O que fazer em Paranapiacaba – roteiro e dicas

Paranapiacaba, um vilarejo histórico localizado a 60km da capital São Paulo, é um dos lugares mais místicos e interessantes para visitar em um bate-volta. Já imaginou passear por uma vila inglesa, cheia de vagões de trem abandonados, que é ponto de encontro de bruxas? Pois então, descubra aqui o que fazer em Paranapiacaba!

A vila foi construída pela empresa São Paulo Railway em 1860 para abrigar os seus funcionários durante a construção da ferrovia Santos – Jundiaí. A beleza do local está no visual único, já que está rodeado por Mata Atlântica e todos os dias é coberto por uma neblina mística muito linda. Parece que parou no tempo!

Paranapiacaba recebe mais de 250 mil visitantes por ano. Seja um deles, e veja abaixo o que fazer em Paranapiacaba, a explicação completa de como chegar e muitas dicas!

vila-de-paranapiacaba-museu

Museu Ferroviário de Paranapiacaba

Como chegar em Paranapiaca

Paranapiacaba faz parte do município de Santo André, na região metropolitana de São Paulo. Por isso é uma ótima opção de passeio de fim de semana ou um simples bate-volta da capital. Existem várias opções para chegar lá, confira abaixo e escolha a que faz mais sentido para você.

Opção 1: CPTM – Trem (Linha 10-Turquesa) + ônibus

A opção mais barata para ir para Paranapiacaba saindo de São Paulo é usando o trem da Linha 10-Turquesa da CPTM. Essa linha sai da estação Brás e vai sentido Rio Grande da Serra, que é exatamente onde você vai descer.

Isso mesmo, não tem erro, entre nesse trem e desça na última estação. O bilhete custa R$4,40, você pode comprar o passe unitário na estação Brás ou usar o seu bilhete único paulistano. O trajeto dura, em média, 1h. fique ligado porque alguns trens dessa linha param em Santo André, outros em Mauá. Você precisa pegar um que vá até a estação Rio Grande da Serra.

Chegando na estação, você deve pegar o ônibus 424, sentido Paranapiacaba. Ele é um ônibus intermunicipal da empresa EMTU e a passagem custa R$5. Esse ônibus não aceita o bilhete único paulistano, apenas o TOP (antigo BOM) e pagamento em dinheiro, direto para o motorista. Em meia hora você chegará em Paranapiacaba.

De fim de semana e feriados, o ônibus 424 passa a cada 20 minutos, então é uma ótima opção. Mas, atenção, em dias de semana ele passa a cada 1 hora, apenas! Então se você perder o busão que acabou de passar terá que esperar 1 hora pelo próximo, perrengue puro.

Outra opção, se não quiser pegar o ônibus, é pedir um Uber na estação de Rio Grande da Serra. Foi o que fizemos e, em 2022, custou R$25,00 e o trajeto demorou 18 minutos. Vale a pena!

O ônibus 424 te deixam na parte alta da Vila de Paranapiacaba, na frente da igreja. Dali, você terá que descer a pé para a parte baixa, é um trajeto de paralelepípedos que é tranquilo, mas não é acessível para PCDs, infelizmente.

Opção 2: Expresso Turístico

Essa é a versão nutella para ir de São Paulo até Paranapiacaba! O Expresso Turístico é um trem diferente, com cabines mais legais, que funciona apenas aos domingos. Sai às 8h30 da Estação da Luz e chega às 10h em Paranapiacaba. É um trem direto com apenas uma parada entre os dois pontos terminais, na Estação Prefeito Celso Daniel-Santo André.

Na hora de comprar o ticket para o Expresso Turístico, o passageiro escolhe em qual das estações vai embarcar e desembarcar (Luz, Prefeito Celso Daniel-Santo André, Paranapiacaba). O trem de volta sai às 16h30 de Paranapiacaba. É isso mesmo, apenas um horário de ida e um horário de volta, fique atento.

O trajeto tem 48 Km e leva 1h30.  O Express Turístico é um pequeno trem de dois vagões de aço inoxidável dos anos 50 e são puxados por uma locomotiva da mesma década, que foi totalmente reformada.

Você pode checar a disponibilidade de assentos no site da CPTM, mas infelizmente tem que ir lá na Estação da Luz comprar os bilhetes, pois não vende pela internet. Os assentos esgotam rápido, compre com antecedência.

Preços do Expresso Turístico para Paranapiacaba (2022):

1 passageiro R$ 50,00
1 passageiro e 1 acompanhante R$ 82,00
1 passageiro e 2 acompanhantes R$ 115,00
1 passageiro e 3 acompanhantes R$ 148,00

O pagamento deve ser feito em dinheiro. As pessoas com mais de  60 anos pagam meia apresentando o RG no momento da compra da passagem e também na hora do embarque.

Tanto de CPTM quanto de Expresso Turístico, os trens passam pelas estações Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra, que foram tombadas pelo patrimônio histórico de São Paulo.

vila-de-paranapiacaba-estacao-trem

Estação de trem de Rio Grande da Serra

Leia também: 18 passeios para fazer em São Paulo de fim de semana

Ônibus saindo de Santo André

Se você quer ir para Paranapiacaba saindo de Santo André, então uma boa opção é pegar o ônibus da Linha 040 – Paranapiacaba. Ele sai do Terminal Rodoviário de Santo André (TERSA), que fica na Av. Industrial, 1850. Custa R$7,40 e o trajeto demora 2 horas (opção bem demorada considerando a distância).

Carro

O trajeto de São Paulo para Paranapiacaba de carro é bem tranquilo e dura em torno de 1h30, a depender do ponto de partida na capital. Você irá pela Rodovia Anchieta (BR-050) e não há pedágios.

Coloque “Paranapiacaba” no seu aplicativo de GPS favorito e siga o caminho. Também deixamos um mapa com a rota, abaixo. Ao chegar, você pode parar o carro próximo da Igreja Bom Jesus de Paranapiacaba, na parte alta, ou na parte baixa da Vila.

Se você não tem carro mas quer ir para Paranapiacaba dirigindo, a nossa dica é alugar carro na Rentcars, um buscador que compara os preços das locadoras e te diz o mais barato!

Clique aqui para pesquisar preços e alugar carro com a Rentcars.

Leia também: Embu das Artes – tudo sobre a cidade e a feirinha de artesanato

Quanto tempo ficar em Paranapiacaba

Se você planeja apenas visitar a Vila de Paranapiacaba, um dia é suficiente. Mas se você quiser fazer as trilhas e desbravar as belezas naturais da região, é melhor dormir por lá.

Onde ficar em Paranapiacaba

Como a vila histórica é bem pequena, há pouquíssimas opções de hospedagem, confira abaixo:

Pousada Shamballah Paranapiacaba – 3 estrelas, faixa de preço $$ Essa pousada tem vistas para as montanhas e Mata Atlântica, e é bem aconchegante, pois está situada em um casarão histórico. É uma boa pedida para casais, e inclui um café da manhã bem gostoso. Confira os valores e faça sua reserva aqui.

Hospedaria Os Memorialistas Paranapiacaba – 3 estrelas, faixa de preço $$
A Hospedaria é nossa hospedagem favorita em Paranapiacaba. É bem fofa, com aquele clima familiar, oferece quartos grandes para famílias, restaurante, bar e  um jardim. Confira os valores e faça sua reserva aqui.

Pousada Avalon Paranapiacaba – 2 estrelas, faixa de preço $$
Começando pelo nome maravilhoso que invoca misticismo, a Pousada Avalon é uma boa uma opção para quem curte ficar imerso na natureza. Os quartos estão em chalés de madeira, bem na zona da mata, e o café da manhã caseiro é muito bom. Confira os valores e faça sua reserva aqui.

vila-de-paranapiacaba-casas

Olha que charme!

O que fazer em Paranapiacaba

Dica quente: comece passando no Centro de informação Turística, na rua Rua Direita, 160. Você verá a casinha logo no fim da passarela metálica, na pracinha da parte baixa da vila. Funciona de 3ª à 6ª, das 9h às 16h e sábados e domingos, das 9h às 17h.

Lá você pode pegar um mapa e pegar dicas legais de coisas que estiverem acontecendo em Paranapiacaba no dia da sua visita. Descubra abaixo o que fazer em Paranapiacaba – e no fim do post há um mapa com todos os locais marcados!

Trenzinho turístico

O trenzinho turístico funciona todos os fins de semana e feriados e custa R$10 por pessoa. Comporta até 45 pessoas e o passeio dura de 25 a 35 minutos. Como o trenzinho passeia pela vila toda, é uma boa para reconhecer o local.

vila-de-paranapiacaba-trenzinho

Museu Ferroviário

O melhor lugar para tirar fotos em Paranapiacaba é o Museu Ferroviário. O Instagram pira! A entrada do museu custa R$10 e para acessar você deve descer a rampa que fica bem no meio da ponte metálica de Paranapiacaba.

É um enorme espaço com galpões, ferramentas antigas, vagões e peças relacionados à antiga ferrovia de Paranapiacaba. O clima é muito cinematográfico, ainda mais se a neblina estiver pairando ali.

Lá você pode ver o trem funerário, o vagão de Dom Pedro II, a casa de máquinas do antigo funicular, peças diversas e um fosso digno da Samara, rs.

vila-de-paranapiacaba-museu-ferroviario

Leia também: O que fazer em São Roque – passeios na cidade e a estrada do vinho

Pátio Ferroviário

No Pátio Ferroviário estão os principais ícones de Paranapiacaba: o Relógio da estação (que veio da Inglaterra em 1898 e dá aquele clima londrino), o Locobreque e a ponte. Também é um local que dá belíssimas fotos.

vila-de-paranapiacaba-locobreque

Esse trem enferrujado é o famoso Locobreque

Museu Castelo

Localizado no ponto mais alto da vila, o Museu Castelo é um lugar que deve ser visitado em Paranapiacaba. O ingresso da visita guiada custa R$10 e rola de quinta a domingo, das 10h às 15h30.

O Museu Castelo funciona na antiga casa do engenheiro chefe da obra da ferrovia, e por isso, era a maior e mais imponente de Paranapiacaba, além de ser exemplo da arquitetura inglesa. De lá o engenheiro ficava vigiando e controlando os funcionários. Afe.

A visita guiada dura 40 minutos e é bem legal, pois o guia é super engraçado.

vila-de-paranapiacaba-museu-castelo

Interior do Museu Castelo de Paranapiacaba

Casa Fox

A Casa Fox, também conhecida como Casa da Família Ferroviária, é uma antiga casa de trabalhadores da ferrovia restaurada, que serve como centro de exposições para divulgar a memória de Paranapiacaba. A visita guiada custa R$5,00.

Centro de Documentação em Arquitetura e Urbanismo (CDARQ)

Para quem gosta de história, uma visitinha ao CDARQ é obrigatória. O centro fica dentro de uma casa grande restaurada e abriga uma exposição permanente sobre a formação urbana e arquitetônica de Paranapiacaba, na época em que ainda era chamada de Vila Martim Smith. Entrada gratuita!

Antigo mercado de Secos e Molhados – feira gastronômica

Todos os finais de semana rola a feirinha gastronômica no antigo Mercado de Secos e Molhados. Lá você encontra doces, salgados, quitutes e bebidas de pequenos produtores. Dependendo da época do ano pode ter algo mais temático, como por exemplo em Abril, quando rola o festival do cambuci e você encontra muitos produtos da fruta.
vila-de-paranapiacaba-feira-gastronomica

Parque Municipal Natural Nascentes de Paranapiacaba

O Parque Municipal Natural Nascentes de Paranapiacaba é uma Unidade de Conservação Municipal com 400 hectáres no total, e conserva uma importante remanescente de Mata Atlântica.

Para quem curte aventura, conexão com a natureza e exercício físico, a dica é fazer uma das 5 trilhas disponíveis no parque. São elas: Trilha das Hortências, Trilha dos Gravatás, Trilha da Pontinha, Trilha do Mirante e Trilha da Comunidade, e dois Núcleos de Interpretação Ambiental: Olho D’Água e Tanque do Gustavo.

A entrada no parque é feita somente com monitor oficial, e o ingresso custa R$20 por pessoa.

vila-de-paranapiacaba-parque-nascentes

ABB – Associação Brasileira da Bruxaria –  Casa de Bruxa

Talvez você já tenha percebido que Paranapiacaba é ponto de encontro de bruxas e magos, né? Então, não deixe de visitar a Casa de Bruxa, onde fica a Associação Brasileira da Bruxaria. No belíssimo espaço da casa você pode aprender mais sobre a cultura da bruxaria, além de comprar produtos exotéricos, fazer cursos e consultas com as bruxas e magos, como tarô e oráculo.

Biblioteca Àbia Ferreira Francisco 

A Biblioteca de Paranapiacaba faz parte da rede de bibliotecas municipais de Santo André, e além do acervo, tem uma sala específica para os materiais sobre a vila inglesa com livros, vídeos, fotos e outras peças doadas por antigos moradores.

Leia também: O que fazer em Santos, muito além das praias

Igreja Bom Jesus de Paranapiacaba e cemitério

Único ponto turístico de interessa na parte alta da vila, a Igreja Bom Jesus de Paranapiacaba e o cemitério valem uma visitinha rápida. A vista de lá de cima é bem interessante!

vila-de-paranapiacaba-parte-alta

Onde comer em Paranapiacaba

Trago boas notícias: o raio gourmetizador ainda não atingiu Paranapiacaba. Entao é possível comer por lá por preços ok. Tem restaurantes, cafés e lanchonetes para todos os gostos. Dá para comer lanches por R$ 20,00, buffet livre por R$ 26,00 ou pratos mais sofisticados por um pouco mais.

Estação Cavern Club Restaurante & Wine Bar – esse é provavelmente o restaurante mais gourmetizado e caro da vila. Os pratos são gostosos e o atendimento bom, mas os preços altos. Um dos pratos principais, a costela com geléia de cambuci e arroz negro para duas pessoas custa R$169,00.
Av. Fox, 525

Railway Beer – serve hamburguers deliciosos e cervejas artesanais (inclusive de cambuci) por preços bons. A decoração é baseada na ferrovia. Fica na parte alta da vila, perto da igreja.
Rua Willian Speers, 19

Estação do Sabor o Restaurante da Vovó – como o nome sugere, comida caseira gostosa. Você pode escolher se servir por quilo ou buffet para comer a vontade. Tem áerea aberta super agradável.
Av Antonio Olinto, 485

Bar do Ribeiro – Tradição dos Pampas – esse foi dica da moça que trabalha na informação turística. Outro restaurante de comidinha caseira econômica e gostosa. Apesar de ter pampas no nome, o restaurante não é churrascaria! Atendimento mega simpático.
Rua Direita, 398Bastiana – restauraurante vegano, com pratos deliciosos que vão agradar aos não veganos também. Comida afetiva com apresentação linda. Se for num dia frio, prove o chocolate quente!  Instagram @bastianacomida
Av. Rodrigues Alves, 28

Eventos em Paranapiacaba

Paranapiacaba, por ser uma cidade charmosa com um clima único, abriga vários eventos anuais que já são famosos. Os principais são esses três:

Festival do Cambuci

Todo ano rola no mês de abril o festival do Cambuci, em homenagem a essa frutinha que é típica da região. Nessa época você encontrará vários estabelecimentos participantes do festival oferecendo produtos a base de cambuci.

Cachaças, licores, geléias, sorvetes, bolos e outros pratos com Cambuci te esperam!

Convenção de Magos e Bruxas de Paranapiacaba

Na nossa opinião, esse é o rolê mais legal de Paranapiacaba. A Convenção de Bruxas e Magos em Paranapiacaba é aberta, abrangindo todas as manifestações culturais e de conhecimentos esotéricos . É um dos maiores eventos do gênero no Brasil.

A proposta é divulgar informações sobre energia, natureza humana, processos e técnicas terapêuticas, questões de metafísica, entre outras. Você pode conferir a programação completa no site da Convenção de Magos e Bruxas.

Festival de Inverno

No mês de julho, aproveitar aquele clima de frio e neblina em Paranapiacaba é uma ótima pedida. O festival de inverno conta com atrações de música, mostras de filmes, performances teatrais, exposições e gastronomia.

O evento ocupa todos os espaços da vila. Acompanhe a programação completa no site do Festival de inverno de Paranapiacaba.

Quanto custa ir para Paranapiacaba

Para te ajudar no planejamento do passeio, deixamos aqui todos os nossos gastos para você saber quanto custa ir para Paranapiacaba:

  • Alimentação: almoço: R$26 por pessoa buffet livre – Sanduíches: R$20
  • Picolé de Cambuci: R$6
  • Café: R$5
  • Transporte público via CPTM: Trem (R$4,40 + R$4,80 ônibus – cada trecho).
  • Uber da estação Rio Grande da Serra até Paranapiacaba: R$26
  • Se optar pelo trem Expresso Turístico: R$50 ida e volta
  • Museu Ferroviário: R$10
  • Visita guiada Museu Castelo: R$10
  • Casa Fox: R$5
  • Trenzinho turístico: R$10

vila-de-paranapiacaba

Trilhas e cachoeiras em Paranapiaca

Como Paranapiacana está em meio à Mata Atlântica e é cercada por natureza, é possível fazer várias trilhas na regiao. Como as trilhas nao sao nosso forte deixamos aqui o link da agencia Paranapiacaba Eco Tour, que opera na regiao e organiza grupos para as trilhas.

Deixo também esse post do grupo Mochileiros com relatos das trilhas 

Trilha das Hortênsias – com 325 metros, porém bastante inclinada. Nível médio, pode ser percorrida em 30 minutos.

Trilha da Água Fria –  368 metros de extensão, que termina numa cachoeira e uma piscina natural para você se refrescar depois da caminhada.

Trilha dos Gravatás – 389 metros e trajeto tranquilo.

Trilha da Pontinha – tem 1km de extensão, segue o Rio Grande e termina do Tanque do Gustavo. A dificuldade é fácil

Trilha do Mirante – passa pelo mirante que dá vista para o litoral a uma altura de 1000 metros. Tem 1.2 km de extensão e nível fácil. O principal atrativo é o mirante, no limite com o Parque estadual da Serra do Mar, possibilitando a visão da Baixada Santista e do mar, do complexo rodoviário Anchieta-Imigrante e o pólo industrial de Cubatão.

Trilha da Comunidade  – em seus 1,6 km, passa por Santo André, Santos e Mogi das Cruzes e é a mais difícil delas. Duração média de 2 horas. No alto do morro, encontram-se ruínas que dizem se tratar de uma antiga comunidade alternativa da década de 1970.

Trilha do Poço Formoso – com 4,8 km de extensao, tem nível moderado. Termina nas piscinas naturais do Poço Formoso depois de aproximadamente 4 horas de caminhada.

Paranapiacaba tem várias cachoeiras que podem ser visitadas: Cachoeira dos Ventos, Cachoeira das Tartarugas, Cachoeira escondida, Cachoeira das Tartaruguinhas e Poço das Moças.

O que fazer em Paranapiacaba: MAPA

Tem mais dicas ou dúvidas sobre o que fazer em Paranapiacaba? Deixe nos comentários!


Outros posts que podem te interessar

18 passeios para fazer em São Paulo de fim de semana

17 parques em São Paulo para fugir do caos da capital

Embu das Artes – tudo sobre a cidade e a feirinha de artesanato

O que fazer em São Roque – passeios na cidade e a estrada do vinho

O que fazer em Santos, muito além das praias 

Categoria completa de posts: SÃO PAULO

IMPORTANTE! Não esqueça de adquirir o seu Seguro Viagem. Ele é obrigatório para entrar na Europa, mas mesmo nos países sem obrigatoriedade é muito importante ter o seguro. Nos Estados Unidos, por exemplo, uma consulta médica ou internação pode custar uma verdadeira fortuna e com o seguro, você terá todo o tratamento coberto. Leia sobre quando ficamos doentes no Egito e na Espanha, ou sobre outra vez em que pegamos uma intoxicação alimentar fortíssima na Bolívia. O Seguro Viagem nos salvou!
Faça aqui uma cotação sem compromisso e ganhe 5% de desconto com o cupom ESTRANGEIRA5

Planeje sua viagem! Faça suas reservas com nossos parceiros pelos links:
Compre o Seguro Viagem com a Seguros Promo
Reserve seu hotel ou hostel com o Booking.com
Compre ingressos antecipados de atrações no mundo inteiro e evite as filas com a Tiqets
Pesquise os melhores preços para alugar carro em mais de 140 países com a RentCars
Compre chip de celular internacional com a Viaje Conectado
Compre passagens aéreas com muito desconto com a Passagens Promo