Uma senha sera enviada para seu e-mail

Belém do Pará – roteiro de 2 dias

Belém, a capital do Pará nos encantou com seus sabores e sons. Estivemos lá em março de 2016 numa viagem combinada com o Maranhão

Hoje vamos contar para você quais são os pontos essenciais de Belém. Saiba o que você não pode deixar de ver, fazer e comer na cidade quando visitar! Fizemos um vídeo-guia mostrando a nossa viagem e você pode começar com ele para se inspirar!

Nós ficamos 2 dias inteiros em Belém do Pará e acho que deu para cobrir os pontos mais importantes. Se você puder ficar 3 dias acho que a viagem fica menos corrida, mas isso é o suficiente para Belém. Se quiser ir até a Ilha de Marajó, reserve pelo menos mais dois dias só para isso (nós não fomos para lá por falta de tempo). A locomoção para lá leva um tempo.

Onde ficar em Belém

Tão importante quanto planejar o seu roteiro é escolher uma boa hospedagem, com localização interessante para você aproveitar ao máximo. Felizmente Belém é uma cidade que tem hospedagens muito boas por preços ótimos!

Abaixo listamos alguns hotéis e hostel muito bons na cidade, para todos os tipos de viajantes e orçamentos. Clicando em cada link você já será redirecionado para a página dos hotéis.

Se quiser ler mais detalhes sobre cada um deles, leia nosso post completo: Onde ficar em Belém, com hotéis super localizados.

O que visitar em Belém

Estação das Docas

A Estação das Docas é um dos principais pontos da cidade. O antigo porto fluvial foi reformado no ano 2000 e por isso essa área é nova e muito bonita. Na parte externa você pode ver os antigos guindastes e ficar na beira do Rio Guamá. Na parte de dentro você pode desfrutar de 3 Boulevares: o Gatronômico, das Artes e das Feiras e Exposições.

Pra mim que sou paulistana a parte interna tem cara de galeria/shopping mas toda a arquitetura é muita pitoresca. É ali dentro que você vai tomar a cerveja da amazônia e o melhor sorvete do mundo (vou explicar melhor mais pra baixo, na seção “O que comer e beber”).

Endereço: Av. Castilho Franca, s/n – Campina, Belém

Site oficial: http://www.estacaodasdocas.com.br/

Estação das Docas vista de noite

Estação das Docas vista de noite

Mercado Ver-O-Peso

Ao lado da Estação das Docas e está o Mercado Ver-O-Peso é uma verdadeira tradição de Belém. Ir para a cidade e não visitar esse local é uma heresia. O mercado é uma feira aberta enorme, divida em áreas. Se delicie com a área das frutas e castanhas (se der, compre algumas das frutas típicas diferentes… Dependendo da sua origem nunca terá nem ouvido falar de várias, como eu!).

Você também verá os “stands” de alimentação! Você pode pedir sua comida e comer nos balcões ou nas mesinhas que algumas barraquinhas têm. É tradicional comer o peixe com açaí do Ver-O-Peso. O lugar tem uma cara meio sujona, por isso se você for fresco provavelmente vai ficar com nojinho… Mas os locais afirmam que é tudo limpo e muito fresco! O almoço que comemos lá, um peixe frito (“filhote”) delicioso, foi barato e não deu piriri em ninguém!

Muitas frutas, muitas cores no Ver-o-Peso!

Muitas frutas, muitas cores no Ver-o-Peso!

Além das áreas de comida no Mercado Ver-O-Peso você também pode visitar a parte de tabacos, roupas e a mais legal de todas: poções, perfumes e fórmulas mágicas! É isso mesmo, você não entendeu errado. No fundo do mercado você vai ver diversas barraquinhas vendendo misturinhas feitas com folhas e outros produtos naturais. Tem para espantar inveja, viagra natural, para seduzir…

São centenas de produtos para os mais diversos tipos de coisa e nós garantimos que o “Banho de Negócios e Prosperidade” funciona! Nessa última viagem compramos 1 litro e foi o melhor investimento. Você passa essa misturinha em algum lugar da casa/escritório/sua roupa e na hora você fecha algum trabalho! 😀

Endereço:  Av. Blvd. Castilhos França, s/n – Cidade Velha, Belém

Difícil é escolher quais dessas feitiçarias levar!

Difícil é escolher quais dessas feitiçarias levar!

Mangal das Garças

O parque naturalístico Mangal das Garças tem 40.000 metros quadrados de extensão e fica também à beira do Rio Guamá. A entrada é gratuita e um ótimo passeio para famílias com crianças. Você vai se sentir no meio de uma reserva mesmo. Poderá apreciar as plantas amazônicas e as garças e outras aves que ficam soltas pelo parque.

Mangal das Garças, um símbolo de Belém!

Mangal das Garças, um símbolo de Belém!

Lá dentro tem um restaurante bem caro, mas muito gostoso. O almoço custa 70 reais por pessoa para comer a vontade e são muitas opções de comidas típicas do Pará. O mirante do rio é um deck bem legal, onde você pode tirar belas fotos. Dá para subir na Torre do Farol para ver o centro de Belém do alto – para isso você tem que pagar o ingresso: R$5,00.

Endereço: Pass. Carneiro Rocha S/N – Bairro Cidade Velha, Belém

Site oficial: http://www.mangaldasgarcas.com.br/

Aves soltas no Mangal. Essas daí são os Guarás.

Aves soltas no Mangal. Essas daí são os Guarás.

Forte do Presépio

Também chamado de Forte do Castelo de Belém, foi construído no século XVII e está em bom estado de conservação. Você pode entrar e tirar foto com os canhões que ainda estão ali, apontando pro Rio. Lá dentro existe o Museu do Forte do Presépio mas fomos num domingo e infelizmente esse museu estava fechado.

Endereço: Praça Dom Frei Caetano Brandão, s/n – Cidade Velha, Belém

Forte do Presépio - Belém

Forte do Presépio – Belém

Casa das Onze Janelas

A Casa das Onze Janelas é um centro cultural onde ocorrem exposições temporárias e atividades artísticas e culturais diversas. Lá dentro está o famoso restaurante Boteco das Onze. Não conseguimos entrar porque fomos no domingo. Recentemente lemos que por falta de recursos a Casa das Onze Janelas poderia fechar, mas não temos notícias mais recentes sobre isso. (Se você sabe mais escreva nos comentários para corrigirmos!).

Endereço: Praça Frei Caetano Brandão, s/n – Cidade Velha, Belém

Basílica de Nossa Senhora de Nazaré

Você já deve ter ouvido falar do famosa festa paraense do Círio de Nazaré. É uma das maiores procissões católicas do mundo e acontece na cidade todo ano, no mês de outubro. A Igreja de Nossa Senhora de Nazaré é o destino final da procissão e fica numa praça bonita. Nessa praça você poderá ver a imagem da santa que dá nome à festa. Vale a pena entrar na igreja porque é linda por dentro. A entrada é gratuita.

Endereço: Av. Nazaré, 1300 – Nazaré, Belém

Site oficial: http://www.ciriodenazare.com.br

A famosa Basília de Nossa Senhora de Nazaré

A famosa Basília de Nossa Senhora de Nazaré

O que fazer

Visitar a Praça da República no domingo

Se você estiver em Belém por algum domingo não deixe de visitar a Praça da República na parte da manhã. Todo domingo é montada uma grande feirinha lá onde você encontrará artesanato, bugiganga e muita comida gostosa!

Fazer um passeio de Barco pelo Rio Guamá

Ah, essa dica é boa! Não deixe de fazer um passeio de barco pelo Rio Guamá, é muito legal! Nós indicamos a empresa Vale Verde Turismo, que tem diversos passeios. Nós fizemos o “Orla no Por-do-Sol” e foi lindo. Durante o passeio uma pessoa ia explicando mais sobre a história de Belém e sobre os locais por onde passávamos.

E o mais incrível de tudo foi o show de dança tradicional paraense que aconteceu no próprio barco! Foi tão legal que fizemos um post completo só para contar essa experiência, você pode ler aqui: Passeio de Barco em Belém do Pará.

Por do sol em Belém

Por do sol em Belém, no passeio de barco!

Tomar chuva

É uma piadinha, claro. Mas você tem que saber que em Belém chove muito, praticamente todos os dias. No verão então, nem se fala… Mas tudo bem, porque lá é bem quente então a chuva não atrapalha.

O que comer e beber

Verdade seja dita, chegamos no meu item favorito desse post! Em Belém do Pará eu comi e bebi feito uma rainha! Experimentei diversas coisas diferentes e típicas deliciosas, várias delas de deixar saudades… Então anote aí tudo o que eu vou listar para você porque não pode passar por Belém sem comer cada uma dessas coisas pelo menos uma vez.

Peixe com açaí e farinha

Um prato super tradicional do Pará e que você acha por todo canto da cidade… Mas a dica é experimentar esse prato lá no Mercado Ver-o-peso. Para quem não é do norte/nordeste, parece um absurdo comer peixe frito com açaí, né? Nós estamos acostumados a comer o creme de açaí doce, como se fosse um sorvete.

Gente, sinto dizer, mas foram eles lá na parte de cima do Brasil que inventaram de comer açaí desde muuuuuito tempo atrás, então vamos assumir que o jeito deles é o certo, tá? Hahahahaha. Pode comer sem medo porque é MUITO gostoso! No caso desse prato o açaí não é adocicado como estamos acostumados e é mais mole, como um molho. Eu achei delicioso!

Quando for a Belém não deixe de comer peixe com açaí!

Quando for a Belém não deixe de comer peixe com açaí!

Tacacá no Tucupi

Esse é outro prato típico da região amazônica e tem uma apresentação bem indígena. Em uma cumbuca vem um ensopado de camarão, goma de mandioca, caldo de tacacá e folha de jambu. A folha de jambu tem uma propriedade diferente: ela adormece a boca. Esse prato é forte, com os sabores marcantes. Eu não gostei tanto, achei salgado demais. Mas adorei ter experimentado, é o tipo de comida que eu nunca tinha visto!

Tacacá no Tucupi

Tacacá no Tucupi

Suco de cupuaçu

Em Belém você irá se deparar com sucos das mais diversas frutas locais. Bacuri, Buriti, Mangaba… Mas o campeão de audiência é, sem dúvida, o suco de cupuaçu! Meu deus, como é maravilhoso… Que saudade! Nós tomávamos pelo menos 2 por dia, rs.

Amazon Beer

A Cerveja da Amazônia é uma marca de cerveja artesanal lá do norte e no cardápio eles têm várias opções. Eu tomei uma Red Ale que estava muito gostosa! Você encontra as garrafinhas para vender em diversos lugares – inclusive no aeroporto – mas eu gostei muito de tomar o chopp tirado na hora. Para tomar assim, você pode ir no Boulevard Gastronômico da Estação das Docas.

Essa dica vai para os cervejeiros de plantão!

Essa dica vai para os cervejeiros de plantão!

Castanha do Pará

Acho que nem preciso explicar mais nada, né? A castanha é LITERALMENTE do Pará!

Bombom de cupuaçu, bombom de castanhá do Pará, bombom de cupuaçu e castanha do Pará

Você irá encontrar bombons de diversas marcas com esses recheios – e outros de frutas/castanhas típicas. Mas vamos contar para vocês a dica de ouro: o melhor bombom que comemos – e mais barato –  é o da farmácia Big Ben! Isso mesmo, essa é uma rede de farmácias que tem muitas filiais em Belém.

Eles tem esses bombons da marca deles, que a princípio parecem simples e não chamam atenção… Ainda bem que um dia eu peguei um para experimentar! São deliciosos e custam só R$ 1,00/cada. Vocês acreditam que compramos 100 bombons desses para trazer para São Paulo? rsrsrs

Cachaça de jambu

Outra iguaria típica: cachaça com Jambu, aquela folha que adormece a boca. É uma delícia e a sensação muito diferente… O pessoal de lá diz que “treme a língua”, rs. Eles pegam cachaças feitas em Minas Gerais e lá misturam com a folha de Jambu. Algumas marcas fazem invenções muito boas, misturando a tudo isso cupuaçu ou castanha-do-Pará. É também um bom souvenir! 🙂

Sorvetes da Cairu – o melhor sorvete do mundo!

Deixei o melhor para o final. Adoro sorvetes e em todos os destinos que vou experimento os sorvetes recomendados. Já tomei diversos gelatos pela Itália e pelo mundo e posso dizer com convicção que o meu favorito é esse, da sorveteria Cairu!

A Cairu é uma sorveteria tradicional de Belém do Pará que tem várias unidades pela cidade. Você pode tomar essa obra dos deuses no Boulevard Gastronômico da Estação das Docas. Pensa num sorvete com a textura perfeita, o gosto perfeito, o cheiro perfeito… É o sorvete da Cairu!

Difícil mesmo é escolher o sabor. Tomamos vários e os das frutas típicas foram campeões. Para mim nada bate os sabores “tapioca” e “carimbó” (sorvete de castanha com geléia de cupuaçu). 2 bolas custam R$12,00. Também achei caro a primeira vista, mas as bolas são enormes e o sorvete vale cada centavo. Eu fiquei tão encantada pela Cairu que até fiz um post completo sobre os seus sorvetes. Você pode ler aqui: O melhor sorvete do mundo está em Belém do Pará.

O melhor sorvete do mundo está na Sorveteria Cairu, em Belém do Pará!

O melhor sorvete do mundo está na Sorveteria Cairu, em Belém do Pará!

E aí, gostou das nossas dicas? Tem algo a acrescentar ou ficou com dúvidas? Escreva para nós no campo dos comentários! 😀


Leia nossos outros posts da série Belém:

Onde ficar em Belém do Pará – dicas de hotéis

Passeio de Barco na Orla do Rio Guamá

Turistas LGBTs em Belém do Pará

O melhor sorvete do mundo está em Belém do Pará

Gabi se sentindo a dona do mundo no Forte do Presépio! O centro de Belém do Pará ao fundo.

Gabi se sentindo a dona do mundo no Forte do Presépio! O centro de Belém do Pará ao fundo.


Salve a imagem abaixo no Pinterest e aproveite para ver nossos Painéis de Viagem!

belém do pará pinterest

IMPORTANTE! Não esqueça de adquirir o seu Seguro Viagem. Ele é obrigatório para entrar na Europa, mas mesmo nos países sem obrigatoriedade é muito importante ter o seguro. Nos Estados Unidos, por exemplo, uma consulta médica ou internação pode custar uma verdadeira fortuna e com o seguro, você terá todo o tratamento coberto. Leia sobre quando ficamos doentes no Egito e na Espanha, ou sobre outra vez em que pegamos uma intoxicação alimentar fortíssima na Bolívia. O Seguro Viagem nos salvou!
Faça aqui uma cotação sem compromisso e ganhe 5% de desconto com o cupom ESTRANGEIRA5

Planeje sua viagem! Faça suas reservas com nossos parceiros pelos links:
Compre o Seguro Viagem com a Seguros Promo
Reserve seu hotel ou hostel com o Booking.com
Compre ingressos antecipados de atrações no mundo inteiro e evite as filas com a GetYourGuide
Pesquise os melhores preços para alugar carro em mais de 140 países com a RentCars

Curta nossa página no Facebook!