O que fazer em Luxemburgo – roteiro e dicas

Hoje trazemos para vocês o roteiro completo de viagem com o que fazer em Luxemburgo, um país pequeno, que fica no centro da Europa e é pouco conhecido. Mas é lindo e vale a pena entrar no seu planejamento de viagem!

Ficamos 3 dias em Luxemburgo e foi ótimo, deu para explorar a capital com calma. Abaixo explicamos mais detalhes sobre o país, dicas de onde ficar, quais pontos visitar na capital e também outras cidades interessantes do país para passear.

Leia também: Quanto custa viajar para Luxemburgo – um dos países mais caros da Europa

o-que-fazer-em-luxemburgo-rio-alzette

Luxemburgo – que país é esse?

Luxemburgo é um país de apenas 2.500 quilômetros quadrados (ou 92 quilômetros de extensão) que fica entre a Bélgica, a França e a Alemanha. Por isso mesmo fazer uma viagem combinada por esses países é uma ótima ideia.

As línguas oficiais de Luxemburgo são o francês, o alemão e o Luxemburguês. A capital tem o mesmo nome do país, “Luxemburgo”, e como é bem turística dá para se virar falando inglês ou português.

Acredite se quiser, mas 1/3 dos moradores de Luxemburgo são imigrantes portugueses e por isso é muito comum ouvir o nosso idioma com o sotaque luso pelas ruas da capital!

Luxemburgo faz parte da união européia e por isso a moeda utilizada é o Euro. Ter um Seguro Viagem é obrigatório para entrar no país, porque faz parte do Espaço Schengen. Aqui você pode pesquisar os melhores preços de seguro viagem e usando o cupom ESTRANGEIRA5 ganha 5% de desconto.

A capital Luxemburgo é muito bonita, ficamos encantadas com a mistura entre sua arquitetura típica e os enormes áreas verdes. Fomos no inverno (dezembro), fazia bastante frio mas a paisagem estava linda. Com certeza também é um ótimo destino europeu para visitar no verão!

Vale do Petrusse visto do alto

Linda a vegetação e suas cores

Leia também: Como ir do aeroporto de Luxemburgo ao centro (e vice-versa)

Onde ficar em Luxemburgo

Para aproveitar bastante o destino, é ideal você ficar hospedado na capital Luxemburgo ou nas cidades imediatamente vizinhas. O país e sua capital são pequenos, é verdade, mas pegar um hotel mais central vai facilitar sua vida.

Nós ficamos hospedadas na cidade vizinha Howald, a apenas 10 minutos de ônibus do centro de Luxemburgo. Escolhemos o Hotel-Restaurant Chez Anna Et Jean, simples, bom e barato! É um hotel antiguinho mas aconchegante, limpo e com donos muito simpáticos. Recomendamos!

Para te ajudar, selecionamos abaixo outras opções de hospedagem na capital Luxemburgo, para diferentes estilos de viajantes e bolsos. Clicando em cada link você poderá ver mais detalhes de cada hotel e fazer sua reserva! :)

Luxembourg Card – o passe de atrações e transporte

Uma dica de ouro, antes de começar a falar sobre o que fazer em Luxemburgo, é adquirir o Luxembourg Card, um passe que dá entrada gratuita em 79 atrações turísticas e transporte público ilimitado no período de validade do passe.

Você pode escolher entre as seguintes opções:

  • Luxembourg Card 24 horas – individual: 13€ / família (2 adultos e até 3 crianças): 28€
  • Luxembourg Card 48 horas – individual: 20€  / família (2 adultos e até 3 crianças): 48€
  • Luxembourg Card 72 horas – individual: 28€  / família (2 adultos e até 3 crianças): 68€

Todos os museus que visitamos em Luxemburgo (e que estão listados abaixo, nesse post), entramos grátis com o passe. Para nós, a grande vantagem é o transporte público! Individualmente e sem o passe, cada passagem de ônibus custa 2€.

Para nós compensou ter o passe porque pegamos muito transporte público sem pensar no preço. Você pode comprar o Luxembourg Card na recepção de distintos hotéis no país, confira a lista completa aqui: Pontos de venda – Luxembourg Card.

Quando estiver com o passe em mãos, não esqueça de anotar à caneta a data de início da validade do passe. Um guia com as atrações incluídas e mapas vem junto, é bem útil.

praça Clairefontaine com piso de pedra

Praça Clairefontaine

 

O que fazer em Luxemburgo – passeios na capital

Muita gente decide fazer apenas um bate-volta para a capital de Luxemburgo para ter uma visão geral, mas é tão bonita que vale a pena ficar pelo menos 2 dias por lá. A cidade não é muito grande e quase todas as atrações estão no centro ou próximos dele.

Caminhar é a melhor maneira de explorar as belezas do centro de Luxemburgo, prepare as pernas! Nós fomos na época de fim de ano, por isso em todas as praças havia feirinhas de Natal. Super legal!

Abaixo listamos os pontos turísticos imperdíveis sobre o que fazer em Luxemburgo e no fim do post há um mapa com todos os locais citados.

Place de la Constituition

Comece o passeio por essa praça, uma das principais de Luxemburgo. Ali você terá uma vista incrível da cidade e vai entender porque ela é dividida em cidade baixa e cidade alta.

A catedral Notre Dame de Luxemburgo está na esquina dessa praça, com estilo neogótico. Vale a pena dar uma espiadinha no interior, a entrada é grátis.

Teto da Catedral de Notre Dame

Interior da Catedral de Notre Dame

Place Guillaume II

Nessa bela praça está a prefeitura (Hôtel de Ville) e a oficina de informações turísticas. Se você precisa pegar um mapa ou pedir alguma informação, lá é o local.

Escultura de leão em frente a prefeitura

Esse é o Hotel de Ville, a prefeitura

Palais Grand-Ducal

Luxemburgo é um ducado, ou seja, o governador supremo é o Duque. O Palácio Ducal é um belíssimo prédio que tem uma das fachadas mais belas da Europa, em estilo renascentista flamenco. Só é possível visitar o interior com um tour guiado nos meses de julho e agosto.

Palácio Grand Ducal

Fachada do Palácio Grand Ducal

Chocolat Hause

Bem na frente do palácio ducal há uma loja de chocolates imperdível, a Chocolat Hause. Lá você irá se deparar com diversos tipos de bom-bons e chocolates, inclusive a famosa colherzinha de chocolate quente, uma colher embutida num quadrado de chocolate, que você coloca no leite quente e espera derreter para tomar sua bebida.

Os bolos e tortas são de dar água na boca! No segundo andar há mesas onde você pode sentar para tomar algo e deliciar um doce. Nós experimentamos o brownie de chocolate, um pedaço IMENSO que não conseguimos dar conta em duas. Custou 5,50€. Estava delicioso. Endereço: 20 Rue du Marché-aux-Herbes.

vitrine com bolos bonitos

Place D’Armes

Outra praça bem central de Luxemburgo com distintas lojas e restaurantes ao redor. Lá fica o  Cercle Cité, um centro cultural de entrada grátis que traz diversas exposições temporárias interessantes. Não podia falar sobre o que fazer em Luxemburgo e deixar a Place D’Armes de fora. ;)

Pont Adolphe

A belíssima Ponte Adolphe é um símbolo da cidade e você pode atravessá-la a pé tanto por cima, quando por baixo, para ter uma visão diferente do vale e do rio que atravessa o centro histórico.

Ponte Adolphe

Corniche

Conhecida como a “varanda de Luxemburgo” essa área permite ver a cidade baixa com belíssimas vistas. O Rio Alzette lá embaixo dá um toque artístico à paisagem, às vezes parece uma pintura.

ponte de pedra sobre rio

Vista da Corniche

Casamates du Bock

Toda o centro histórico de Luxemburgo foi construído sobre as antigas muralhas de uma fortificação que utilizava a geografia própria do vale como proteção. Por dentro dessas muralhas existem túneis que conectam diversas galerias subterrâneas, os Casamates du Bock.

Na época da Segunda Guerra Mundial, essas galerias serviram como abrigo à população. Podem ser visitadas com um tour guiado de março à novembro.

Casemates du Bock

Museu Nacional de História e Arte – MNHA

É um dos museus mais importantes da cidade que conta com um acervo grande de obras de arte de diversas épocas e estilos, além de objetos importantes para a história do país.

Entrada grátis com o Luxembourg Card. Sem o passe, você pode entrar gratuitamente na área da exposição fixa mas deve pagar 7€ para visitar as temporárias. Endereço: Marché-aux-Poissons Luxembourg.

Lëtzebuerg City Museum

Achamos esse museu super interessante, interativo e moderno. Conta a história da cidade de Luxemburgo de uma maneira muito diferente. Tem diversos andares e um acervo histórico grande.

Entrada grátis com o Luxembourg Card. Sem o passe, a entrada custa 5€. Endereço: 14 Rue du St Esprit.

Grund

O Grund é o bairro que está na parte baixa da cidade, na beira do Rio Alzette. É um charme só! Vá descendo a pé e caminhe pelas ruelas de Grund. Lá há diversos cafés e pubs, para quem quer tomar uma cerveja ou drink à noite.

No Grund está também o Museu de História Natural, legal para visitar com crianças.

casinhas do Bairro Grund

Grund é o bairro mais linda de Luxemburgo, parece saído de um conto de fadas

Casino Luxembourg – Fórum de arte contemporânea

Nós adoramos arte contemporânea, por isso o Casino Luxembourg foi um dos nossos locais favoritos no centro da cidade. Abriga exposições temporárias de arte contemporânea diversas. Quando fomos, estava rolando uma expo de arte digital do coletivo LAb[au].

Entrada grátis. Endereço: 41 Rue Notre Dame, 2240.

Museu de Arte Moderna MUDAM

Esse museu e os dois próximos pontos da lista não estão no centro da cidade. Ficam mais afastados, no bairro verde Kirchberg. Para chegar lá, há diversas opções de ônibus: 144, 194, 120, 195 ou o tram 1. Use o Google Maps que ele te ajuda a chegar.

Adoramos visitar o MUDAM, as exposições temporárias estavam super interessantes e o interior do museu é lindo. Foi projetado por Ieoh Ming Pei, o mesmo arquiteto que fez a famosa pirâmide do Louvre, em Paris. Fora que as vistas da parte de fora também valem a pena.

Entrada grátis com o Luxembourg Card. Sem o passe, a entrada custa 8€. Endereço: 3 Park Drai Eechelen

Forte Thüngen

Construído em 1732 para proteger a cidade, essa fortaleza militar está ao lado do MUDAM e a sua arquitetura dá um contraste muito interessante com o museu. Dentro está o Musée Dräi Eechelen que tem mais de 600 peças contando a história da cidade e do forte.

Entrada grátis com o Luxembourg Card. Sem o passe, a entrada custa 7€. Endereço: 5 Park Drai Eechelen.

torres do forte Thungen

Philharmonie Luxembourg

A Philharmonie Luxembourg ou Grande-Duchesse Joséphine-Charlotte Concert Hall está ao lado do MUDAM num belíssimo prédio. Foi inaugurada em 2005 e é uma das principais salas de concertos na Europa. Nela acontece cerca de 400 performances anualmente.

prédio branco da filarmonica de Luxemburgo

Parlamento Europeu

Apesar de oficialmente o Parlamento Europeu estar em Bruxelas, em Luxemburgo também há uma sede importante do órgão pois lá fica  a sede do primeiro hemiciclo.

As instalações do Parlamento no Luxemburgo são utilizadas para trabalho administrativo, mas também podem ser visitadas gratuitamente. Infelizmente você tem que agendar a visita com pelo menos 8 semanas de antecedência, nesse link.

Se não der tempo de agendar, passe na frente para ver a grande praça exterior do parlamento, é bonito. Endereço: Plt. du Kirchberg.

O que fazer em Luxemburgo – outras cidades

Se você tem mais de 2 dias para Luxemburgo, então vale a pena conhecer outras cidades, fazendo bate-voltas saindo da capital ou até dormindo uma ou outra noite por aí.

As cidades mais famosas para visitar no país são Vianden, Larochette Echternach, Diekirch, Beaufort e Mullerthal (essa região é conhecida como “Pequena Suíça” pelas paisagens).

É possível visitar todas essas cidades usando a rede de trens do país, mas é mais interessante alugar um carro na capital Luxemburgo e fazer uma roadtrip, passeando no seu tempo e explorando os belos caminhos.

A nossa dica é alugar pelo RentCars, um buscador que compara preços das locadoras e te diz o ais barato. Já usamos bastante na Europa e aprovamos. Clique aqui para pesquisar preços e alugar carro com a RentCars.

O Luxembourg Card também garante entrada gratuita em atrações em diversas cidades, não só na capital! ;)

Mapa – o que fazer em Luxemburgo

Tem mais dicas sobre o que fazer em Luxemburgo? Deixe nos comentários! :)


Leia nossos outros posts sobre Luxemburgo:

– Quanto custa viajar para Luxemburgo – é mesmo muito caro?

– Como ir do aeroporto de Luxemburgo ao centro (e vice-versa)


Salve a imagem abaixo no Pinterest e aproveite para ver nossos Painéis de Viagem!

casinhas e rio no bairro Grund

IMPORTANTE! Não esqueça de adquirir o seu Seguro Viagem. Ele é obrigatório para entrar na Europa, mas mesmo nos países sem obrigatoriedade é muito importante ter o seguro. Nos Estados Unidos, por exemplo, uma consulta médica ou internação pode custar uma verdadeira fortuna e com o seguro, você terá todo o tratamento coberto. Leia sobre quando ficamos doentes no Egito e na Espanha, ou sobre outra vez em que pegamos uma intoxicação alimentar fortíssima na Bolívia. O Seguro Viagem nos salvou!
Faça aqui uma cotação sem compromisso e ganhe 5% de desconto com o cupom ESTRANGEIRA5

Planeje sua viagem! Faça suas reservas com nossos parceiros pelos links:
Compre o Seguro Viagem com a Seguros Promo
Reserve seu hotel ou hostel com o Booking.com
Compre ingressos antecipados de atrações no mundo inteiro e evite as filas com a GetYourGuide
Pesquise os melhores preços para alugar carro em mais de 140 países com a RentCars
Compre chip de celular internacional com a Viaje Conectado
Compre passagens aéreas com muito desconto com a Passagens Promo

Curta Estrangeira no Facebook!