Uma senha sera enviada para seu e-mail
A89Gjz9GxcI

Guia para visitar o Vaticano em Roma

Visitar o Vaticano é passeio praticamente obrigatório para quem viaja para Roma. Seja você religioso ou não, o país do Papa tem muitas atrações interessantes e belas, como por exemplo a famosa Capela Sistina.

Nós passamos 1 dia no Vaticano e nesse post fizemos um guia completo com tudo o que você tem que saber sobre o local, dicas práticas de visitas, como ver o Papa, atrações e preços. Confira!

ATENÇÃO! O Seguro Viagem é obrigatório para entrar na Itália.
Faça aqui uma cotação sem compromisso e ganhe 5% de desconto com o cupom ESTRANGEIRA5

Leia também: O que fazer em Roma – roteiro e dicas

Visitar o Vaticano – uma breve história

O Vaticano é uma Cidade-Estado, ou seja, equivalente a um país, e foi criado em 1929. O menor país que existe! Sua população é de 800 pessoas, sendo que apenas 450 tem cidadania do Vaticano. É a sede da Igreja Católica e fica no local onde estavam os Montes Vaticani, por isso seu nome.

O imperador Calígula (37-41DC) construiu um circo ali e depois durante o domínio do Imperador Nero (54-68AD) muitos cristãos foram mortos nele. São Pedro foi crucificado de ponta cabeça e enterrado na necrópolis que fica ao norte do circo.

Mais tarde, entre 324 e 326, o imperador Constantino construiu uma primeira basílica em cima da Necrópolis. E a igreja atual foi erguida apenas nos séculos 16 e 17.

Roma-Vaticano-Tumulo-sao-pedro

Túmulo do apóstolo São Pedro, dentro do Vaticano.

Para católicos do mundo todo, visitar o Vaticano significa conhecer o local onde nasceu a igreja, além de ser a casa do Papa. Por essas e outras, é um ponto turístico tão importante!

Leia também: Quanto custa viajar para Roma – gastos detalhados

Praça São Pedro

A vasta Praça de São Pedro foi projetada por Bernini entre 1656 e 1667. No centro fica um obelisco egípcio de 40 metros de altura trazido à Roma por Calígula. Ele está no lugar atual desde 1585. Aliás, em Roma há vários obeliscos egípcios que diversos imperadores levaram para a cidade pois eram fascinados pela cultura do Egito.

A área circular que fica bem em frente à igreja conta com 4 fileiras de colunas. A praça simboliza dois braços, uma abraço que acolhe todos os católicos.

A praça recebe os milhares de fiéis e turistas que chegam para visitar o Vaticano diariamente. Costuma estar tomada pelas cadeiras na área reservada para o encontro com o Papa e pelas filas para passar pelo controle de segurança.o-que-fazer-em-roma-visitar-o-vaticano-piazza-san-pedro

Visita à Basílica de São Pedro

A visita à Basílica é gratuita. Você vai ter apenas que encarar a fila da segurança para passar pelo raio-x antes de entrar na igreja. E ela costuma ser monstruosa. Uma dica é chegar bem cedo.

Nós chegamos às 8h30 da manhã porque fizemos o tour na Necrópolis do Vaticano às 9h15, então chegamos às 8h30 e não tinha absolutamente ninguém. Até às 9h quando entramos na Basílica ainda não tinha fila alguma. Quando saímos às 11:30, a fila era assustadora!

Roma-Italia-vaticano-basilica-san-pedro

Luz divina entrando na Basílica de São Pedro, Vaticano

Cuidado com o código de vestimenta! Não pode entrar com os ombros de fora, nem com saias ou shorts curtos. Garanta joelhos e ombros cobertos. Preste atenção nisso para poder visitar o Vaticano tranquilamente.

Dentro da Basílica há uma série de capelas. A mais concorrida é justo a primeira à direita, a Capella della Pietà, onde fica a escultura Pietà, obra que Michelangelo fez aos 24 anos.

visitar-o-Vaticano-Pieta-Michelangelo

A famosa Pietà, de Michelangelo, dentro da Basílica de São Pedro

Por toda a igreja estão espalhadas esculturas, obras de arte e relíquias religiosas. Perto do altar fica o Baldaquino de São Pedro, onde está o túmulo de Pedro. Ele é o altar do Papa e foi feito por Bernini, responsável por várias esculturas e obras no Vaticano e em Roma.

Dentro da Basílica fica ainda o Treasury, o Museu Histórico e Artístico, aberto das 9h às 18h15, de abril a setembro e das 9h às 17h15 de outubro a março. O horário de visitação da Basílica de São Pedro é das 7h às 19h, entre abril e setembro e das 7h às 18h de outubro à março.

Também são celebradas missas em italiano em diversos horários. No horário que visitamos estava acontecendo uma.Roma-Vaticano-missa

Leia também: 6 dicas de hospedagem boa e barata em Roma

Subir no Domo da Basílica São Pedro

É possível visitar o domo, de onde se tira a foto clássica da Praça São Pedro do alto. Mas não é missão simples. Não há elevador até o topo, então o jeito é encarar as escadas. Além de subir os 551 degraus é necessário pagar 5€ do ingresso. Mas dá para economizar um pouco de energia! Pagando 7€ você pode subir uma parte de elevador e encarar “apenas” 320 degraus.

visitar-o-vaticano-domo-san-pedro

Vista sensacional da Praça São Pedro, do domo da Basílica. Foto: site oficial Vaticano.

Como meu joelho não aguenta, nós resolvemos não subir, mas pelos relatos que lemos, a escada na parte final é muito estreita mesmo. E costuma ter fila para o elevador também, tá?

A entrada é pelo pórtico da Basílica, no lado direito, das 8h às 18h, de abril a setembro e das 8h às 17h de outubro a março.

Grutas do Vaticano e os túmulos dos Papas, reis e rainhas

As Grutas do Vaticano estão embaixo da Basílica atual e sobre a basílica construída por Constantino no século IV e ali estão enterrados vários Papas, reis e rainhas. O túmulo de São Pedro está ali também. A visitação é das 7h às 18h, de abril a setembro e das 7h às 17h de outubro a março.

Leia também: Vale a pena comprar o Roma Pass?

Tour Secreto: visita à tumba de São Pedro e Necrópolis

Esse é o tour que as pessoas chamam de tour secreto do Vaticano. Ele não é realmente secreto, apenas requer preparação e reserva com antecedência. É preciso escrever para o escritório de escavações, o Ufficio Scavi (excavations office) no e-mail: scavi@fsp.va e solicitar a visita.

Eles organizam grupos de 12 pessoas, que entram acompanhadas de um guia. Há visitas em vários idiomas, inclusive Português. No email você informa as datas que estará em Roma, qual idioma você pode fazer o tour e eles te indicam seu dia e horário e te fornecem o link para o pagamento da taxa de 13€.

Nós gostamos bastante do tour e contamos nesse post todos os detalhes da visita à tumba de São Pedro e Necrópolis

Como ver o Papa

Normalmente é possível ver o Papa às quartas-feiras, na Udienza Generale e aos domingos no Angelus. Mas não esqueça de checar aqui o calendário papal para garantir que ele estará na cidade.

O calendário indica se há outros eventos públicos e se é possível retirar ingressos para participar, que são sempre gratuitos. Muita gente planeja visitar o Vaticano apenas para dar estar diante do Papa e receber sua benção!

Udienza Generale – Quartas-feiras

A Udienza Generale, que acontece às quartas às 10h é a maneira de ver o Papa mais de perto. Ele passa com o Papa-móvel pela Praça São Pedro cumprimentando e abençoando os fiéis e objetos. Tem uma área cercada com cadeiras e precisa solicitar ingressos antes gratuitamente, por carta, fax, pelo email: ordinanze@pontificalisdomus.va ou pessoalmente.

No email você deve dizer que dia quer ir, o número de pessoas e seus nomes. Quando chegar em Roma, retire no Portão de Bronze (Portone di Bronzo). O escritório fica aberto segundas das 9h às 13h e nas terças das 9h às 18h.

o-que-fazer-em-roma-vaticano-guarda-suica

Portão de Bronze

Se você não solicitou convite, não se desespere. Pode chegar lá na Praça e achar um lugar fora da área reservada. Também dá para ver o Papa direitinho. Amigos nossos chegaram completamente desavisados e deram de cara com Vossa Santidade! Aqui como eles estavam pertinho!

Ver-o-papa-Roma-Vaticano

A Angie do blog Apure Guria! foi em uma quarta-feira, não tinha convite mas chegou bem cedo e por isso conseguiu sentar nas cadeirinhas! Ela explica tudo nesse post: Como ver o Papa no Vaticano.

Nos dias chuvosos e de frio eles transferem para a Sala Delle Udienze de Paolo VI, que fica dentro do Vaticano. Aí a coisa complica pois cabe menos gente. A entrada é pelo lado esquerdo da Igreja, na Porta Petriano (a mesma que usamos para entrar na Necrópolis).

Roma-visitar-o-Vaticano-praca-sao-pedro-cadeiras

Angelus – Domingos

No domingo também dá para ver o Papa, mas não vai ser tão de pertinho. Ele estará lá na janelinha no alto abençoando os fiéis que esperam na Praça São Pedro. É só chegar e arrumar um lugar bacana. A benção acontece ao meio-dia.

A tal janelinha é da biblioteca do Vaticano e fica do lado direito da Praça.

visitar-o-Vaticano-janela-papa

O Papa sai nessa janelinha indicada em vermelho

Museus do Vaticano e Capela Sistina

Os Museus do Vaticano têm uma incrível coleção de arte e história e uma das atrações mais desejadas de Roma – a Capela Sistina. Visitar o Vaticano e não ir na Capela Sistina é quase um pecado. É nela que os cardeais de reúnem para escolher um novo Papa, realizando o conclave.

Durante o conclave, é emitida uma fumaça preta ou branca para indicar se o novo Papa foi eleito ou não. Se a fumaça for preta, é porque ainda não se chegou a uma conclusão. Se for branca um Papa novo foi escolhido! Então são 2 razões da Capela Sistina ser tão importante. A religiosa e a artística.

Mas chegar até a Capela Sistina não é tarefa fácil. Primeiro precisa encarar a fila de entrada nos museus do Vaticano. É mega importante comprar o ingresso com antecedência para evitar essa primeira fila. Nós ficamos muito felizes de entrar direto. Só tivemos que ir para o guichê do Roma Pass que não tinha ninguém.

Depois começa a procissão pelo Museu. É tanta gente, mas tanta gente, que a massa vai caminhando devagar pelas salas. É meio frustrante pois não dá para desfrutar das obras direito. Uma das salas do trajeto, a sala dos Mapas, reúne os primeiros mapas da Itália e é super legal. Mas era impossível parar para olhar com calma aquela preciosidade.

o-que-fazer-em-roma-museu-do-vaticano

Sala dos Mapas, no Museu do Vaticano

E assim seguimos por salas e mais salas, e quando finalmente chegamos na Capela Sistina nosso humor já não era dos melhores… rs

Todas as paredes e teto da Capela são cobertos por pinturas de vários artistas, sendo a mais famosa A Criação de Adão, de Michelangelo, aquela que vemos Deus e Adão quase tocando seus dedos indicadores. Outros artistas que trabalharam na Capela Sistina foram: Botticelli, Ghirlandaio, Cosimo Rosselli, Signorelli, entre outros.

Não pode tirar foto na Capela e tem muitos guardinhas de olho e apitando cada vez que alguém vai fotografar. Então, segure a câmera e o celular e não pague mico e nem incomode os outros visitantes. Compre um cartão postal depois.

Outro canto imperdível do museu são os Quartos de Rafael. Em um deles fica a famosíssima pintura Escola de Atenas. Mas todas as pinturas ali são de babar.

Museu-Vaticano-Roma

Os Museus também possuem uma coleção egípcia riquíssima. Gostamos também da área de obras contemporâneas. Não estávamos acostumadas com obras religiosas contemporâneas e ali tem até instalação de vídeo.

Horário de visitação dos Museus do Vaticano:

  • Das 10:00 às 13:45 entre novembro a fevereiro (exceto no período de Natal quando abre das 8:45 às 16:45).
  • Entre março e outubro o horário é das 10h às 16h45 de segunda à sexta e nos sábados das 10h às 14:45.
  • No último domingo de cada mês a entrada é gratuita, das 9h às 13:45.
  • Em qualquer dia só pode entrar até 75 minutos antes da hora de fechamento.

Tem alguma outra dica sobre visitar o Vaticano? Deixe nos comentários!


Leia nossos outros posts sobre Roma:

– O que fazer em Roma: roteiro completo e dicas

– Quanto custa viajar para Roma: gastos detalhados

– 6 opções de hospedagem boa e barata em Roma

– 5 dicas de hostel bom e barato em Roma

– Vale a pena comprar o Roma Pass?

– Tour secreto no Vaticano: visita às catacumbas (necrópolis) e tumba de São Pedro

– Como ir do Aeroporto Fiumicino para o centro de Roma (e vice-versa)


Salve a imagem abaixo no Pinterest e aproveite para ver nossos Painéis de Viagem!

Visitar-o-vaticano

IMPORTANTE! Não esqueça de adquirir o seu Seguro Viagem. Ele é obrigatório para entrar na Europa, mas mesmo nos países sem obrigatoriedade é muito importante ter o seguro. Nos Estados Unidos, por exemplo, uma consulta médica ou internação pode custar uma verdadeira fortuna e com o seguro, você terá todo o tratamento coberto. Leia sobre quando ficamos doentes no Egito e na Espanha, ou sobre outra vez em que pegamos uma intoxicação alimentar fortíssima na Bolívia. O Seguro Viagem nos salvou!
Faça aqui uma cotação sem compromisso e ganhe 5% de desconto com o cupom ESTRANGEIRA5

Planeje sua viagem! Faça suas reservas com nossos parceiros pelos links:
Compre o Seguro Viagem com a Seguros Promo
Reserve seu hotel ou hostel com o Booking.com
Compre ingressos antecipados de atrações no mundo inteiro e evite as filas com a GetYourGuide
Pesquise os melhores preços para alugar carro em mais de 140 países com a RentCars

Curta nossa página no Facebook!