por pessoa. Está incluído um audio guia que tem opções em espanhol, holandês, inglês, francês e alemão. Durante o passeio, além de explorar o rio você passará por alguns pontos turísticos importantes da cidade, então é bem legal.

O passeio sai do deque que está em frente à torre Euromast. Compre seu ingresso antecipado aqui: Rotterdam: cruzeiro fluvial de 1 hora.

Luchtsingel

Bem no centro da cidade um local inusitado conquistou nossos corações: Luchtsingel é uma passarela amarela de 400 metros de extensão, que passa sobre a linha do trem e liga 3 bairros.

O projeto foi desenvolvido pelo escritório ZUS e foi o primeiro no mundo a ser viabilizado por crowdfunding. As 8 mil pessoas que tem seus nomes gravados nas madeiras ao longo da ponte contribuíram com 25€.

É um dos pontos mais instagramáveis da cidade.

 

Stadhuis

O prédio da prefeitura de Rotterdam, ou Stadhuis, foi um dos únicos em toda a cidade a sobreviver ao bombardeio de 1940. Por isso sua arquitetura de estilo Art Deco se destaca em meio aos prédios espelhados. Está bem no centro da cidade, em frente à estação de metrô homônima.

o-que-fazer-em-rotterdam-stadhuis

Centraal Station

É muito provável que você chegue ou saia de Rotterdam pela estação central de trens (Centraal Station), ou pelo menos passe por ela quando esteja passeando no centro. A arquitetura espelhada da estação é bonita, mas aproveite para reparar nos prédios ao redor.

Em frente à estação há um belo canal, o Westersingel. Muitas pessoas saem para correr ali, passear com o cachorro ou ver o tempo passar. Indicamos que você desça caminhando, a paisagem é bem bonita, e ao final do canal você vai chegar no Museumpark.

o-que-fazer-em-rotterdam-centraal-station

Museumpark

Esse é um belo parque rodeado de diversos museus, que serve de refúgio para locais e turistas em dias ensolarados. Além de visitar a área verde e praças, você pode se esbaldar nos museus se curtir, são eles:

  • Instituto de Arquitetura da Holanda
  • Museu de Arte Museum Boijmans Van Beuningen
  • Museu Chabot
  • Museu de Arte Kunsthal
  • Museu de História Natural de Rotterdam

Torre Euromast

Talvez esse seja um dos pontos turísticos mais famosos de Rotterdam, e com certeza absoluta vale a pena visitar. A Torre Euromast tem 185 metros de altura e é o prédio mais alto da Holanda! O ingresso para subir custa 10.25€.

Ver a cidade de cima é bem legal, porque dá para entender como o rio e o porto modelaram Rotterdam. Fomos no inverno e fazia frio lá em cima, com o vento batendo, mas mesmo assim valeu a pena e ficamos um bom tempo lá observando a cidade e tirando fotos.

Está um pouquinho afastada do centro mas é bem fácil chegar de tram (linha 8) ou metrô (estação Dijkzigl). Uma coisa a ser dita é que o elevador que leva até a parte mais alta é giratório e causa desconforto em quem tem problemas de vertigem.

o-que-fazer-em-rotterdam-euromast

Moinho histórico Delfshaven

Já que você foi até a Euromast, a dica é caminhar um pouquinho e visitar o típico moinho holandês histórico Delfshaven. Não dá para ser mais holandês do que isso!

Como Rotterdam é uma cidade moderna, esse moinho parece que se destaca ainda mais. Da torre serão uns 2o minutos de caminhada, ou você pode pegar o tram 8 em direção à Spangen e andar duas estações.

o-que-fazer-em-rotterdam-moinho

De Rotterdam

Cruzando a ponte Erasmus você verá um grande complexo de prédios espelhados, que parecem saídos do futuro. Esse é o De Rotterdam, projetado em 1998 e finalizado em 2014. O conceito é de uma “cidade vertical”. Lá dentro há escritórios, apartamentos, um hotel, uma área de conferências e lojas, restaurantes e cafeterias.

o-que-fazer-em-rotterdam-de

Foodhallen Rotterdam

Em frente ao De Rotterdam está outro ótimo lugar para comer, o Foodhallen Rotterdam. Dentro de um enorme balcão você encontrará diversos restaurantes estilo foodtruck, mas um pouco mais fino, para comer delícias do mundo todo.

Há mesinhas para sentar e comer com tranquilidade, o clima é bem legal. Você encontrará por lá diversas opções vegetarianas e orgânicas, mas também hambúrguer para quem é de carne e um bar que serve drinks e cervejas artesanais.

o-que-fazer-em-rotterdam-foodhallen

Dica esperta: Rotterdam Welcome Card

Achamos importantes trazer essa dica para vocês no post sobre o que fazer em Rotterdam, porque facilita a vida: testamos o Rotterdam Welcome Card e aprovamos!

O cartão é um passe que oferece transporte público ilimitado e descontos em diversas atrações da cidade. O passe não oferece entrada grátis como outros que existem na Europa (como o ParisPass ou o Amsterdam Card, por exemplo), mas sim descontos e por isso é bem mais baratinho.

  • Rotterdam Welcome Card sem transporte – apenas 5€!
  • Rotterdam Welcome Card + 1 dia de transporte ilimitado – 12.50€
  • Rotterdam Welcome Card + 2 dias de transporte ilimitado – 18.50€
  • Rotterdam Welcome Card + 2 dias de transporte ilimitado – 23.50€

Você pode comprar nos pontos oficiais de informação turística na cidade: na Centraal Station ou no endereço: Coolsingel, 114.rotterdam-welcome-card

Onde ficar em Rotterdam – hospedagem

Esse é um ponto bem importante no planejamento da sua viagem para Rotterdam. Como a cidade não é tão pequenininha ou concentrada como são outras na Europa, é importante optar por um hotel ou hostel mais central e bem conectado com transporte público.

Nós ficamos no EasyHotel Rotterdam City Center, uma rede de hotéis de baixo custo que no fim foi bem melhor do que esperávamos. O preço era um dos mais baratos da cidade e a localização super central. Estávamos com medo do quarto ser muito tosco, mas no fim era ok e super limpo. O prédio todo do hotel está novinho.

Os pontos negativos: como é um hotel de baixo custo, não há café da manhã e você tem que pagar por fora algumas coisas que em outros hotéis costumam ser cortesia, como por exemplo estacionamento ou guardar as malas no guarda volume depois do check out (custa 1€ por mala).

Clique aqui para ver preços, disponibilidade e fazer sua reserva no EasyHotel Rotterdam City Center.

Outras ótimas opções de hospedagem em Rotterdam para todos os estilos de viajantes e bolsos são:

Tem mais dicas sobre o que fazer em Rotterdam? Deixe nos comentários! :)


Outros posts sobre a Holanda

– Como é passar o ano novo em Rotterdam

– Onde ficar em Rotterdam: dicas de hospedagem

– O que fazer em Amsterdam: roteiro completo e dicas

– Os melhores museus de Amsterdam

– O que comer em Amsterdam: pratos típicos e deliciosos

– Visita à Casa de Anne Frank, em Amsterdam


Salve a imagem abaixo no Pinterest e aproveite para ver nossos Painéis de Viagem!

IMPORTANTE! Não esqueça de adquirir o seu Seguro Viagem. Ele é obrigatório para entrar na Europa, mas mesmo nos países sem obrigatoriedade é muito importante ter o seguro. Nos Estados Unidos, por exemplo, uma consulta médica ou internação pode custar uma verdadeira fortuna e com o seguro, você terá todo o tratamento coberto. Leia sobre quando ficamos doentes no Egito e na Espanha, ou sobre outra vez em que pegamos uma intoxicação alimentar fortíssima na Bolívia. O Seguro Viagem nos salvou!
Faça aqui uma cotação sem compromisso e ganhe 5% de desconto com o cupom ESTRANGEIRA5

Planeje sua viagem! Faça suas reservas com nossos parceiros pelos links:
Compre o Seguro Viagem com a Seguros Promo
Reserve seu hotel ou hostel com o Booking.com
Compre ingressos antecipados de atrações no mundo inteiro e evite as filas com a GetYourGuide
Pesquise os melhores preços para alugar carro em mais de 140 países com a RentCars
Compre chip de celular internacional com a Viaje Conectado
Compre passagens aéreas com muito desconto com a Passagens Promo