Uma senha sera enviada para seu e-mail

O que fazer em Milão – Itália

Milão é famosa por ser a capital da Moda e do Design na Itália, mas quais são as atrações turísticas para visitar? Nós ficamos 4 dias nessa cidade linda e montamos esse post para você, contando o que fazer em Milão.

A nossa expectativa para Milão, a capital da Lombardia, era baixa. Fizemos uma pesquisa rápida na internet e os resultados mostravam relatos curtos, dizendo que 1 dia era suficiente para visitar Milão. Fico muito feliz em dizer que a realidade não é nada disso!

Adoramos a cidade, que é muito linda e oferece diversas opções de pontos turísticos, passeios e comidas deliciosas.

ATENÇÃO! O Seguro Viagem é obrigatório para entrar na Itália.
Faça aqui uma cotação sem compromisso e ganhe 5% de desconto com o cupom ESTRANGEIRA5

A seguir, veja as nossas dicas sobre o que fazer em Milão – com consultoria especial das nossas duas amigas milanesas que nos acolheram tão bem na sua casa, Calu e Marina. E do Guglielmo Zizzi, outro amigo querido milanês.



Visitar o Duomo e subir no terraço

O Duomo di Milano é a principal catedral da cidade. Toda construída em pedra branca e com uma fachada que mescla formas retas com detalhes góticos, um edifício impressionante.

o-que-fazer-em-milao-duomo-di-milano-1

A foto clássica do Duomo (mas com um toque natalino)

Por fora já é um espetáculo. Comece o passeio pela Piazza Duomo, que também é bem bonita. Depois, siga para a Via Carlo Maria Martini, na lateral do Duomo, para comprar o seu ingresso para a visita. Existem diversas opções de ingresso:

  • Acesso apenas ao terraço do Duomo em elevador –  €13,00
  • Acesso apenas ao terraço do Duomo em escadas – €9,00
  • Duomo Pass A: interior da igreja + terraço em elevador + Duomo Museum + área arqueológica – €16,00
  • Duomo Pass B: interior da igreja + terraço em escada + Duomo Museum + área arqueológica – €12,00
    (preços de dezembro 2017)

Uma opção para evitar a fila é comprar aqui os ingressos antecipados para o Duomo di Milano.

Nós compramos o Duomo Pass e foi ótimo, aproveitamos tudo (menos o Duomo Museum que estava fechado no dia que fomos, uma quarta-feira). O ponto alto é, com certeza, a visita ao terraço.

o-que-fazer-em-milao-duomo-di-milano-terraço-1

O terraço do Duomo é maravilhoso!

Chegando lá em cima ficamos de queixo caído! Passamos quase 2 horas tirando muitas fotos e fazendo vídeo, observando a cidade de Milão lá de cima, vendo os detalhes arquitetônicos e estátuas. Se o céu estiver bem azul, vai ser espetacular.

o-que-fazer-em-milao-duomo-di-milano-terraço-2

Depois, com o mesmo passe entramos na igreja – que é muito grande e tem um chão lindo! – E na área arqueológica, embaixo da catedral, onde é possível visitar ruínas antiquíssimas. Não pode deixar de fazer uma visita ao Duomo di Milano!

Dar uma volta na Galeria Vittorio Emanuelle II

Literalmente ao lado do Duomo, a Galeria Vittorio Emanuelle II é um símbolo de Milão e vale a pena ser visitada. O prédio da galeria é maravilhoso. A abóbada no teto e todos os detalhes arquitetônicos são espetaculares.

Nessa galeria estão diversas lojas de grifes luxuosas como Louis Vuitton, Prada, Dolce and Gabanna… se você tem esse perfil de compras, vai se sentir em casa. Se não tem, ainda assim vale a pena dar uma voltinha na galeria e apreciar sua beleza.

o-que-fazer-em-milao-galeria-vittorio-emanuelle

Lindíssima arquitetura da Galeria Vittorio Emanuelle II… E a decoração natalina dá um charme a mais!

Caminhar pela Via Dante

Uma rua muito importante do centro de Milão, que também concentra muitas das famosas lojas de marca. Passeamos pela rua durante a noite, a Fabia até entrou em uma loja e saiu com uma bota nova. 😊

Se perder nas ruelas do centro

Em toda essa região central de Milão existem ruelas antigas muito charmosas. Algumas são apenas para pedestres, em outras você dividirá o caminho com carros. O clima é muito legal, vale a pena reservar um tempinho para explorar o centro sem destino.

Visitar o Castelo Sforzesco e o Parque Sempione

O Castelo Sforzesco é muito bonito e deve ser visitado! Conhecemos durante uma manhã e como não entramos em nenhum de seus museus foi uma visita rápida. Mas se você for visitar os museus reserve mais tempo para esse passeio.

Dentro do Castelo estão o Museu Pieta Rondanini, Museu dos Instrumentos Musicais, Museu Egípcio, Museu Infantil e Museu do Castelo.

o-que-fazer-em-milao-castelo-sforzesco

Castelo Sforzesco

Bem atrás do Castelo fica o lindo Parque Sempione. Ficamos uma hora percorrendo o jardim, mesmo estando um frio invernal de lascar! Ficamos imaginando como deve ser uma delícia ficar por ali no verão ou primavera, descansando e vendo as pessoas passarem.

o-que-fazer-em-milao-parque-sempione

Lindas cores de outono – com frio de inverno! – no Parque Sempione

Ao fim do parque, está o Arco de la Pace, muito bonito também.

Passar pela Casa dos Flamingos, no quarteirão da moda

Parece uma redundância dizer sobre a importância de dar uma passada pelo quarteirão da moda de Milão (quadrilatero della moda). Mesmo que você não seja nada ligado em moda, como eu, essa é uma parte essencial da vida milanesa.

Mas um segredo nesse quarteirão é a pitoresca casa dos flamingos! Na Via Cappuccini, 3 está uma mansão privada onde no jardim habitam flamingos cor de rosa e pavões! Não dá para entrar na propriedade, mas é possível ver de fora pelo portão.

o-que-fazer-em-milao-flamingos

Flamingos em Milão? Por incrível que pareça, tem sim!

Nessa área fica também a Villa Necchi Campiglio, que nossas amigas milanesas nos indicaram a visitar. Infelizmente, no horário em que fomos já estava fechado.

Caminhar por Brera

Brera é um antigo bairro boêmio de Milão e conserva um charme bem característico nas suas ruas. Você pode parar em algum café para comer algo gostoso.

o-que-fazer-em-milao-brera

Viela charmosa em Brera…

A Pinacoteca de Brera está ali e vale visitá-la já que é o maior museu da cidade. A entrada da pinacoteca custa 16,00€ e você pode comprar o ingresso antecipado nesse link: ingresso Pinacoteca di Brera.

Entrar na igreja dos ossos

Se você curte visitar lugares inusitados e tem uma pitada “dark” no seu coração, vai pirar a Chiesa di San Bernardino Alle Ossa. Por fora é uma igreja pequena e comum. Ao entrar, você não verá nada demais, apenas a nave principal abaulada…

Mas siga a placa que diz “ossuário” para se surpreender. Nessa sala todas as paredes e teto são completamente coberto por ossos humanos! É macabro, mas muito diferente.

o-que-fazer-em-milao-igreja-dos-ossos

Dispensa legenda…

Esse ossuário foi construído porque em certa época faltava espaço no cemitério do bairro e isso pareceu uma boa solução… A Fabia adorou, eu achei muito estranho, mas de qualquer jeito valeu descobrir essa pérola de Milão!

Endereço: Via Carlo Giuseppe Merlo, 4.

Visitar Navigli, os canais de Milão

Antes de chegar em Milão eu não fazia nem ideia de que a cidade tinha canais. Confesso! Mas fiquei encantada ao visitar Navigli, os canais milaneses. Ao longo dos dois canais estão restaurantes, bares e casas graciosas. É uma área boemia, ótima para sair à noite.

De dia também é linda para um passeio, mas se prepare para o vento gelado que sopra por ali no outono e inverno.

o-que-fazer-em-milao-navigli

Navigli é uma área de Milão muito charmosa…

Foi em Navigli que fizemos nossa janta 100% típica de Milão, no restaurante Trattoria Milanese. O restaurante é ótimo, com decoração simples e cheia de locais – mas é sempre tão lotado que você só consegue uma mesa fazendo reserva antes. O endereço é Via Santa Maria, 11.

Certeza que você deve estar esperando para saber o que comer em Milão e dicas de restaurantes! Como são muitas, fizemos um post só sobre isso! Corre ler  😀

Visitar o quadro A Última Ceia, de Leonardo da Vinci

Esse é um passeio super clássico de Milão e um dos mais concorridos. Confessamos a nossa falta de preparo, e como não compramos com antecedência, quando chegamos lá já não era possível comprar ingresso. Por isso, não visitamos 🙁

É indicado comprar o ingresso com a maior antecedência possível. As vendas abrem sempre 3 meses antes das datas de visita. Para se previnir, compre aqui seu ingresso antecipado para visitar o quadro A Última Ceia.

Esse post do blog Milão nas Mãos traz também algumas dicas: Como visitar a Última Ceia. 

Ir no Pirelli HangarBicocca

Se você gosta de arte tem que conhecer o Pirelli HangarBicocca, um antigo hangar que foi transformado em centro cultural e abriga diversas exposições de arte. Fica um pouco afastado do centro da cidade, mas vale o esforço de chegar até lá.

O espaço em si já é muito legal, porque é um galpão enorme com um pé direito muito alto. Imagine que ali é onde construíam e guardavam aviões! O fato de ser todo quadrado e de concreto dá um clima bem legal, sem interferir nas obras de arte.

o-que-fazer-em-milao-pirelli-hangarbicocca

Exposição de Lucio Fontana no Pirelli HangarBicocca

Lá há uma coleção fixa e também diversas exposições temporárias. Nós vimos as exposições de Lucio Fontana com instalações de neon e a “Take Me (I’m Yours)”. A entrada é gratuita!

Endereço: Via Chiese, 2. Veja indicações de como chegar nesse link: http://www.hangarbicocca.org/en/hours-and-to-reach-us/

Fazer um bate e volta para Bergamo

Se você tem esse tempo, separe um dia para visitar Bergamo. É uma cidade linda que está a apenas 50 minutos em trem de Milão e vale demais a visita. Ficamos apaixonadas!

Bergamo é dividia em cidade alta e cidade baixa, e as coisas mais graciosas ficam na parte alta. As ruelas medievais, a praça, os deliciosos doces típicos da cidade… tudo nos deixou encantadas.

Fizemos um post completo sobre esse bate e volta, você pode ler os detalhes aqui: Visitando Bergamo, perto de Milão.

o-que-fazer-em-milao-bergamo

Turistando por Bergamo


Como você pode ver, tem muito o que fazer em Milão. Definitivamente apenas um dia não é suficiente para explorar todas essas belezuras. Ainda tem mais coisa que não tivemos tempo de fazer, mas no geral acho que os 4 dias foram suficientes para visitar Milão com calma e fazer o bate e volta para Bergamo.

Mapa de Milão com os locais citados

Tem dúvidas ou quer compartilhar algo? Escreva no campo dos comentários!


Salve a imagem abaixo no Pinterest e aproveite para ver nossos Painéis de Viagem!

o-que-fazer-em-milao-pinterest

IMPORTANTE! Não esqueça de adquirir o seu Seguro Viagem. Ele é obrigatório para entrar na Europa, mas mesmo nos países sem obrigatoriedade é muito importante ter o seguro. Nos Estados Unidos, por exemplo, uma consulta médica ou internação pode custar uma verdadeira fortuna e com o seguro, você terá todo o tratamento coberto. Leia sobre quando ficamos doentes no Egito e na Espanha, ou sobre outra vez em que pegamos uma intoxicação alimentar fortíssima na Bolívia. O Seguro Viagem nos salvou!
Faça aqui uma cotação sem compromisso e ganhe 5% de desconto com o cupom ESTRANGEIRA5

Planeje sua viagem! Faça suas reservas com nossos parceiros pelos links:
Compre o Seguro Viagem com a Seguros Promo
Reserve seu hotel ou hostel com o Booking.com
Compre ingressos antecipados de atrações no mundo inteiro e evite as filas com a GetYourGuide
Pesquise os melhores preços para alugar carro em mais de 140 países com a RentCars

Curta nossa página no Facebook!